Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

life Inc.

Beauty & Lifestyle

Fim de semana prolongado pelo Douro

Nada como um fim de semana prolongado para ir passear e espairecer! Que sirva para me lembrar que às vezes a preguiça tem de ser vencida e que mudar de ares sabe sempre bem, principalmente quando voltamos onde fomos e somos felizes. É cansativo, não vou mentir, principalmente com uma criança atrás mas é tão recompensador que ficou a promessa de repetirmos o programa mais vezes agora que o bom tempo voltou.

 

Sábado de manhã, lá fomos os 5 - a minha irmã e o nosso amigo R. juntaram-se a nós - para o Douro. Sim, não fica propriamente já ali ao lado, ainda são cerca de 2h30 de viagem mas faz-se bem e vale (sempre!) a pena. Ás vezes perguntam-me " E o que se faz pela aldeia?"... tanta coisa! Há sítios giríssimos para conhecer e mesmo eu que vou para lá desde bébé ando sempre à procura de novos programas! Nada como um piquenique no monte - desta vez fomos atè à cascata que estava a transbordar e que no verão está quase sempre seca - seguido de uma caminhada. Ou ir ver as vistas bem do alto do castelo! Ou simplesmente passear pelo campo que estava bem verdinho, cheio de flores silvestres e papoilas. Geralmente no verão está tudo mais para o amarelo mas desta vez com tanta chuva havia até campos alagados. Aliás, o Rio Douro estava em modo lama e o caudal estava bem cheio! Reparámos que a praia fluvial do Rio Sabor estava inundada, até quero ver como estará no Verão...

 IMG_7134.JPGIMG_7130.JPGIMG_7142.JPGIMG_7158.JPGIMG_7160.JPGIMG_4242.JPGIMG_7226.JPGIMG_7240.JPGIMG_7259.JPGIMG_7248.JPG

Dias sem tv, sem internet, sem computadores! Às vezes também sabe bem este afastamento e a mim soube-me que nem ginjas. Esperamos conseguir aproveitar mais um dos fins de semana prolongados para voltar ainda antes das férias de verão!

 

xoxo

cindy

 

 

 

 

Coisas que não entendo #19

Um destes dias, diz-me o S. "ah não falas com X há imenso tempo." ao que eu respondo "cansei-me de ser sempre eu a ligar, a perguntar, a escrever.".

 

11169911_804342379657021_399384216612077755_n.jpg

E é esta a verdade - tenho-me cansado de ir atrás das pessoas. Mesmo quando não há vagar para os amigos se encontrarem - cada um tem a sua vida, o seu ritmo e rotina - uma chamada, um sms, uma conversa pelo chat cai sempre bem. Não pode é ser sempre iniciativa do mesmo! Nem se lembrarem que nós existimos apenas quando precisam de algum favor ou informação - esta dava para um post enormeeeeeeeee. O que tenho vindo a constatar é que uma das coisas que fazem as pessoas afastarem-se é quando sentem que estão em falta ou agiram mal contigo - em vez de tentarem esclarecer a situação, eventualmente pedir desculpa, não. Afastam-se e se tu preocupada tentas saber se está tudo bem, desconversam e despacham-te em dois tempos.

 

Já perdi a paciência para com estas atitudes e acabei por simplesmente deixar de me importar. Afinal, só faz falta quem cá está.

 

xoxo

cindy

Deste nosso belo país

Já sabem que adoro viajar e continuo a gostar de conhecer os belos recantos que este nosso país tem. Valha-nos a paisagem, o rio, o mar, as praias e o verde dos campos e da floresta, não há nada que se deite fora...

 

Desta vez rumámos a Vila Nova de Cerveira, mais propriamente às Casas da Azenha. E que sítio idílico! Mesmo junto ao rio, com casinhas de madeira bem pitorescas, uma piscina muito apelativa para os dias quentes e uma envolvente florida e verdejante. Quando fizemos a reserva pelo Booking já só estava disponível a casa fora da propriedade mas foi bem agradável na mesma... Aliás, acho que as casinhas de madeira com acessos algo íngremes e socalcos iam ser perigosas para a aventureira Pinypon, que mesmo assim fez logo o seu primeiro galo mal chegamos! Foram uns dias passados a descansar, a aproveitar o bom tempo e o ar-livre. Já estava com saudades de uns dias assim, sem pensar em trabalho ou no que tinha de fazer. A casa estava muito bem equipada, deve ser agradável mesmo nos dias mais frios - tem recuperador de calor - e no geral ficámos satisfeitos com a nossa escolha!

 

IMG_2898.JPGIMG_3064.JPGIMG_3114.JPG20150403_172119.jpg20150403_172203.jpg20150403_172300.jpg IMG_2935.JPGIMG_3039.JPGIMG_3087.JPGIMG_3075.JPGIMG_3017.JPG

Recomendo vivamente a quem quiser passar umas dias calmos e relaxar. Podem passear por Caminha e Vila Nova de Cerveira que são mesmo ali ao lado, quem sabe dar um saltinho a Espanha...

 

Espero que tenham tido uma Páscoa agradável!

 

xoxo

cindy

 

 

 

 

 

 

 

 

London #1

Ai o que eu adoro viajar... Perfeito, perfeito era se já tivessem inventado o teletransporte porque aqui a vossa querida Cindy não é muito adepta de andar de avião. Felizmente a Miss Pinypon não partilha desse sentimento e tivemos uma viagem santa, com ela muito entretida com o seu livro de autocolantes.

 

Chegámos a Londres a tempo e horas mas depois foi toda uma logística de percorrer aeroporto, levar a piquena a fazer chichi, passar pela alfândega, tentar encontrar a estação de comboios, levantar bilhetes, apanhar comboio, mudar de comboio e finalmente chegar. Note to self: para a próxima substituir uma das 3 malas por uma mochila. É que nem me lembrei da dificuldade que era transportar 3 malas e um carrinho de bébé. UFA!!! Mas uma coisa vos digo, fiquei francamente impressionada com a atenção e cuidado dos locais para com quem transporta crianças. Ajudaram com malas, a levar o carrinho, um civismo a valer que me surpreendeu em grande. Não desfazendo o nosso país, mas nunca me aconteceu cá. Normalmente as pessoas assobiam para o lado e pronto...

 

Nisto de viajar com bébés e crianças o truque é mesmo descomplicar dentro do possível. Fomos munidos de sopas, boiões de fruta e iogulinos que não precisam de frio e portanto se tornam super práticos para viagens. Levei também umas bolachinhas para ir petiscando mas acabou por comer grande parte do stock de tostas da nossa anfitriã... ups! De resto foi comendo do que nós comemos, provou fish n' chips, uma pie de franguinho com puré e fartou-se de comer. Só não rebola porque felizmente é muito ativa.

 

O que se revelou de grande utilidade foi mesmo o bacio de viagem de que falei aqui. Até o S. ficou rendido e acha que não há coisa mais prática. Eu só gostava de ter sido a inventora e estar agora rica. O que também levei e usei foi o sling da Maria Café de que já aqui falei também várias vezes e que apesar o peso e tamanho da pequenota continua a ser prático. Porque já não há costas que aguentem 12kg de Pinypon durante uns minutos! Assim ela vai apoiada e o peso é distribuído. Numa próxima viagem já não levaremos certamente o carrinho porque ela já quase não cabe lá... Ainda por cima com o arsenal todo que levava de roupa mas estava frio e teve de ser.

 

IMG_2152.JPGÓ pra nós tão pimponas no Museu de História Natural!

 

Muitas pessoas ficam admiradas quando se apercebem do quanto a Pinypon é viajada mas nós como pais consideramos que estas experiências são importantes, tanto para eles como para nós. Acho mesmo estranho quando as pessoas usam os filhos como "desculpa" para não fazerem determinadas coisas... O que é certo é que ela já sabe que gosta de viajar e fica mesmo contente!

 

Seguem-se alguns posts sobre as vistas e locais visitados :)

 

xoxo

cindy

 

Back in town

Então, sentiram a minha falta? Heis-me regressada de terras de Sua Magestade e portanto a programação habitual deste blog será retomada o mais brevemente possível!

 

Estou (estamos) estouradérrimos, andámos imensoooooooooo e aproveitámos imensooooooooo também!!! Um big thumbs up para os nossos amigos Pedro e Ju que nos receberam, com especial destaque para a gatinha deles que andou aterrorizada com a Pinypon o tempo todo :)

 

Hoje voltamos à nossa rotina e tenho a ligeira sensação que vai custar...

 

xoxo

cindy

Da amizade #2

Este fim de semana foi TOP! E com momentos bem bons entre amigos!

 

Sábado recebi na minha humilde casa a D. m-M e seu enamorado para um lanchinho no aconchego do lar. Miss Pinypon ainda está a recuperar do romper dos molares e como devem imaginar não andamos para grandes saídas e voltas. E eu adoro ter a malta cá em casa, gosto mesmo muito de receber amigos. Fiz um pãozinho e uns scones, comprei uns bolinhos e estava a comezaina preparada para se juntar a uma boa conversa à mesa. Como sempre o tempo é pouco para colocar a conversa em dia - e nós conversamos muito! - mas é muito bom falar pessoalmente com quem gostamos. Bem sei que com as novas tecnologias o longe se torna mais perto mas continuo a preferir uma boa conversa pessoalmente.

 

Entretanto recebemos um convite para jantar com uns amigos e lá fomos nós, um bocado a medo por causa da pequenita não andar a comer nada bem. Acabaou por comer praticamente só sopa mas nestas alturas o melhor é não insistir mesmo, não vão eles ganhar aversão à comida. Chegamos a casa e tomou um leitinho antes de dormir para aconchegar a barriguita.

 

E felizmente este fim de semana já se dormiu melhor!!! No sábado acordámos todos pelas 10h e soube maravilhosamente bem! E a pequenita parece já ter mais apetite, vamos a ver como passa esta semana...

 

Boa semana!

 

xoxo

cindy

Resumidamente...

Estou a mil. Ou não se passa nada ou passa-se tudo. É sempre assim, não é?

 

Sábado de manhã a trabalhar - um possível projeto e uma obra a decorrer. Haja trabalho é o que interessa. Um frio de rachar mesmo ao sol, este inverno está a ser rigoroso, não está? Eu dou-me por contente que não chova, com o frio posso eu bem. Mais um casaco e voilá!

Jantar de aniversário de um amigo à noite, com uma Pinypon algo endiabrada a dar-nos água pela barba mesmo tendo dormido uma boa sesta.

Homem lesionado na sequência do seu jogo de futebol de sexta. Que lhe saiu qualquer coisa do sítio mas isto passa... não passou sexta, não passou sábado, ala para a urgência no domingo de manhã.E hoje vai mesmo fazer uma ecografia a ver que se passa.

E agora vou voltar ao trabalhinho que está aqui à minha espera na secretária.

 

Boa semana!

 

xoxo

cindy

Cabazes de Natal

Prometi que ia falar do assunto e aqui estou eu.

 

Antes de mais, assegurem-se que as pessoas a quem pretendem oferecer os cabazes realmente os apreciam e lhes darão valor. Não há nada mais ingrato que ter uma trabalheira e as pessoas ficarem a olhar do género: é só isto?! Posto isto, aqui ficam alguns conselhos.

 

Façam a lista das pessoas a quem pretendem oferecer um cabaz. Podem decidir fazer vários tamanhos e combinações consoante os agregados e os gostos das pessoas e é importante deixar isso estipulado logo desde o início.

 

Ao longo do ano vão reunindo material - frascos, latas, tecidos, papéis, sacos, fitas, etc. Vão ver que assim evitam muitos gastos e ainda reciclam materiais, o que é sempre bom. Eu andei a reunir frascos de vidro para as compotas, pedi outros à minha mãe e assim não gastei um tostão em embalagens. Portanto, frascos para a compota, garrafinhas para os licores, latas para bolachas e bombons, etc...

 

Pesquisem várias receitas, inventem outras se tiverem jeito para a coisa, mas experimentem sempre primeiro. E quem é que não gosta de fazer controlo de qualidade? As compotas podem ser feitas com antecedência o que dá imenso jeito. É impraticável fazer compotas às pinguinhas, portanto façam logo muita quantidade e fica o assunto resolvido. Em termos de bolachas, saíram fornadas e fornadas de bolachas de aveia, nutella, passas e avelãs com mel. Quanto aos bombons, inspirei-me numa receita da Ina Garten, e ficaram deliciosos.

 

10593295_1573699316197796_156218625_n-tile.jpg

Feitas as receitas, chega a parte engraçada - decorar e embalar. Recorri a papel de embrulho do Ikea, fitas da Tiger e Ikea, papel celofane, sacos para sandwiches ( muito práticos por terem fecho) e fiz as minhas próprias etiquetas. Para finalizar, comprei alguns sacos alusivos à época e reciclei outros que tinha juntado.

 

IMG_1631.JPG

Para terminar, digo-vos que dá trabalho, muito trabalho mas é muito gratificante quando as pessoas dizem que estava tudo ótimo e agradecem sinceramente. E não é que até me encomendaram bolachas? Espero que tenham gostado e que se inspirem para presentearem alguém no próximo Natal.

 

xoxo

cindy

O melhor de 2014

É normal que por estes dias se faça o chamado balanço do ano que está quase, quase a terminar. Olhando para os meus desejos para 2014, posso dizer que cumpri a maioria.

 

Em 2014 continuei nesta tarefa árdua e por vezes hérculea que é conseguir conjugar trabalho e maternidade. Só quem esteja na mesma situação conseguirá perceber o complicado que é trabalhar a partir de casa ao mesmo tempo que se tem uma bébé para cuidar e acompanhar, conciliar agenda em termos de reuniões e visitas a obra com o S. e os avós, sem contar com os imprevistos inerentes a uma profissão liberal. Não é pêra doce e muitas vezes sinto falta de um horário de trabalho a sério. E chegar a casa e desligar. É complicado, não há como ser uma vida cor-de-rosa a não ser que se seja dondoca e se tenha uma empregada doméstica. Mesmo assim há quem ache que são tudo rosas e não dê valor. Felizmente, são mais as que dão.

 

2015 será o ano em que a Pinypon ingressará na pré-escolar, preferencialmente numa escola pública. O que daí resultará só vai dar para ver mais em cima do acontecimento. Idealmente, continuarei com os meus projetos pessoais e com a minha colaboração com a empresa de mediação de obras mas isso dependerá do evoluir da situação. Gostava também de avançar com um projeto que me daria muita satisfação mas a conjuntura económica torna-o complicado. Para já, vou pedir ajuda ao meu irmão mestre em finanças para dar um impulso a este meu sonho. Sinto que necessito urgentemente de mais organização e isso será certamente um desejo a implementar logo no início do ano.

 

Espero que seja um ano de união, harmonia e que estejamos todos de boa saúde por esta altura do próximo ano. Vai haver pelo menos mais um bébé na família, vêm mais a caminho entre os amigos e são sempre boas notícias :) Que a Pinypon continue a crescer bem e eu e o S. enamorados. Que possamos viajar, conhecer novos sítios ou revisitar outros. Que consigamos fazer mais reuniões familiares, às vezes parece que só nos vemos quando há desgraças ou morre alguém. Sobretudo, que as pessoas ponham de parte as diferenças. Que os nossos amigos continuem por perto, nem que seja no coração. São tantos os que estão espalhados pelo mundo...

 

A vocês, que passam por aqui regularmente e já fazem parte da família, um ótimo 2015!

 

xoxo

cindy

Hohoho Merry Christmas

No meio dos meus afazeres, não podia deixar de passar por este meu cantinho para vos desejar um Santo Natal, passado em família e sobretudo com muito amor.

 

O Natal é sobretudo uma festa de família, para passar em harmonia, esquecermos as nossas diferenças e lembrarmo-nos que ninguém é perfeito. Darmos graças pelo que temos, sem deixarmos no entanto de sonhar. E sobretudo, usufruir das coisas com calma já que passamos o ano a correr.

 

Boas Festas a todos! Um excelente Natal cheio de Amor!

 

xoxo

cindy

Meet the Blogger

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Wholesale clothes, Clothing Wholesalers online from China,cheap korean clothes online WOOK - www.wook.pt
SweetCare - Saúde, Beleza e Cosmética

Calendário

Janeiro 2018

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031