Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

life Inc.

Beauty & Lifestyle

2017

É sempre inevitável fazer um balanço do ano que está a terminar. 2017 foi na sua essência um ano bom.

 

Começou com algum cansaço acumulado da falta de férias, já que só em Março consegui tirar uns dias bem  merecidos. Aliás, este ano teve várias viagens cá dentro, por isso não me posso queixar.

 

Em Março passámos uns belos dias pelo Prazer da Natureza Nature Resort and Spa, em Maio e Junho, fomos para a aldeia, em Julho para o Algarve, Agosto novamente para o Douro e depois de termos cancelado uma ida a Lisboa em Outubro por causa do descolamento no início da gravidez, fomos passar o primeiro fim de semana de Dezembro ao nosso amado Ô Hotel Golf Mar Vimeiro. Acabo de me lembrar que ainda nem falei desse fim de semana aqui no blog!

 

19642383_1510246789018734_2306001249255827492_n.jp

 

Foi também um ano recheado de eventos. Adorei a apresentação da nova Make B. Africaníssima d'O Boticário no início de Abril. No final do mês tivemos o casamento dos nossos amigos Pedro e Sara e foi épico! Um momento muito, muito bom! O Dia da Mãe também foi muito bem passado, com uma ida ao Diplomata. Em Junho, a festa da M. foi uma azáfama, este ano será diferente, ainda vamos ver em que moldes.

 

19059128_1489768254399921_5490326187189821027_n.jp

 

Em termos profissionais foi um bom ano, com bastantes desafios à mistura, um projeto novo que tem sido aliciante e um imenso cansaço por todas as burocracias que ainda governam pelo nosso país. Grata também pelas colegas (amigas) de trabalho que me calharam na rifa, a nossa sala é seguramente das mais animadas no trabalho!

 

E não posso terminar sem falar da nossa surpresa de 2017, que será uma benção em 2018. Ontem fomos fazer a eco morfológica das 21 semanas e tudo a correr bem com baby#2 que continua sem nome. Ah e ainda nem vos disse se é menino ou menina. Apostas?

 

25594015_1680086158701462_4674855194915057978_n.jp

 

Eu termino o ano com desejos de aturar ainda menos fretes para o ano mas ao mesmo tempo aprender a deixar ir algumas pessoas e atitudes que menos agradam ( cantem comigo "Let it go, let it go!"). Mais tempo para a família e amigos, mais calma, menos stress.

 

Bom ano de 2018 para todos os que aqui passam, desejo-vos um ano em grande!

 

Happy-New-Year-2018-Quotes-greetings-min.jpg

 

xoxo

Marta

 

Entra 2017, sai 2016

É inevitável fazer um balanço pelo ano que passou.

 

O início de 2016 foi atribulado, começou nas urgências e continuou com a minha cirurgia à hérnia na cervical em Fevereiro. Apesar de tudo ter corrido pelo melhor, foi uma situação que me afetou consideravelmente a nível psicológico e ainda demorei alguns tempos a voltar ao normal... sobretudo, fez-me constatar que realmente o que temos de mais precioso é a nossa saúde. Sem ela, nada se faz.

 

Mas tudo se foi compondo e as boas notícias foram chegando. Depois de um processo de recrutamento bastante complicado e demorado - que começou em fevereiro, depois da minha operação - soube em finais de Julho que o lugar era meu e assim iniciei uma nova etapa na vida profissional. Tive sorte, mas também mérito por me terem escolhido entre tanta gente. E 5 meses passados desde o início, sinto-me mais que integrada e acho que o feedback da minha prestação tem sido positiva. Continuo a projetar a título particular e isso faz com que a minha veia criativa continue a funcionar. Sem isso, talvez o balanço não fosse tão positivo.

 

O novo emprego fez com que não houvesse férias este ano e isso foi complicado de gerir a nível pessoal. Não tanto pela questão do descanso - se bem que vejo o quanto cansada ando - mas pela nossa pequenota que acredito que tenha achado estranho ter férias apenas com o pai. Lá fomos passando uns fins de semana na aldeia e foi o melhor que se conseguiu.

 

E chegamos a um fim de ano atribulado, com a avó internada, a ter de ser operada... A operação não foi totalmente bem sucedida, por isso aguardam-se desenvolvimentos. Felizmente, veio passar o Natal a casa e são momentos que ficam. A minha avó está tão velhinha, tão velhinha que me custa vê-la assim. Nem sempre nos reconhece, nota-se que está ausente e perdida em pensamentos na maior parte do tempo. E tudo seria mais fácil se não houvesse desavenças familiares pelo meio que só agravam uma situação já de si complicada. Mas efetivamente quando não há bom senso, não há milagres.

Happy-2017.jpg

Planos para 2017? Ser feliz.

 

xoxo

marta

 

 

 

Meet the Blogger

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Wholesale clothes, Clothing Wholesalers online from China,cheap korean clothes online WOOK - www.wook.pt
SweetCare - Saúde, Beleza e Cosmética

Posts mais comentados

Calendário

Janeiro 2018

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031