Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

life Inc.

Beauty & Lifestyle

Quem me dera ser rica...

Ontem, enquanto a Pinypon dormia a sua sesta, resolvi relaxar um pouco e pegar na Vogue que tinha comprado no fim de semana. Já não lia a revista há séculos mas por esta altura do ano gosto sempre de deitar uns olhinhos ao que ai vem em termos de coleções e novidades e acabo sempre por comprar uma ou outra revista.

 

Ora dei por mim a folhear a revista e a pensar cá para os meus botões que não me parece muito viável nos dias que correm ver editoriais em que as peças mais baratas custam mais de 500€. Ou artigos daquele género "tendência" em que só desfilam marcas como Chanel, Louboutin e Louis Vuitton. Tudo bem que é uma revista de moda, tudo bem que é uma publicação internacional mas caramba, não poderiam mostrar na mesma as tendências da passerelle e adequá-las ao bolso dos comuns mortais?

 

Porque tirando uma meia dúzia de sortudas que podem dar-se ao luxo de comprar uma mala de 1000€ todos os meses, o resto da malta consome fast fashion inspirada nas grandes marcas. E mesmo quem se pode dar ao luxo de gastar, até anda mais poupado. E não estamos nós em crise? Porque parece que não.

 

Sinceramente, achei a revista tão desadequada aos nossos dias e ao bolso dos portugueses em geral que tão cedo não volto a gastar o meu dinheiro. Quem sabe não começo a poupar para uma Louis Vuitton?

 

xoxo

cindy

 

Feitas as contas! by Cindy

Ora bem e  a pedido de muitas famílias deixo aqui por alto alguns locais de interesse a visitar em Londres e alguns gastos fixos.

 

Transportes:

 

Se voarem em low cost não aterram em Heathrow mas sim em Stansted, logo há várias hipótese de transfers para Londres. A mais barata é ir de bus, fica por 14£ ida e volta, a frequência é de meia em meia hora e deixa-vos em Liverpool Street ou em Victoria.

 

Em relação ao metro nós optámos por tirar sempre o Travelcard diário, que em horário Off-Peak fica por5,60£. E o que é isto de Off-Peak? É a chamada hora de ponta, que termina às 9h30. Ou seja, se tirarem o travelcard diário façam-no depois das 9h30, porque antes disso fica por 7,20£.

 

Museus:

 

Nós visitámos o British Museum e o Tate Modern. Londres é profícua em museus e grande parte não cobra nada pelas exposições permanentes, apenas por uma ou outra exposição temporária.

 

Quando fomos até ao Tate Modern estava patente uma exposição de Paul Gauguin cuja entrada era de 12£ se não estou em erro. Aproveitámos para ver antes a exposição permanente e não saímos nada mal servidos.

 

No British Museum têm uma vasta de colecção de períodos como o Antigo Egipto, Grécia, Roma, Época Medieval. O museu é enorme e vale bem a pena a visita para quem gosta de história.

 

Depois há que ter em atenção alguns aspectos, como por exemplo packs de entradas, que compensam pelo preço global. Por exemplo, existe um pack de 39£ que permite a entrada prioritária no Museu de cera Madame Tussaud's e no LOndon Eye. Tendo em conta que a entrada normal é de 25£ e 18£ respectivamente, poupam 5£.

 

Existem ainda imensos museus que nós infelizmente não visitámos.

 

Atracções:

 

Uma das principais atracções em Londres é o London Eye, construído no âmbito das comemorações para o novo milénio. Acabámos por não ir porque como esteve chuva ou nublado aconselharam-nos a não desperdiçar o dinheiro porque as vistas não iriam ser grande coisa.

 

Um outro local de interesse é a Torre de Londres, onde foram executados muitos prisioneiros ao longo dos tempos mas que ficou sobretudo conhecida por ter sido o local de execução da maioria das esposas de Henrique VIII da dinastia Tudor. A entrada para visitar a torre é de 11£.

 

Temos ainda o Palácio de Buckingham e o render da guarda ao qual nós não assistimos mas os nossos amigos sim. Tendo em conta que aquilo demora quase 2h, achámos que perderíamos tempo precioso.

 

Como já aqui escrevi pagámos 25£ para fazermos um tour de bus, que incluía um cruseiro no Tamisa, de Westminster até Greenwich, ida e volta. O trajecto do bus acaba por conseguir passar a pente fino os locais de maior interesse, além de que as indicações dadas pelos guias são preciosas. Podem entrar e sair do bus a qualquer momento, mudar de linha, visitar os monumentos etc. O cruseiro valeu bem a pena apesar de estar frio.

 

Paparoca:

 

Fizemos apenas 3 almoços e 2 jantares. Ao almoço optámos por coisas rápidas e mais em conta, por exemplo Macdonald's e sandes. Ao jantar queríamos algo mais compostinho.

 

No primeiro dia fomos jantar ao Nando's. Comemos um menu para dois e ficou por cerca de 10£ a cada um. Nada mau e era bastante quantidade.

 

No dia seguinte jantámos em Chinatown e foi giríssimo. Optámos por um buffet do tipo " All you can eat" que por 9£, sem bebida, foi muito bom. A isto ainda acrescentámos a bebida e a taxa de serviço, pelo que ficou por cerca de 12£. Havia imensa variedade de pratos e pude consolar-me já que adoro culinária oriental.

 

Fora isto, gastámos dinheiro em lanches e Starbucks, que surgiam a cada esquina. Ainda demorei a acertar naquela maravilha que tinha experimentado em Madrid, mas no último dia lá percebi qual era.

 

Para já não me lembro de mais nada, caso o faça depois acrescento. Espero que isto vos seja útil!

 

xoxo

cindy

Vão roubar mas é para o C******!!! by Cindy

Estou cheiinha de sono hoje. Ontem à noite fiquei a assistir na FOX aos últimos episódios do Lost. Que deveriam acabar por volta da 1h da madrugada. E não é que faltavam para aí uns 10 minutos para acabar e a porra do MEO deixou de dar?? Raios para a minha sorte.

 

Lá me arrastei para a cama. Hoje de manhã tinha consulta no ginecologista, um must, mal podia esperar. Pretendia que ele considerasse a mudança para uma pílula nova mas ele não assentiu. Que a que tomo é muito boa, tem baixa dosagem de hormonas e blá blá blá. Eu que aguente a retenção de líquidos, os derrames, os enjoos e sei lá mais o quê.

 

Saio da consulta e tenho uma belíssima novidade ao pagar. Ao que parece a Medis agora tem franquia também nos exames médicos, resultado paguei uma conta astronómica. Agora meninas, raciocinemos. À partida, nós só vamos uma vez por ano ao ginecologista, certo? Só uma vez por ano é que faremos uma ecografia, uma citologia e etc. Então, quer dizer que de cada vez que eu for a consulta, e como só é uma por ano, vou sempre pagar a franquia destes exames.

 

&%&%%$#$T#!!!

 

Sexta feira seguirá um fax para a Medis a expôr o ridículo da situação e eventualmente a assegurar a desistência do seguro de saúde!

 

Cambada de morcões!!!

 

 

xoxo

cindy

 

Bom feriadinho!

Meet the Blogger

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Wholesale clothes, Clothing Wholesalers online from China,cheap korean clothes online WOOK - www.wook.pt
SweetCare - Saúde, Beleza e Cosmética

Calendário

Janeiro 2018

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031