Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

life Inc.

Beauty & Lifestyle

Paris #4

E começou o nosso último dia na Cidade Luz. Para este último dia resolvemos passear pela cidade e aproveitar mais calmamente o ambiente. Sendo feriado, via-se ainda muita pouca gente na rua o que era ssim um bocadinho estranho. Fomos tomar um rico pequeno almoço junto a Notre Dame, com café au lait, chocolat, croissant e suminho de laranja natural. Mhamiiii.

 

 

Ainda demos umas voltinhas pela zona e aproveitámos para comprar uns souvenirs. Depois continuámos o nosso passeio e fomos até ao Centro Georges Pompidou.

 

 

 

Foi muito engraçado, fila enorme à porta, nós lá no meio e de repente lemos o horário e estava fechado às terças! Ahahahah e nós feitos cromos lá à porta. Quando nos apercebemos, metemos pés ao caminho e continuamos o passeio. Estava imenso frio e por isso resolvi parar na H&M e comprar umas perneiras. E entretanto começa a chover torrencialmente e na eminência de ficarmos encharcados, resolvemos ir almoçar e voltar ao hotel para irmos buscar as malas.

 

E depois ala para o aeroporto! E regresso à la maison! Foram uns dias bem passados mas sinceramente, apesar de achar a cidade lindíssima, acho que Londres me marcou mais.

 

xoxo

cindy

 

 

 

Paris #3

Segunda feira acordámos com as galinhas e lá fomos nós para a Torre Eiffel. Uma fila bem mais pequenina do que no Domingo e um céu azulinho que nos deliciou! Subimos mesmo até ao topo e deparámo-nos com uma vista inigualável!

 

 

Confesso que detesto alturas e vim de lá completamente ourada mas valeu bem a pena! Objectivo cumprido e fomos em direcção ao Sacré Coeur, situado na zona norte da cidade. Sempre a subir claro, é melhor que uma aula de aeróbica. Almoçámos pelas redondezas e curtimos um solinho bom na esplanada. Pena foi o almoço, frango assado com... abóbora?! Tudo muito enxabido, não fiquei fã. A basílica é linda e a zona muito movimentada!

 

 

Depois descemos até ao Moulin Rouge, onde andámos a cuscar aquelas lojas picantes :) Depois resolvemos ir a pé até às galerias Lafayette e ainda bem! É que pelo caminho demos com uma chocolateria maravilhosa que tinha chocolatinhos de menta! A minha desgraça! E a senhora foi tão simpática que me fez uma caixinha só com menta, quando o standard é com vários sabores!

 

Lá fomos às galerias ma não perdemos muito tempo no meio de tanto luxo! Resolvemos ir à Place de la Vendôme, recheadinha de lojinhas baratinhas, Louis Vuitton, Chanel e etc. Depois, um passeio pela rua lateral do Louvre.

 

 

E à noite...

 

 

xoxo

cindy

Paris #2

O dia começou com muita preguiça à mistura e conosco a tentar descobrir o Starbucks que ficava relativamente perto do hotel. Ainda andámos às voltas mas lá conseguimos tomar um pequeno almoço quentinho!

 

O plano inicial era subir à Torre Eiffel mas as filas e o tempo nublado fizeram-nos adiar a subida e ainda bem! Aproveitámos então para fazer um cruzeiro no Sena e foi tão giro!!!

 

 

Depois, desembarcámos no cais do Louvre e lá fomos nós à descoberta. Mais filas mas esta até que foi rápida! Acho que devemos ter feito quilómetros dentro do Louvre mas valeu bem a pena. A uma certa altura, resolvi sentar-me para descansar e acho que até dormi por uns minutos, de tal modo estava cansada.

 

 

Passeámos pelos Jardins, fomos à Place de la Concorde e depois fomos ver os quarteirões Haussman e ao Arco de Triunfo. Descemos os Champs Elysées já ao anoitecer.

 

 

 

E depois de irmos descansar um pouquinho ao hotel, voltámos a sair para ir ver a Torre Eiffel iluminada à noitinha! Fantástico!

 

 

xoxo

cindy

Paris #1

Bem cá vai o relato a quem interessar!

 

Madrugada às 6h da manhã, avião às 7h55 e chegada às 11h locais. Ir de Orly até ao centro de Paris by train. Check in no hotel.

 

Como desta vez marcámos avião e estadia pelas nossas mãozinhas e sem ajuda da agência de viagens, optámos por ficar num Ibis, perto da Estação de Lyon, o que nos permitiria estar perto dos transportes e até ir a pé para algumas zonas. E porquê o Ibis? Porque aquilo é sempre igual e ao menos sabemos com o que podemos contar! Limpinhos, agradáveis e em conta. Conseguimos uma óptima promoção para as 3 noites e só com isso comseguimos poupar uns valentes tostões.

 

Fizemos o check-in, descansámos um pouco e lá fomos tentar arranjar um sítio para almoçar. Ultimamente ando com algumas restrições alimentares e por isso nem sempre é fácil conseguir comer fora. Mas na zona em que ficámos - Boulevard Diderot - há imensas brasseries e restaurantes. Escolhemos um italiano e comi uma rica pasta com molho de tomate que me deixou deliciada.

 

Depois resolvemos ir a pé até à Bastilha, ali perto, e depois até Notre Dame, sempre pela marginal do Sena. E que ricas vistas! Pena estar assim um pouco nublado mas foi o que arranjou!

 

 

Lá chegámos a Notre Dame e entramos na Catedral. Optámos por não subir às torres e fizemos a visita sozinhos, assim evitamos as filas e poupámos uns trocos.

 

 

Depois ainda fomos à cripta que se situa sob a praça e onde se podem ver os vestígios antigos daquela zona da cidade, ao mesmo tempo que se explica a história da fundação de Paris. Muito interessante! Lanchei um crepe com Nutella e depois, já mais compostinha, fomos em direção ao Panteão, aproveitando a última hora antes de anoitecer.

 

Antes de irmos para o hotel resolvemos abastecer-nos de mantimentos e fazer uma ceia no hotel, já que estávamos demasiado cansados para irmos em busca de um restaurante. O Action Man ainda passou num subway para ir buscar uma sande e viu-se à nora para se entender com o empregado sobre os recheios que queria. O funcionário não falava inglês e pelos vistos também não percebia quando se apontava para a comida. Além de ser super antipático!!! Um filme. No meio disto tudo ainda nos rimos um bocado, ao menos isso.

 

Lá fomos dormir para estarmos fresquinhos no dia seguinte!

 

xoxo

cindy

 

 

 

 

E dos nossos emigrantes!

Mais uma viagem e cá estou eu de volta. Isto pode parecer ridículo mas cada vez detesto mais andar de avião e de todas as vezes rezo aos santinhos todos por uma viagem segura e uma aterragem sã e salva.

 

E por falar em avião, assisti a uma cena in loco que retrata plenamente o espírito dos nossos emigrantes em terras francesas. Pois que atrás de nós iam 2 senhoras e uma idosa. Pelo que percebi, filhas e mãe. À medida que os minutos iam passando, iam abandonando o português para adotarem o francês. Estão a ver, os emigrantes em Agosto, e as frases com português e francês à mistura? Pois, era igual. Como se isto não fosse já caricato, heis que sacam de um chouriço (!!!), tratam de cortar umas rodelinhas e lá recheiam a baguette. Toca a papar que se faz tarde. Isto é o que se chama misturar culturas. Chouricinho e baguette, hein?

 

No final da viagem, ao aterrarmos, não muito suavemente, ainda tivemos direito a um chorrilho de asneiradas em... francês!

 

xoxo

cindy

Meet the Blogger

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Wholesale clothes, Clothing Wholesalers online from China,cheap korean clothes online WOOK - www.wook.pt
SweetCare - Saúde, Beleza e Cosmética

Posts mais comentados

Calendário

Janeiro 2018

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031