Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

life Inc.

Beauty & Lifestyle

Pior que a desgraça...

É o ódio que as pessoas se sentem à vontade para destilar nas redes sociais.

 

A sério que acho que o teclado devia ser considerado a arma do século XXI. Qualquer pessoa que saiba escrever e tenha acesso à internet se transforma num poço de sabedoria sem fim e acha que pode escrever tudo o que lhe der na gana. Não há filtros, não há censura, é tudo despejado em segundos sem ponderação. Tenho lido coisas verdadeiramente terríveis sobre esta tragédia toda e simplesmente acho que há pessoas que perderam a cabeça e o filtro algures no tempo.

 

Sim, o planeamento é uma merda no nosso país, sim, há todo um conjunto de interesses na gestão da floresta mas convenhamos que 84% da floresta é posse de privados e portanto compete-lhes a eles proceder à limpeza dos terrenos e cumprir a lei. Cabe também ao Estado fiscalizar o cumprimento da lesgislação em vigor e aplicar coimas quando a mesma é desrespeitada.

 

Quem ainda tem fôlego para criticar os bombeiros, pode e deve comparecer no quartel mais próximo da residência, voluntários nunca são demais e podem sempre pôr em prática os "conselhos" e opiniões de combate aos incêndios que tanto gostam de escrever. E se os mesmos procedem à evacuação das localidades e as pessoas insistem em ficar, não podem depois vir queixar-se que foram abandonados pelos bombeiros. Haja coerência!

 

E muita atenção às notícias falsas que circulam... nem comento a da queda da avioneta de ontem!

 

Qure raio de Mundo é este?

 

xoxo

marta

Do fim de semana e da calamidade

Eu achava que estava habituada às temperaturas altas mas estas mini-férias pela vila deixaram-me KO. Durante o dia, termómetro sempre acima dos 40º ( à sombra!) e à noite a rondar os 30º... Janelas e portadas fechadas de dia para afastar o calor e tudo escancarado de noite, mas a verdade é que nem uma aragem corria e por isso não era grande o "refrescamento". Fartei-me de pensar que vinha aí trovoada seca. Quem já assistiu a uma sabe o quanto assustador pode ser, parece que o céu nos vai cair em cima e acreditem que eu não tenho medo das trovoadas, mas no meio dos montes é qualquer coisa de tenebroso.

 

Foram dias bem passados, apesar do calor, mas não me parece correto estar a postar fotos do nosso fim de semana despreocupado depois da tragédia de ontem em Pedrógão Grande. Não consigo imaginar a aflição das vítimas, dos familiares, dos bombeiros, de todos os envolvidos naquilo que deve ter parecido o inferno na terra. Infelizmente, já passei pela aflição de ter fogo literalmente à porta de casa e efetivamente é indescritível e imprevisível.

 

Sem palavras...

 

xoxo

Marta

 

Meet the Blogger

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

SweetCare - Saúde, Beleza e Cosmética

Calendário

Janeiro 2018

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031