Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

life Inc.

Beauty & Lifestyle

Marta at the movies

A semana passada fomos ver o "Passengers".  Conosco passou-se uma coisa estranha. Vimos o trailer e ficámos com uma ideia completamente errada da história do filme. Se querem ir ver o filme, não leiam mais porque vou "spoilar" muito.

 

MV5BMTk4MjU3MDIzOF5BMl5BanBnXkFtZTgwMjM2MzY2MDI@._

 

 

Pelo trailer imaginei uma história de ação, com Chris Pratt e  Jennifer Lawrence a acordarem do hipersono anos antes do suposto e a terem de resolver uma série de problemas na nave. Pois que a história é bem mais complicada e profunda do que o trailer transmitia. O Sr. Chris Pratt acorda efetivamente 90 anos antes de chegar ao destino e após um ano de solidão, resolve acordar a jeitosa da Jennifer Lawrence e a partir daí desenrola-se toda a restante história que cruza a resolução de uma data de avarias na nave com o drama da Jennifer por descobrir que foi acordada cedo de mais, não devido a uma avaria mas sim devido à solidão do Chris. Gostei do filme mas como tinha imaginado um plot completamente diferente, estava sempre à espera que aquilo desse uma reviravolta!

 

Alguém já viu?

 

xoxo

marta

In love

E quando recebemos uma daquelas prendas que foram feitas/pensadas para nós e que mostram o quanto os outros nos conhecem bem, como a palma da mão e sabem aquilo que nos faz felizes?

 

Foi uma dessas que recebi do meu querido S. Uma prenda à medida, uma surpresa de que eu não fazia ideia e que lhe deu uma trabalheira a preparar: o conjunto das obras da Jane Austen que eu tanto adoro e que tantas vezes disse que tinha pena de só ter o Pride&Prejudice do tempo da idade da pedra e já em tão mau estado. E para rematar, nada como uns chocolates e gomas a acompanhar porque ele bem sabe o quanto eu gosto de comer um docinho quando leio. Uma mega prenda com elevado valor sentimental!

 

11209527_10200935720271573_7324286618763727375_n.j

 Vá, roam-se de inveja :) E agora tenho mesmo de me esmerar para a prenda de Natal dele!

 

xoxo

cindy

O melhor do meu dia # 22

Um dia manhoso, com vários stresses pelo meio... Confesso que tenho alguma dificuldade em lidar com a parvoíce alheia, principalmente quando esta vem de organismos públicos, que devem achar que não temos mais que fazer do que adivinhar como se escreve um termo de responsabilidade - se segundo o decreto-lei nacional, se segundo um edital local. Pelos vistos sai um mix dos dois, fresquinho!

 

Mas estávamos em dia de comemoração de enamoramento - 15 anos - e nada como um jantar a dois para animar aqui a Cindy. Lá fui ter com o S. à Baixa, estava um caos de trânsito, ainda me ri com o arrumador que cirandava enquanto eu esperava pelo S. e que ajudava os carros a estacionar enquanto falava ao telemóvel... Arrumador chique, hein?

 

A Baixa está linda com as iluminação de Natal... Vale bem a pena passear por lá, mesmo com o frio que se fazia sentir! Estava digno de gorro e luvas! Mas nada que uma francesinha no Santiago e um chocolate quente no Costa não resolvessem!

 

20141202_204821.jpg 20141202_204917.jpg20141202_212249.jpg20141202_210336.jpg

Chegámos a casa e ainda deu para dar um xi-coração à Pinypon, que parecia que estava mesmo à nossa espera. E hoje está constipadita, por isso é dia de miminho e aconchego :)

 

xoxo

cindy

 

15969654_iyodo.png

 

O melhor do meu dia # 21

Ultimamente tenho dado muitos passeios pela Baixa do Porto e tenho descoberto recantos que nem conhecia...Ou em lazer ou em trabalho, tem-me sabido bem caminhar pelas ruas pouco iluminadas e de piso molhado.

 

Os dias estão mais curtos, pelas 17h30 já é noite e é geralmente a essa hora que dou estes passeios. Vêm-se muitos turistas, de mapa em riste, várias línguas, umas reconheço, outras não. Embrenham-se pelas ruas estreitas e vão comentando o que vêm. Nos últimos meses houve um verdadeiro boom de chocolaterias, lojas e restauração por esses lados, é uma tentação!  Começa a ver-se a tradição inglesa de beber um copo depois do trabalho e antes de ir para casa, nem fazem ideia dos "hora feliz" que já li por essas ruas fora.

10802868_842864059068023_794926733_n.jpg10817811_1500036523611688_2019303807_n.jpg

Num destes dias deixei o carro pela Alfândega e subi pelas ruelas em direção à Baixa. Fui a um cliente, depois a outro e finalmente fui ter com o S. Voltámos ao carro, pelo meio começámos a falar de francesinhas e ficámos de para a semana repetirmos o programa com direito a jantar. Foi o melhor do meu dia!

 

xoxo

cindy

 

15969654_iyodo.png

 

 

 

 

 

 

 

Weekend off #2

Ora cá vai o relato do nosso fim de semana. Escolhemos o nosso destino através do Odisseias, as promoções são geralmente boas e há sempre imensa variedade de hoteis e destinos. Não queriamos nada muito longe e como tal, escolhemos o Maçarico Beach Hotel na Praia de Mira. Andei a ler as críticas no booking.com, o hotel apenas abriu em 2013 e os pontos negativos eram o acesso ao estacionamento e a pouca simpatia e disponibilidade dos funcionários. Na altura da reserva tivemos de optar pelo upgrade para quarto spa e pagar o excedente, já que não havia quartos normais para a noite que queríamos.

 

Sábado de manhã deixámos a Pinypon nos meus pais e lá fomos. Chegámos a Mira perto da hora do almoço e demos facilmente com o hotel que é mesmo em frente à praia e não tem como enganar. Fizemos o check-in e a coisa começou logo a correr mal quando nos informaram que o quarto só estaria disponível pelas 15h, ao que eu argumentei que me tinham dito por e-mail que o check-in poderia ser feito a partir das 14h. Ah e tal mas... blá blá blá. Há maneiras e maneiras de dizer as coisas e esta não foi a correta. Podiam ter dito, sim, habitualmente é pelas 14h mas estamos atrasados, ou outra coisa qualquer. Agora dizer que é assim, porque é, quando nos disseram outra coisa, não calha bem. Ainda perguntei a um funcionário por um sítio para irmos almoçar enquanto fazíamos tempo e a resposta " só recomendo o restaurante do hotel, o resto não presta" pareceu-me de muito mau tom. Felizmente, a colega acabou por nos indicar uma feirinha gastronómica que estava a decorrer junto à Barrinha e que fez as nossas delícias. Portanto, confirma-se a inexperiência dos funcionários.

 

Lá fomos passear pela feirinha e conhecer os encantos da terra. Depois de bem almoçarmos, acabámos por ir à praia, estava um sol ótimo e bem quentinho que ainda deu para eu ficar com as bochechas a arder.

 

A Barrinha

 

 

Um belo dia de praia e um areal deserto

 

Sai uma selfie!

 

Lá pudemos finalmente ir conhecer o quarto que realmente estava muito giro e com uma decoração bem moderna. Aproveitámos para descansar um pouco e depois fomos conhecer a piscina na cobertura que tem uma vista maravilhosa sobre a praia. Esqueci-me foi de tirar fotos à piscina, mas podem ver no site do hotel.

 

 

 

   

Depois de uma boa banhoca, nada como um belo lanche numa esplanada seguido de um passeio pela marginal.

 

 

 

Fomos novamente deliciar-nos com os petiscos da região, ainda comprámos uma prendinha para a nossa Pinypon e ainda tivemos tempo para uma caipirinha no Irish Pub mesmo ao lado do hotel. No dia seguinte aproveitei aquela banheira enorme para um banho de emersão - até parecia mal ter uma banheira daquelas e não a usar. O pequeno-almoço do hotel é mesmo muito bom e tem uma boa variedade quer de comida, quer de bebidas. E a sala de jantar é também muito bonita, aliás todo o hotel está decorado com um estilo nautico fora do comum mas muito agradável. Antes das 12h fizemos o check out e fizemo-nos à estrada, com objetivo de irmos almoçar em Aveiro. Mais um regabofe culinário, seguido de um gelado maravilhoso nos Gelados de Portugal e ainda me atrevi a trazer uns ovos moles. Depois queixo-me.

 

Foi um bom fim de semana, deu para namorar e passar tempo a dois com uma disponibilidade que no dia-a-dia nem sempre conseguimos ter e nada como fazer aquelas pequenas coisas que com uma piolha de 2 anos nem sempre se consegue - ler um livro na esplanada, que loucura! E claro, ajuda saber que a Pinypon ficou bem entregue e que não fica a chorar nem a perguntar por nós.

 

xoxo

cindy

 

 

 

Ora vamos lá!

O fim de semana foi ótimo - depois conto tudo, prometo. O tempo esteve ótimo e bem melhor que aqui no Porto.

 

Miss Pinypon ficou muito bem com os avós e aproveitou a titi e o auau. Chegámos a meio da tarde e ela ainda dormia a sesta, foi só miminhos quando acordou.

 

E o temporal de ontem à noite? 1h a trovejar sem parar, pena que não desse para ver os relâmpagos já que o céu estava enevoado... Mesmo assim, ainda estivemos algum tempo à janela com a Pinypon que estava maravilhada com as "luas" ( luzes) no céu. E ainda vimos um avião a passar lá pelo meio, credo! Ainda me preocupei com os meus pais que foram levar a manocas à sua nova morada universitária em Guimarães mas chegaram bem.

 

E devido à trovoada ou à tpm, ontem ainda fui brindada com uma enxaqueca daquelas que nem os olhos conseguia abrir... mas hoje acordei como nova e agora é hora de deitar mãos à obra e tratar de organizar a semana. Tratar da casa, organizar as compras, acabar um licenciamento e ainda arranjar tempo e estratégias para publicidade.

 

Nota-se que vim com outro ânimo?

 

xoxo

cindy

Um dia recheado de coisas boas

No domingo deixámos a Pinypon com os avós e fomos almoçar e ao cinema, às vezes sabe bem um programinha a dois!

 

Para almoçar, escolhi provar a famosa burguesinha do BB Gourmet, já tinha ouvido falar bastante e estava curiosa. Digamos que é uma francesinha em ponto mini e servida em pão de hamburguer tostado. Têm 4 variedades à escolha, eu escolhi a de carne assada e gostei bastante. 

 

 

Enquanto fazíamos horas para o filme, aproveitámos para dar uma volta pelo shopping e pelas lojas. Eu queria muito ir ver biquinis e roupa interior. E não é que vim toda contente com um biquini da Lefties? E num modelo que evito sempre experimentar, por achar que não me ficava bem de todo. Mas o S. lá insistiu e acertou em cheio! Não trouxe foi a parte de baixo no mesmo padrão, achei too much e preferi uma parte lisa e noutro modelo mais favorecedor das minhas curvas bem curvilíneas. Que tal? Gostam?

 

 

Ao passarmos no Jumbo para fazer umas comprinhas, vi que as alpercatas estavam a 2.99€ (?) e não consegui resistir a trazer outro par para se juntar às do ano passado, que tanto uso tiveram!

 

 

Quanto ao filme, fomos ver o X-Men - Days of Future Past e gostámos bastante. Sou super fã desta saga e achei que a história estava bastante boa, bem como as interpretações. E é um filme bem recheado de caras conhecidas - Hugh Jackman, Jennifer Lawrence, Michael Fassbender... Aprovadíssimo! Se forem fãs, não percam!

 

E assim se passou um ótimo domingo!

 

xoxo

cindy

Rir até não poder mais!

Na sexta fomos assistir ao espetáculo do Luís Franco Bastos. Deixei a Pinypon entregue aos cuidados dos avós e lá fui eu ter com o S. ao trabalho. O dia manteve-se nublado mesmo até ao final da tarde, sempre a ameaçar chuva. Cheguei à baixa e estava assim...

 

 

Fomos lanchar à Leitaria da Baixa, conhecem? Um espaço lindo, decoração giríssima, um atendimento bem simpático e comidinha apetitosa. Pedimos o menu Passos Manuel ( o nome da rua onde fica a leitaria) e saímos de lá de barriga cheia.

 

 

 

 

Depois fomos passear pelas redondezas enquanto fazíamos horas para jantar. Ando à caça de uma parka e não encontro o raio da parka em lado nenhum. Sabem quando querem comprar e não vêm nada de que gostam? E quando não podem comprar só vêm coisas que vos ficavam lindamente? Ai o que mulher sofre... Bem, lá nos encontrámos com os nossos amigos e fomos ao Lado B comer a boa da francesinha que não estava nada de especial... Já lá tinha ido e tinha gostado bastante, desta vez pareceu-me tudo diferente. Eu também não estava nos meus dias para dizer a verdade mas mesmo assim acho que o pitéu deixou a desejar.

 

Depois do jantar, lá fomos ao espetáculo no Teatro Sá da Bandeira. Nunca lá tinha entrado e fiquei maravilhada com o espaço. Quando ao espetáculo, só sei que saí de lá com a barriga a doer de tanto me ter rido com a performance do senhor. Que talento! Gostei tanto, tanto... e só me fez bem rir que ultimamente é coisa que não tem estado muito presente aqui para estes lados.

 

 

Fantástico! Depois foi regressar a casa e aproveitar umas horas a sós :)

 

xoxo

cindy

Do feriado!

Pois que fomos fazer o circuito turístico pelo Porto de comboinho, passeio já agendado desde o Dia dos Centros Históricos mas que por ausência do dito comboinho ficou por realizar.

 

Ontem lá fomos nós, tinhamos os vouchers e portanto não pagamos nada. Mas o preço habitual são 7€ e pessoalmente achei o circuito fraquinho. Valeu pela visita às Caves da Real Companhia Velha e para quem aprecia ( not my case) pela degustação de vinho do Porto. Achei um bocado mau a Real Comapnhia Velha apresentar-nos um filme em inglês, quando só éramos nós, portugueses, na sala. Está mais que visto que o programa é mesmo para turistas... Mas gostei das caves com as pipas de vinho e com aquele aroma a vinho do Porto pelo ar... Milhões de litros ali guardados! Ainda fiquei a saber que a Quinta de Cidrô, pretença do padrinho da minha mãe foi vendida à Real Companhia Velha por uma pipa não de vinho mas de massa. Podia era ter sido generoso com a afilhada...

 

A Serra do Pilar

 

 Ponte Luís I

 

Caves Real Companhia Velha

 

Foi uma manhã bem passada pelo Centro do Porto, com boa companhia. Ainda fomos almoçar ao Bugo - art burguer - e como sempre estava ótimo. Mais uma facadinha na dieta, seguida de mega facadinha com um eclair da Quinta do Paço. Mhamiii.

 

 

 Depois, allez à la maison buscar a nossa Pinypon que ficou entregue aos cuidados da vóvó, e que finalmente se apercebeu que existe mais um membro da família, chamado Gu, o cão dos meus pais. Agora diverte-se a chamá-lo no seu linguajar muito próprio e chora se ele se pira. Ele por sua vez também já deu conta dela, porque antes não lhe ligava nenhuma.

 

Tão queridos :)

 

Bom fim de semana!

 

xoxo

cindy

Igualdade em casa

Uma coisa que detesto é ouvir alguma amiga ou mulher em geral sair-se com uma pérola destas: " o meu marido/namorado/companheiro é um querido, ajuda-me imenso em casa...". E dizem isto com um ar de satisfação!

 

Vão-me desculpar, eu bem sei que isto não é claro para todos e todas mas há algum impedimento genético ou físico que impeça os homens de lavarem a louça, cozinharem, limparem, arrumarem? E nós, mulheres, temos algum post-it na testa a dizer "mulher e empregada doméstica"? Se não sabem fazer, aprendem. Eu também nunca tinha limpo a casa e que remédio, tive de aprender!

 

As tarefas domésticas devem ser divididas! Ponto final. Ora, não moram os dois na mesma casa?! Claro que por vezes um não gosta tanto de determinada tarefa - eu detesto limpar - e por isso pode ficar assente que faz antes outra coisa - cozinhar, por exemplo.

 

Outra que me irrita. Afirmar que há tarefas exclusivamente femininas/masculinas. Por exemplo, levar o carro ao mecânico. Quantas vezes já não fui eu? E a levar o carro à inspeção? A sério, gente, modernizem-se. Por exemplo, e acho que já aqui falei disso, o S. limpa bem melhor do que eu. Obrigada sogrinha, por o teres preparado para a vida! Faltou a parte do cozinhar mas enfim, estou cá eu.

 

Se calhar isto da divisão de tarefas domésticas no tempo dos nossos pais não era muito comum, mas hoje em dia, geralmente ambos os membros do casal trabalham, logo é mais que justo que participem ambos de modo equitativo na lida da casa.

 

E quando há filhos, esta questão da divisão de tarefas é ainda mais importante. Porque é muito importante haver uma rotina bem afinada, para bem da sanidade mental de todos. Longe vão os tempos em que o pai só brincava com os filhos e escusava-se na hora de mudar fraldas e dar de comer. Claro que no meu caso, estando eu em casa, acabo por fazer mais coisas, até porque assim quando o meu querido chega a casa conseguimos ter tempo de qualidade juntos. Há dias em que fico estourada mas é porque resolvo fazer tudo de uma vez. Outros há, em que ele chega e enfiamo-nos os três na cozinha e enquanto eu faço o jantar e a sopinha da Pinypon, ele lava a louça ou estende a roupa. E depois é hora da banhoca da Pinypon, geralmente dada pelo Pai. E segue-se o jantar dela e é hora de ir dormir. E reina o sossego em casa! Conseguimos jantar a dois e descomprimir no silêncio.

 

E assim se consegue viver em harmonia. Claro que há casais onde a mulher não faz nenhum e leva vida de dondoca mas estou em crer que são bem mais raros.

 

Estão de acordo? Como funciona em vossa casa?

 

xoxo

cindy

Meet the Blogger

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

SheIn -Your Online Fashion Casual T-shirts
WOOK - www.wook.pt
SweetCare - Saúde, Beleza e Cosmética