Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

life Inc.

Beauty & Lifestyle

Disto de ser mãe/dona de casa/arquiteta a tempo inteiro

A semana passada falávamos eu e a Barbie sobre isto de estar em casa com a nossa descendência. No fundo, de sermos aquilo a que os americanos chamam de "stay at home mom".

 

Tendo em conta que eu sempre adorei a lufa lufa de um dia preenchido, com reuniões e muito que fazer, não vou negar que foi complicado trocar essa agitação pela muda das fraldas. Mas ao mesmo tempo, é sem dúvida maravilhoso poder acompanhar o crescimento da minha filha em full time e isso eu não trocava por nada do mundo.

 

Tenho tentado trabalhar como freelancer, às vezes há trabalho, outras não. Felizmente tenho uma filha que se entretém bem sozinha e me deixa trabalhar em casa sem estar constantemente a pedir atenção. Tenho um marido que dá valor ao meu trabalho em todas as vertentes e isso é meio caminho andado.

 

MAS, e era aqui que eu queria chegar e sobre o que incidiu a nossa conversa, continua a haver muito preconceito para com as pessoas que estão em casa com os filhos. Estou em crer que acham que passamos o dia em pijama, sem fazer nenhum, no sofá a ver os programas da manhã e da tarde na sic e na tvi e que não passa disso. Tenho a sensação que as pessoas não têm mesmo noção do que é trabalhar a partir de casa...

 

Já se imaginaram sem horários para nada? Só sabem mais ou menos as horas a que começa o dia, de resto é ir com a maré. Às vezes tenho imensooo que fazer - sim, fazer projetos de arquitetura e gerir obras é custoso não pela parte criativa mas pelas imensas burocracias - e até consigo ser bastante produtiva em 2h, outras não consigo fazer nada ou porque a princesa está em dia de mau humor, ou porque dependo de terceiros e a coisa não está fácil, ou porque simplesmente não me consigo concentrar. No meio disto tudo há as tarefas normais que um bébé implica e a lida da casa - que parece nunca estar limpa nem arrumada. Recentemente ainda comecei a coloborar com uma empresa de mediação de obras e juntei mais essa função ao meu rol. Não raras as vezes tenho de sair ao final da tarde para alguma reunião ou visita a obra e tenho de fazer malabarismo entre a disponibilidade dos meus pais e do S. Ou seja, não páro.

 

Num mesmo dia acumulo nem sei quantas funções e é cansativo. Não pensem que me estou a queixar, as coisas proporcionaram-se assim e eu sinto-me bem com isso. Só gostava de deixar de ouvir comentários depreciativos, às vezes a meia-voz ou de ler claramente na cara das pessoas que acham que eu levo vida de dondoca. 

 

xoxo

cindy

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Meet the Blogger

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Contato de e-mail

daybiday@sapo.pt

@life_inc_blog
Follow on Bloglovin

Parcerias

Compre aqui

SweetCare - Saúde, Beleza e Cosmética

Calendário

Julho 2014

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031