Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

life Inc.

Beauty & Lifestyle

Cuidados para cabelos pintados

Esta semana voltei a pintar o cabelo com esta tinta. Antes de mais gostava de deixar aqui uma recomendação a quem a experimentar: usem sempre vaselina na testa, orelhas e pescoço, de modo a evitar que fiquem machados. A Pandora queixou-se de ter ficado às cores e eu efetivamente também ficaria mas tenho sempre este cuidado com qualquer coloração.

 

Mas o assunto deste post é mesmo em relação aos cuidados de cabelos pintados. Aquando a coloração anterior continuei a usar a linha Blueberry d'O Boticário que tinha comprado aquando o alisamento. Sendo específica para cabelos sujeitos a tratamentos químicos, não deixa no entanto de ser adequada a cabelos com coloração. Mas entretanto acabou-se o shampô pelo que me pus em busca de um substituto. Os da linha de Óleo Extraordinário da lÓreal de que vos falei a semana passada não me encheram as medidas e salvo a máscara, estão confinados ao armário lá de casa.

 

aqui vos falei da linha de Vinoterapia d'O Boticário que está agora completa com mais novidades que também incidem sobre os cuidados capilares dos cabelos pintados!

 

linha-vinoterapia-para-os-cabelos-de-o-boticario-1

 

A linha é composta por 2 shampôs - um para proteção da cor e outro especialmente dedicado aos cabelos loiros e que promete prevenir o tom amarelado com que estes costumam ficar, mantendo a vitalidade e cor original. A estes juntam-se o condicionador, máscara e umas âmpolas de tratamento que me deixaram muito curiosa. Outro produto que parece ser top é o spray leave-in, que promete combater a porosidade dos fios e a oxidação, mantendo o brilho e a cor dos cabelos pintados.

 

Esta linha promete!!! Eu estou a adorar os produtos de que vos falei aqui e espero em breve experimentar estes para os cabelos e os de rosto! A minha mãe que passou recentemente numa loja já está a usar o shampô e o condicionador e eu mal possa vou comprar os meus!

10996463_10153117685682079_7690476616065964912_n.j

São fãs de linhas específicas para cabelos pintados?

 

xoxo

cindy

 

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Ossos do ofício

Eu detesto alturas... a sério, subir à Torre Eiffel e ao Empire State foram experiências penosas para a minha pessoa. Bem sei que o truque é não olhar para baixo mas fica difícil. E o mais ridículo é que tanto faz que seja uma grande altura como subir como trepar pelo escadote acima ou pôr-me em cima de uma cadeira.

 

Agora vejam o quanto isto complica a minha prestação profissional quando vou a uma obra. Já me aconteceu ter de subir 4 andares pelos andaimes a braços. E o pior não foi subir, foi mesmo descer. Já andei num daqueles elevadores das obras - aberto e arejado - num edifício de 19 andares... a vista era fabulosa e foi o que me valeu - fui sempre a olhar em frente. Há uns tempos tive de fazer verdadeiras acrobacias e enfiar-me por um buraco minúsculo de acesso a uma cobertura que aparentava estar a cair de podre, isto em plena Baixa do Porto e num edifício com 5 andares... Obviamente que não posso dar parte de fraca, já não basta o complexo machista que impera neste mundo da construção civil. Mas fico sempre em pânico e às vezes tenho mesmo de escusar-me de fazer estas acrobacias. No outro dia tive de deixar de aceder a um sotão porque simplesmente as minhas pernocas não alcançavam o acesso à cobertura. Lá teve de ir o engenheiro fazer a reportagem fotográfica e as medições. E eu gostava de saber o que passa ela cabeça quem faz estes acessos aos vãos do telhado com umas medidas de top model. Uma vez vi um empreiteiro preso num deles, o senhor tinha um perímetro abdominal mais generoso e foi um problema. A sério que pensei que íamos ter de chamar os bombeiros... Basicamente só me falta fazer isto:

 

overcome-your-fear-of-heights.jpg

 Quem mais dispensa alturas?

 

xoxo

cindy

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Cuidados no masculino

Longe vão os tempos em que os homens não se cuidavam e achavam que bastava a banhoca para estarem atraentes e cuidados. Hoje em dia há todo um mercado de cosmética voltado para o público masculino, e O Boticário não é excepção.

 

10502056_jGrSy.jpeg

 

Há toda uma linha dedicada aos homens - a linha Men - bem como vários perfumes concebidos para agradar a todos os perfis olfativos. Já várias vezes presenteei a família masculina com produtos desta linha e ficaram sempre fãs. No que toca ao homem cá de casa, as escolhas dele são estas:

 

IMG_2040.JPG

  •  O Hidratante de rosto 5 em 1 de que já aqui falei várias vezes e que tem sido a escolha por excelência do S., já vamos na 3ª embalagem;
  • Um dos 4 perfumes - Rio que vibra-  que constituem a edição limitada Rio eu te amo e de que falarei num destes dias;
  • O Quasar Forever Energy, um perfume bem masculino de que fiquei fã;

 

Digam lá, os homens aí de casa gostam de se cuidar?

 

xoxo

cindy

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Compras inteligentes

Há bastantes tendências que se irão manter na próxima estação e dado que a maior parte das lojas acham que no Inverno também se usam tops e t-shirts, nada como aproveitar e adquirir peças com preços simpáticos para estrear quando o calor voltar.

 

E o que se faz quando se recebe uma newslettter da Bershka (essa loja que geralmente me afasta com a sua música estridente) a  anunciar saldos a 70%? Dá-se uma vista de olhos pela loja online e acaba-se a comprar umas pecinhas já com olho em dias mais quentes.

 

Umas sandálias mesmo como eu gosto - com tira à frente e nada de dedos a fugir de lado - em tom nude com aplicações em dourado. Uma camisa azul claro em modelo não cintado - há que tempos andava eu em busca de uma! Uns calções girooooooooooosssssssssss, uma t-shirt branca com um pormenor engraçado nas costas e um quimono florido para dias mais primaveris. Nisto tudo gastei uma bagatela, acreditem.

 

6182331098_1_1_3.jpg

E dou assim por encerrada a época de saldos de inverno. E as meninas, fizeram boas compras?

 

xoxo

cindy

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Polémicas gastronómicas

Um dos meus chefs culinários preferidos é o Jamie Oliver, gosto sobretudo da forma despretensiosa como cozinha, da sua desenvoltura e claro, da sua luta contra a comida processada que abundava nas escolas do reino unido. Digamos que a sua inspiração é sobretudo a cozinha italiana, mas também gosta de se aventurar em versões de pratos representantes das mais variadas cozinhas e culturas.

 

Um destes dias o querido Jamie publica o seguinte petisco no seu FB...

 

Sem Título.png Bacalhau à Brás?!

 

O que ele foi fazer... ou melhor, o que ele foi cozinhar e mostrar... Conseguiu "irritar" uma nação inteira que se insurgiu contra o aspeto seco de um dos pratos nacionais. E o que eu me ri com os comentários!!! Não os censuro porque realmente aquilo parece tudo menos bacalhau à brás... aliás nem vejo bacalhau, apenas as batatas em palitos e azeitonas meias mirradas. A própria Riberalves convidou o chef para vir a Portugal conhecer as nossas mil e uma maneiras de cozinhar o bacalhau! Resta saber se vai aceitar o convite, só lhe ficava bem!

 

1.png

 Mas continuo a gostar da Jamie, é bom moço. Só tem de aprender a cozinhar bacalhau!

 

xoxo

cindy

 

 

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Coisas que não entendo #11

Há dias lia este texto do Nuno Markl e abanava a cabeça conforme ia lendo, em plena concordância com o autor. Ide ler porque é importante para o que se segue.

 

É certo e sabido que a sociedade ( e nós próprios) adoramos colocar rótulos às pessoas e isso é particularmente visível no que aos sexos diz respeito. Parece que há um manual de conduta que diz que os homens têm de ser bons em determinadas coisas e ignorar outras. Por outro lado, as mulheres hoje em dia acham que têm de saber fazer tudo e isso gera uma enorme confusão. Mas nem era disso que eu queria falar. Falava eu dos papéis instituídos pela sociedade a cada um dos géneros. O Homem deve saber fazer bricolage e manusear o berbequim, tratar do carro e perceber de velas e motores, estar a par do último grito tecnológico e perceber de bits e bytes.  Nem que quando o carro avarie abram o capot e fiquem a olhar para o motor como um boi olha para um palácio.

 

148785_503602589682411_301510673_n.jpg

Gostei particularmente do relato da cena do mecânico que recorrentemente se passa comigo e com o S. quando calha de irmos ao mecânico. Do mesmo modo que quando fomos comprar a máquina de lavar a loiça fui eu o alvo do vendedor. E quando vamos tratar de qualquer coisa de informática? Falam com ele que não percebe nada do assunto e os manda falar comigo, mas nem assim os tipos conseguem ignorar a formatação que os impele a procurar a voz maculina para esses assuntos. Eu fico com vontade de arrancar cabeças e o S. aborrecido por lhe estarem a falar chinês.

 

Technology_b26dd4_3010168.jpg

 São ridículas estas distinções que fazemos, não acham?

 

xoxo

cindy

 

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Eu e tu ou Eu e você

Na minha família tratamo-nos todos por "tu". Para mim (nós) não há outro modo que faça tanto sentido, encaro o assunto como uma questão de proximidade e intimidade. Tenho no entanto vários amigos e conhecidos que sempre trataram os pais por você e agora tratam os filhos do mesmo modo. Não critico quem o faça, atenção. É que hoje li um post que para mim não fez o menor sentido... e me levou a escrever estas minhas reflexões.

 

Sempre tratei os meus pais por "mamã" e "papá", avós e tios igualmente por tu. Há quem diga que o "você" é uma questão de educação e respeito para com os mais velhos. Ora isto para mim não faz o menor sentido, já que tenho a certeza que não é por tratar os mais próximos por tu que os repeito menos. E sobretudo não serei menos bem educada do que quem trata a família por você. Por outro lado, não foi por ter sido assim educada que desatei a tratar quem não conheço por tu. Não trato os meus clientes por tu, não trato conhecidos por tu, não trato superiores por tu e sobretudo não trato quem não conheço por tu. Não me lembro de alguma vez os meus pais me terem indicado que deveria tratar quem não conheço por senhor, senhora ou afins, obviamente que tratei de o fazer por exemplo deles. Ou seja, parece-me óbvio ( e simples) e espero que o seja para a minha filha no futuro, que a família se trata de um modo mais íntimo e quem não conhecemos ou não é da nossa esfera de conhecimentos próximos deve ser tratada por você.

 

E os queridos leitores, concordam ou discordam desta minha opinião?

 

xoxo

cindy

 

 

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Bela adormecida (not)

Ontem (hoje?) eram 2h da manhã e eu acordada. Tinha-me deitado perto da meia-noite e depois de muito virar e revirar desisti e vim trabalhar para a sala, acompanhada por um chá de camomila.

 

O dia foi preenchido, aproveitei que os avós ficaram com a Pinypon e andei de um lado para o outro. Fui almoçar com o S. à Baixa, andei a distribuir flyers para publicitar o negócio, passei na dentista para ver se o meu 1/4 de dente ainda se aguenta e fui a uma reunião de obra. Nestas andanças fiz quilómetros mas eu adoro andar a pé e soube-me bem, até porque estava um sol agradável.

 

Claro que ao final do dia estava cansada e desejosa de cama. Mas acontece-me sempre isto quando tenho dias destes em que trato de muita coisa, simplesmente deito-me e parece que todas as preocupações e assuntos por resolver vêm ao de cima. É a viagem a Londres que está aí ao virar da esquina e ainda com coisas para tratar, é o ter de ligar aos clientes e fazer uma lista mental, são os timings dos projetos a cumprir... Enfim.

 

images.jpg

Depois de trabalhar durante 1h fui finalmente deitar-me mas foi complicado conseguir fechar os olhos. E hoje acordei K.O., claro está! Entretanto lembrei-me que ontem tomei 2 cafés e já não tomo café habitualmente desde o início do ano portanto às tantas foi efeito de cafeína em excesso...

 

xoxo

cindy

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Elvive Óleo Extraordinário

Fui selecionada para mais esta campanha promovida pela Youzz onde pude experimentar a gama ELVIVE Óleo Extraordinário. Esta gama é especialmente dedicada aos cabelos normais e secos e propõe um ritual completo à base de seis óleos essenciais que promete uma nutrição adequada às necessidades de todos os cabelos, em especial nas zonas mais desidratadas e estragadas.

 

524251_10200140773158392_4008950146748710242_n.jpg

Foi-me enviado um kit composto por shampô, amaciador e máscara e depois de já os ter usado algumas vezes posso tecer alguns comentários sobre a gama e os produtos que experimentei.

 

Quem me lê sabe que não sou muito fã das linhas de cosméticos de supermercado. Acredito que quem use sempre não note diferenças e ache a qualidade/preço apelativos.  Mas desde que comecei a experimentar outros produtos de marcas mais "naturais", nomeadamente os capilares, noto muitas diferenças em termos de resultado. Mas claro que gosto de experimentar novos produtos e achei esta campanha bastante apelativa, afinal os óleos essenciais andam na moda e adorei o óleo extraordinário da L'Óreal de que vos falei aqui. Portanto fiz uma pausa nos meus cuidados habituais - voltados sobretudo para a hidratação e para o controlo do frizz - e comecei a usar estes três.

 

Primeiro, adorei o aroma que nos remete para o médio oriente, graças ao cheirinho dos óleos essenciais. Após a lavagem o aroma permanece no cabelo e isso é bastante agradável. Mas a conjugação shampô e amaciador não é, por si só, suficiente em termos de nutrição para o meu cabelo. Se complementar com a máscara noto logo uma enorme diferença mas apenas os dois é sinónimo de cabelo pouco suave e com tendência para ganhar vida própria. Na minha opinião, a máscara é a grande estrela desta linha e tenciono continuar a usá-la. Depois de umas semana com o cabelo fora do sítio, hoje voltei aos meus cuidados habituais e o cabelo voltou à sua rotina disciplinada. Sabem qual acho que seja a principal diferença? O fato dos produtos de supermercado terem geralmente sal.

 

Resumidamente, para quem tiver cabelo normal acho uma linha apropriada, agora para quem tiver cabelo com tendência para o seco não acho que a nutrição publicitada seja a suficiente.

 

xoxo

cindy

 

 

 

 

 

 

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Pavlova de morangos

Quando fiz o pão de ló sobraram-me uma data de claras que congelei para usar posteriormente. E o que fazer com claras? Curiosamente gosto de imensas das receitas possíveis - torta de claras, farófias e pavlova! Neste caso, foi mesmo uma pavlova até porque tinha natas e morangos à espera de serem usados. Já uma vez tinha experimentado e desfez-se. Desta vez ficou ótima!

 

10919142_1560265807550102_150190902_n.jpg

Ingredientes:

5 claras

220g açucar

2cc maisena

2cc vinagre de vinho branco

morangos qb

natas qb

 

Preparação:

Pré-aquecer o forno a 180º. Bater as claras em castelo e ir acrescentando o açucar aos poucos, até começar a ficar brilhante e espesso, batendo sempre. Quando o merengue estiver em picos suaves e brilhantes, juntar a maisena, envolver e depois acrescentar o vinagre envolvendo novamente. Num tabuleiro forrado a vegetal colocar o preparado num círculo com aproximadamente 20cm e alisar. Vai ao forno a 120º aproximadamente 1h20. Terminando o tempo, devem desligar o forno mas deixar a pavlova no interior. Finalmente, retirar e colocar as natas batidas e os morangos. Servir bem frio.

 

Espero que gostem e acreditem que aparenta ser mais complicado do que é :) Bon apetit!

 

xoxo

cindy

 

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Pág. 1/3

Meet the Blogger

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Contato de e-mail

daybiday@sapo.pt

@life_inc_blog
Follow on Bloglovin

Parcerias

Compre aqui

SweetCare - Saúde, Beleza e Cosmética

Calendário

Fevereiro 2015

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728