Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

life Inc.

Beauty & Lifestyle

será possível trabalhar por conta própria em Portugal? by barbie

Não sei se já aqui disse, mas eu e o meu marido andámos a tratar de legalizar a oficina. Vou poupar-vos às partes hilariantes da burocracia, a todo o dnheiro que já foi absurdamente gasto e contar-vos tão somente dois dos espisódios mais recentes.

 

Episódio nº 1

 

Fomos pedir a luz. Aliás, pedimos na internet. Modernices... Seja como for, a EDP tinha 30 dias para se pronunciar. Passaram 30, 60 e lá chegou a carta com o orçamento. (carta essa que demorou esse tempo todo porque tinha ido parar à nossa morada antiga, onde vivemos há mais de 12 anos atrás...) 

Então , o que a carta diz, é que para termos luz na oficina, além de pagar o contrato , temos de comprar um POSTE e colocá-lo no nosso terreno, mas , sim MAS esse poste fica para uso comum. Ora , como não havia vagas nos poste existentes, tivemos que colocar um poste no nosso terreno , ficar lá com um mamarracho gigantesco e além do mais, se mais alguém na zona precisar de luz vai-se servir GRATUITAMENTE do nosso poste.

 

E quanto nos custou isto, pergunta, vocês? 

 

Cerca de 700 euros.

 

Coisa pouca.

 

 

 

Episódio nº 2

 

Depois de milhares de filmes na Câmara Municipal, lá consegui finalmente que viessem colocar um contador da água.

 

Chega a 1ª factura.

 

O que cobram? taxa de saneamento.

 

Qual é o problema , perguntam vocês?

 

A nossa terreola NÃO TEM SANEAMENTO BÁSICO!!

 

Logo para lá de imediato: "ha isso é normal, o sistema erra muitas vezes, tem de vir cá fazer um requerimento ao Sr. Presidente (WTF???)

 

Vou logo para lá , grito, berro, ameaço e esperneio e lá me corrigem a factura.

 

E nem falo na taxa de lixo que nos cobram, nem falo. Uma fortuna, e nem sequer podemos colocar lixo nos contentores (as officinas automóveis têm de contratar uma empresa privada (Sim uma das PPP's) para fazer a recolkha dos lixos, q quem pagamos mais uma fortuna.

 

 

Enfim, isto que vos conto são 2 pequenos episódios. Não falo de tudo o resto , de tudo o que tivemos que pagar para ter a licença de utilização, de quantas casas de banho tivemos que fazer. De quase 200 euros de Segurança Social que se pagam todos os meses e que não dão direito a nada...

 

Temos que pagar  para trabalhar em Portugal?

 

 

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Novidades by barbie

Tenho novidades. Não são muitas, mas já são algumas.

 

Como já saberão, eu fui esteticista durante algum tempo. Quando engavidei da Lu tive de deixar de trabalhar e como era por conta própria, claro que tive que fechar o gabinete e acabei por desistir.

 

Agora que ela está na escola, que a crise está instalada, eu voltei a procurar emprego. Trabalhar nunca é muito fácil para mim por causa dos míudos. E falando com toda a sinceridade e em termos práticos, explico: eu vivo longe de toda a família. O nosso núcleo somos nós os 4: eu e o marido e os 2 filhos. O meu marido sempre ganhou muito mais do que eu. Portanto , nunca fez sentido ser ele a abdicar do trabalho dele para trabalhar eu. Ou seja: um de nós os 2 tem de estar sempre presente para os miúdos (ir buscar a escola e ficar com eles, pois claro!). Quando eu estive em hotelaria e tinha horários estranhos, o Zezito estava numa creche privada. Agora são 2 miudos , e não podemos de forma nenhuma gastar 450 euros por mês em escolas privadas, porque eu nunca ganharia o suficiente para dar lucro. Se fizerem as contas a um ordenado médio, se juntarem as escolas, o dinheiro em transporte e alimentação, eu trabalharia para aquecer. Então sempre preferimos que fosse eu a ficar por casa, enquanto o marido trabalhava.

 

Fui contactada há algum tempo para ir trabalhar como esteticista para um salão de cabeleireiro a 10 km de minha casa. E aceitei. Vou conjugar a vida doméstica e familiar, e vou continuar a ajudar o meu marido no trabalho dele, vou também continuar com o  meu trabalho que vocês já conhecem (aliás, estou a preparar para apresentar as minha peças a uma loja, e vou continuar a participar nas feiras que conseguir.)

 

Vou trabalhar neste salão alguns dias por semana , só por marcação, para poder organizar-me com os horários dos miúdos, onde vou fazer todo o trabalho habitual de esteticista e também unhas de gel.

Não posso dizer que adoro este trabalho, mas estou qualificada para o fazer, posso ser eu a mandar em mim, e vou ganhar algum dinheiro que muita falta me faz.

 

Espero que não se importem que eu tenha feito esta partilha e espero que as pessoas que me lêem e que estão a precisar de trabalhar  encontrem trabalho rapidamente e tenham força e coragem para aceitar coisas que nem sempre são as que mais apetece fazer:)

 

Beijinho

barbie

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Sobre a crise! by Cindy

Sim leram bem, cá vem mais um post sobre a crise, o bicho papão deste país.

 

Que isto vai de mal a pior já todos sabemos, que teremos de apertar ainda mais o cinto também. E eu continuo a dizer que o que nos faz falta, enquanto país, não é ter um défice menor ou maior mas sim haver uma revolução de mentalidades!!!

 

Descontamos todos os meses para a Segurança Social que de segura não tem nada, na esperança de que se um dia nos faltar emprego, possamos usufruir daquilo que descontámos aquele tempo todo, de que se ficarmos doentes, continuaremos a receber o que tanto nos faz falta ao final do mês. Pois, parece que agora, quem tiver um pé de meia no banco, pode não vir a usufruir do subsídio de desemprego. Portanto, meus queridos, é receber e gastar! Assim, podemos receber aquilo que temos direito. Ou então é guardá-lo debaixo do colchão que os (outros) ladrões agradecem! Quanto a quem trabalha por conta própria, não tem direito a NADA! Supõe-se que somos todos empresários bem sucedidos. Se a coisa não corre bem, lá se vai o pé de meia e fica-se a ver passar os navios.

 

Temos um Serviço Nacional de Saúde péssimo. Eu nunca pus os pés na minha médica de família e da última vez que tentei marcar uma consulta teria de aguardar 3 meses. O que vale é que há 3 anos resolvi fazer um seguro de saúde nunca mais pus os pés num hospital público ou centro de saúde. Claro que me sai do bolso mas ao menos não aturo situações ridículas de meses e meses de espera para situações de urgência. E sejamos francos, caso se possa optar, prefiro ser atendida num hospital privado. E sim, já estive internada num hospital público e sei bem do que falo.

 

Pagamos impostos por tudo e por nada. O IVA irá aumentar mais uma vez e continuamos impávidos e serenos.

 

Agora serão as portagens nas SCUT's. Pessoas como eu que transitam de uma cidade para a outra para ir trabalhar terão poucas se não nenhuma alternativa. Pagaremos e pronto.

 

Os nossos investigadores piram-se para o estrangeiro. Os nossos técnicos superiores são sub-aproveitados. O sector público encomenda trabalho ao público, mesmo tendo pessoal competente para o fazer dentro das autarquias. E depois atrasa-se no pagamento. E as pequenas empresas fecham. Há desempregados com competências a mais (?) e que jamais irão conseguir arranjar emprego. Isto dito no Centro de Emprego.

 

Eu quero conseguir trabalhar e para isso preciso de licenças por parte das Câmaras. Espero meses e meses por uma assinatura do Sr. Vereador. Se ligo a reclamar dizem que há poucos recursos humanos. E eu penso, tanta gente sem emprego. A licença não sai, o cliente não paga e nós ficamos a tocar viola.

 

Estamos em crise e eu passo pelo parque da Câmara Municipal do Porto e parece um stand de carros de luxo. A venda de imóveis de luxo tem vindo a aumentar nos últimos anos.

 

A conclusão a que eu chego e que não é novidade para ninguém é que quem aperta o cinto são sempre os mesmos. E nem cinto se pode chamar. Neste momento é mais um cordel.

 

E eu, que felizmente tenho uma situação financeira mais estável do que quando estava a recibos verdes, tenho de me capacitar que não posso gastar o mesmo que gastava há uns anos. Porque nunca se sabe o dia de amanhã e desconfio que qualquer dia vamos voltar a uma agricultura de subsistência, com hortas para consumo próprio nas varandas dos prédios. Assim ao menos poupa-se nas hortaliças. E podemos sempre trocar tomates e pepinos por um franguinho!

 

xoxo

cindy

 

 

 

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Questão a 2! by Cindy

Este fim de semana à conversa com amigos surgiu-me uma questão interessante.

 

Até que ponto, enquanto casal, conseguimos manter a nossa individualidade?

 

Será que não ligamos nada ao que o outro pensa/diz e fazemos o que nos dá na real veneta?

 

Ou pelo contrário, será que nos anulamos e perdemos a vontade própria?

 

É que acho que pelo menos um dos casais com o qual convivemos frequentemente é fiel ao quadro em cima. Um simplesmente não tem voto na matéria.

 

Já todos sabemos que o equilíbrio é que é salutar. Mas isso nem sempre se consegue... Acho que cada um deve manter os seus gostos, as suas saídas a sós, acho que nenhum casal aguenta se andar sempre grudado. Mas este é o meu ponto de vista, e o vosso?

 

xoxo

cindy

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

A crise tem as costas largas! by Barbie&Cindy

A crise tornou-se num monstro, escondido dentro da carteira das pessoas. Quantas vezes nós usamos a justificação  - Ah é a crise! - sem razão nenhuma aparente? Nós continuamos a ter os mesmos métodos de poupar alguns tostões ao fim do mês e se nem sempre é possível, pelo menos fica a tentativa feita!

Aqui vão algumas dicas que aplicamos nas nossas casas e nas nossas carteiras!

 

Barbie:

 

- tomo café em casa;

- vou às compras uma vez por semana e compro tudo de uma vez;

- compro muitas vezes marcas brancas;

- dou a roupa que já não serve aos meus filhos e uso a que me dão também;

- ponho gasóleo no intermarché que é muito mais barato;

- uso sempre que possível o Serviço Nacional de Saúde;

- ter apenas um telemóvel, usar sms grátis e as happy hour da internet;

- usar o forno com peso e medida: exemplo fazer um assado e aproveitar para fazer um bolo;


Cindy:

 

- faço as compras do mês e compro sempre que possível marcas brancas;

- troco de roupas com as amigas, esta é uma boa maneira de adquirir peças novas e recicar o guarda-roupa;

- compro livros no alfarrabista, são muito mais baratos e estão muitas vezes como novos;

- compro muitas peças básicas nos saldos, sempre fica mais barato;

- aproveito promoções que vêm nas revistas;

- poupar nas chamadas e usar os sms;

- usar lâmpadas de baixo consumo e desligar os pilotos todos os dias;

- usar redutores de caudal nas torneiras;

 

Em jeito de conclusão, o que nos parece óbvio é que uma boa maneira de poupar é viver dentro das possibilidades, sem grandes exageros... Claro que de vez em quando é saudável cometer uma loucura, desde que não nos leve à bancarrota! Ah e muito importante também, habituar os nossos filhos a não terem tudo o que pedem, poupam-se muitas chatices desde logo!

 

xoxo

barbie&cindy

 

Bom fim de semana!

 

 

 

 

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Pensamento positivo por favor

É o que peço aqui à malta pois vou a uma entrevista hoje. E mais não digo pra não atrair más ondas.

 

 

Beijinhos

Barbie

 

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Vai-te crise!!! Xô xô xô..

Então, para ver se assustava a crise, no dia 2 fui passar a tarde a fazer madeixas. Considero-as um investimento para 2009. Pro meu ego, pro meu visual, pra não me aparecerem as brancas (pelo menos não se notam!!), pra me sentir feliz, porque assim não preciso de andar sempre a pintar e porque me APETECEU!!!!

 

 

Barbie

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Meet the Blogger

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Contato de e-mail

daybiday@sapo.pt

@life_inc_blog
Follow on Bloglovin

Parcerias

Compre aqui

SweetCare - Saúde, Beleza e Cosmética

Calendário

Julho 2021

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031