Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

life Inc.

Beauty & Lifestyle

Breves

Estou em casa com os miúdos desde quarta. Primeiro ouvi uns zunzuns sobre alunos em quarentena numa escola que partilha o ATL onde a minha mais velha anda e onde fica a creche do pequenino. Depois soube através de comunicado da associação de pais que havia caso de quarentena voluntária de um dos alunos e pais na escola da mais velha. Terça ainda foram, quarta já não consegui ignorar os sinais de alerta que o meu coração de mãe galinha enviava.

 

Contextualizando, tenho medo sobretudo pelo mais novo mas evidentemente que não quero ver nenhum dos meus a adoecer. Pese embora aparentemente as crianças sejam pouco afetadas, ninguém me sabe esclarecer se isso também acontece nos mais novos que já habitualmente sofrem com bronquiolites e infeções respiratórias. Perante a ausência de respostas, o seguro morreu de velho e antes pecar por excesso.

 

Parece-me a mim que a forma mais segura de nos resguardarmos é se cada um ficar na sua casinha, seja em lazer ou em teletrabalho. Assim, o ritmo de contágio seria diminuto, senão mesmo interrompido e os nossos serviços de saúde não ficariam atolados em doentes, tendo de escolher a quem dão resposta.

 

Não nos enganemos. Os números são claros, não temos capacidade de resposta e mesmo com este número de casos os serviços estão num caos, pelos relatos quer de médicos, quer de doentes que precisam de recorrer ao SNS. Arriscamo-nos a ter uma situação como a de Itália, se não tomarmos medidas drásticas e pararmos tudo. Se isso custa dinheiro? Obviamente. Quando custa uma vida? É isso que pergunto perante a chachada de conversa das duas senhoras de ontem na conferência de imprensa. Salta à vista que o adiar fechar as escolas não é porque não há risco e podemos seguir com as nossas vidinhas. É tão somente uma questão financeira e logística. Quando vai custar ao país se a SS tiver de pagar a um dos progenitores para ficar em casa com os filhos, caso não haja opção de teletrabalho? Tudo se resume a dinheiro. Espero que logo o nosso caro primeiro ministro tenha tomates e tome uma decisão consciente. Que sejamos por uma vez pioneiros em vez de esperarmos que nos bata a desgraça à porta depois do mal feito. 

 

Quanto a mim, venha o teletrabalho e nós cá nos arranjaremos. Para justificar estes dias vou ter de meter férias e se por um lado é para o lado que durmo melhor, por outro revolta-me a falta de respostas que temos para quem se quer proteger e resguardar os seus. Também me incomoda imenso a falta de respeito de quem devia estar de quarentena e vai para a praia aproveitar o  sol ou se anda a passear pelo shopping. Sejamos conscientes e civilizados.

 

Finalmente, não partilhem tudo o que vêm no FB e restantes redes sociais. Confiem nas fontes oficiais - DGS e OMS. Não partilhem tretas de beber água, suster a respiração e chupar imão que isso são só balelas e nem sei como alguém consegue ter imaginação para sequer inventar isso. Do mesmo modo, não comecem a comprar óleos essenciais e a recorrer a charlatanices porque a medicina convencional continua a funcionar bem.

 

Confiemos que vai correr tudo bem.

 

xoxo

Marta

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Meet the Blogger

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Contato de e-mail

daybiday@sapo.pt

@life_inc_blog
Follow on Bloglovin

Parcerias

Compre aqui

SweetCare - Saúde, Beleza e Cosmética

Calendário

Março 2020

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031