Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

life Inc.

Beauty & Lifestyle

Assuntos femininos

Já ando para falar deste assunto aqui no blog há algum tempo mas tem havido pouco tempo ultimamente. Gostava que pudessemos partilhar experiências e opiniões sobre este tema de que vou falar a seguir.

 

Desde os 18 anos que tomo a pílula devido a um problema hormonal. Ao longo dos anos mudei algumas vezes de marca mas fui sempre tomando de forma contínua até engravidar. Segundo os médicos ginecologistas que fui consultando - não encontrei logo o "tal", apenas nos últimos anos estabilizei na minha médica - não há problema nenhum em tomar a pílula continuamente, apenas interrompendo em caso de se querer engravidar. Não sei se sim ou se não, afinal de contas não sou médica. Depois da Pinypon nascer e estando a amamentar mudei para a pílula de amamentação - a cerazzette. Quando ela deixou de mamar regressei à pílula que tomava anteriormente e se antes me dava maravilhosamente bem com ela, desta vez comecei a ter alguns dos efeitos secundários - enjoos, enxaquecas, retenção de líquidos. Então e depois de perguntar à minha médica por alternativas, ela recomendou-me experimentar o anel vaginal já que traz algumas vantagens em relação à pílula - a libertação hormonal é feita in loco, a dosagem hormonal é mais baixa e não há o problema de esquecimento ( se bem que não me costumava acontecer). Comecei a usar em Junho do ano passado e realmente notei algumas diferenças nos primeiros meses. Mas em Outubro começaram novamente as enxaquecas infernais que duravam dias sem atenuar, a retenção de líquidos aumentou e resolvi em Janeiro parar com o anel porque sinceramente comecei a pensar que realmente alguma coisa mudou no meu sistema com a gravidez e fiquei com receio de mais efeitos secundários. A verdade é que notei logo diferenças e de Janeiro para cá as enxaquecas foram-se, se bem que notei que o corpo passou por um período de desabituação e assim continua. E noto bem menos celulite - que tinha desaparecido na gravidez e se voltou a instalar mal recomecei com a pílula.Tenho consulta para a semana e vou trocar impressões com a minha médica mas pela minha vontade não volto aos contracetivos hormonais.

 

Eu sei que os contracetivos são uma das grandes conquistas médicas para nós, mulheres. Mas a verdade é que não sei os efeitos a longo prazo que trarão. E mete-me imensa confusão tomar medicação - sim é medicação - todos os dias por anos consecutivos. Será que as vantagens são mais que os possíveis efeitos secundários? Qualquer medicação tem efeitos secundários, em maior ou menor quatidade e gravidade. Se lerem qualquer bula de pílula ou anel fala em coisas pouco graves mas mesmo assim diminuidoras de qualidade de vida - enxaquecas, enjoos, reações alérgicas - mas também em efeitos muito graves como os destes casos. E era precisamente esta a minha pílula. Falando com amigas, quase todas tomam a pilula e todas têm alguns dos efeitos secundários.

 

Notícias como estas deixam-me a pensar... Qual é a vossa opinião sobre este tema?

 

xoxo

cindy

Meet the Blogger

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

SweetCare - Saúde, Beleza e Cosmética

Posts mais comentados

Calendário

Abril 2018

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930