Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

life Inc.

Beauty & Lifestyle

Bebé a bordo #26: o banho

Têm-me perguntado várias vezes sobre esta nossa compra para o banho do bebé que mostrei um destes dias pelo Instagram.Tem sido usada em todos os banhos e posso já dar-vos o meu feedback.

 

Até há pouco tempo, usávamos a banheira que era da M., uma onda tub da Okbaby. É super prática para os primeiros meses porque podemos reclinar o bebé em segurança e dat-lhe banho sem ele escorregar. O senão é mesmo ter de andar casa de banho - quarto - casa de banho, porque no nosso caso não temos espaço onde a colocar na casa de banho. Portanto, enchíamos a banheira, o pai transportava até ao muda fraldas e terminado o banho, toca a ir despejar. Fora a logística, baby Pêpê revelou-se um autêntico chapinador e era ver as imediações do muda fraldas todas molhadas. Era chão, armários, parede... Estava na hora de começar a tomar o banhinho na banheira dos crescidos.

 

Lá andei eu nas minhas pesquisas e fui vendo vários modelos dos assentos para colocar na banheira. Requisitos: largo no local de colocar as pernas - as rechonchudezas do baby assim o obrigam -, com várias ventosas e de preferência sem custar os olhos da cara. O modelo escolhido foi este da Thermobaby, comprámos no Toys"r"us.

 

56711066_2323557734567821_9206602487371399168_n.jp

 

Sua excelência senta-se todo repimpado, chapina à vontade e nada de inundações. Entretanto, descobrimos que adora o chuveiro e é risota certa mal o ligamos. Adora tomar banho!!!

10 meses

E a grande novidade deste mês éééééééé... gatinhar!!! Acabou-se o (pouco) sossego, baby Pêpê já se desloca a quatro patas pela casa toda...

 

Sabem quando os sentem irrequietos, impacientes e "chatinhos"? Cá em casa costuma ser sinónimo de pico de crescimento ou desenvolvimento. Andou assim uns dias, eu comecei a achar que ia surgir alguma novidade e efetivamente não me enganei. E tudo porque sua excelência adora chinelos e enquanto não os conseguiu apanhar não descansou. Agora já anda em altas explorações e portanto urge andar a vedar tomadas e proteger esquinas. E ele é tão trapalhão que estou em vias de comprar um capacete destes hahahahahaha!

 

54517721_327029624837068_7551387108707926016_n.jpg

 

Temos também novidades ao nível da alimentação, com instruções para introduzir leguminosas e fazer umas paparocas mais giras e apetitosas. A verdade é que na creche tem experimentado já várias coisas e o feedback tem sido positivo. E o rapaz gosta de comer, já deu para perceber. Tenho visitado muito estes dois blogues As papinhas da Xica e Na cadeira da papa  para inspiração. Recomendam mais algum?

9 meses

E lá venho eu atrasada, mais uma vez! Qualquer dia o baby #2 acusa-me de negligência!

 

Perdoem-me o cliché mas o tempo voa! Mesmo! 9 meses? Como assim?! Novidades destes 9 meses... Adaptou-se super bem à creche, fica sempre com um sorriso, atira-se para os braços das meninas e dizem elas que é um amor e que podiam ser todos assim... e eu babada, claro! Recebe-me sempre com um sorriso e desejoso de um colinho. Continua a dormir bem ( exceto quando está doentito...) e a comer tudo o que aparece à frente! Experimentou recentemente tangerina e foi uma festa!

 

Já gatinha de marcha atrás e domina perfeitamente as manobras de mudança de direção no playground que temos improvisado no tapete cá de casa. Na cama de grades tenta pôr-se de pé mas ainda se fica pelos joelhos... Brevemente teremos de baixar o nível do estrado, não vá haver algum acidente.

 

IMG_3386.JPG

 

E a linguagem? Vai palrando e diz "mamã", " papá" e "nana" que é a irmã. Ainda não percebemos se é "mana" ou "Mariana". Também diz tatá (já está) e dá. Tudo muito intencional, percebe-se claramente. Aliás, quando choraminga de noite começa logo a chamar os dois - mamã e papá - a ver quem o acode mais rápido.

 

E nem me quero acreditar que daqui a uns meses já faz 1 ano...

Breves

Ora bem, cá continuamos nós neste nosso retiro forçado.

 

Logo temos pediatra para ver que tal está o bebé. Acho que já fomos mais vezes ao pediatra nestes 9 meses que nos 6 anos da mais velha! No sábado comentava com a médica da CUF se era normal esta montanha russa de virus que o mais novo colecionava. Diz ela que os segundos, terceiros e por aí fora são uns cristos... apanham tudo. Sobretudo porque têm irmãos mais velhos que trazem tudo o que é bichinhos para casa. Eles já são imunes mas mesmo assim são portadores. Efetivamente, não estávamos habituados a isto e só com este bebé descobrimos o vasto mundo das bronquiolites, câmaras expansoras, ventilans e puffs.

 

Desde ontem que noto melhorias no bebé, isto da tosse normalmente piora antes de melhorar e foi o que aconteceu. Mesmo com medicação, domingo e segunda foram dias maus. E a partir daí tem melhorado. Terminou hoje o ventilan e logo vemos o que diz a auscultação... espero ter boas notícias.

 

E eu? Estou farta de estar fechada em casa! Quando o bebé deixa, entretenho-me com as arrumações e organizações cá de casa. Cada vez sinto mais necessidade de destralhar e me livrar de coisas supérfluas. E por falar em destralhar, gostei de saber que a H&M mais uma vez tem esta inciativa a decorrer. Acho que vou aproveitar, tenho aqui alguns sacos de coisas mesmo velhas que já não servem para dar. Para além disso, ando a magicar num desafio tipo "armário cápsula", alguém alinha?

E à segunda-feira...

Estamos por casa.

 

4f4795a345ec0d075f8fe15ce2e16456.png

 

O bebé já andava com tosse há uma semana e depois de sexta termos ficado por casa, a ver se víamos melhoras, sábado rumámos às urgências da CUF porque a tosse e a expetoração eram de tal modo fortes que a respiração já estava a ficar comprometida. Diagnóstico: inícios de nova bronquiolite. Ainda sem pieira felizmente, mas realmente bem me aprecia que notava a respiração diferente. Fez nebulização e foi aspirado - um horror! Nem imaginam a quantidade de ranhoca que saiu... Lá viemos medicados para casa e com recomedação de ficar uns dias em casa. Parece que pressentia quando na sexta escrevi o post sobre a creche... Mesmo assim foram 2 semanas inteiras de creche, é uma vitória!

 

Temos neste momento um bebé muito incomodado com a tosse - bastante produtiva - que nem dormir em condições consegue. Durante a noite vamos colocando soro e aspirando para aliviar um pouco mas é de pouca duração. E está rouco, a chorar parece um gatinho... Amanhã temos consulta dos 9 meses no CS e vamos ver o que a médica de família diz sobre a auscultação.

 

Boa semana!

Regresso ao trabalho

Se tudo correr bem, hoje estou de regresso ao trabalho. Era suposto ter sido na sexta-feira mas como o baby ainda não estava bem, ficámos mais esse dia de molho. E ainda bem, porque essa noite passei-a a vomitar. Virose ou paragem de digestão? Provavelmente, a primeira hipótese. E sábado foi a vez do S. O que é certo é que o meu estômago ainda não está a 100%.

 

Começa agora uma nova fase cá por casa e vai seguramente ser desafiante, principalmente ao nível das rotinas de final de dia. Vamos ter de nos organizar muito bem para as coisas correrem bem e ninguém se sentir sobrecarregado. E sobretudo para  continuar a haver tempo de qualidade para os dois filhotes.

 

welcome-back-from-maternity-leave-now-get-back-to-

 

Uma coisa é certa, nem sequer me lembro da password de acesso ao pc do trabalho!!! Wish me luck :)

8 meses de baby P.

Desleixei-me nestes posts sobre os meses mas vou retomar! Entre tantas maleitas, perdi um pouco o ânimo...

 

Com 8 meses, este baby está um crescido! E estas últimas semanas foram de grande desenvolvimento aqui por estas bandas. Baby P. arrasta o rabo quando quer chegar a algum lado ou a algum brinquedo. Está quase, quase a gatinhar e é vê-lo em grandes posições de ioga enquanto não atina com a mecânica da coisa. Acho que anda num impasse... quer se movimentar mas como detesta estar de barriga para baixo, chateia-se! Parece-me bem mais aventureiro que a irmã e acho que nos vai dar que fazer...

 

IMG_3160.JPG

 

Já tem dois dentes e foi um suplício enquanto não romperam! Noites mal dormidas, imensa baba, um baby muito irritado e aflito por se coçar. E acho que não vamos ficar por aqui e os outros vão sair de rajada! Continua a comer muito bem, adora a sopa, a papa, a fruta e as suas bolachinhas. É impensável pô-lo à mesa enquanto comemos sem lhe darmos qualquer coisa para comer, nem que seja um bocadinho de pão, porque não tira os olhos da nossa comida e começa a mastigar em seco.

 

Adora de paixão a mana e à segunda-feira de manhã até mete dó... anda sempre à procura do pai e mana pela casa fora. Bem, agora com a entrada na creche já temos todos programa fora de casa. Ela estrafega-o todo e adora perguntar como é que ele é tão fofo. Os ciúmes estiveram bem presentes na semana em que a M. ficou em casa doente, foi complicado de gerir a atenção e o colo para os dois...

 

E falar? Lá vai dizendo "olá" e agora quando chora de noite é mamamamamama, papapapapapa, enfim, chama todos a ver quem o acode primeiro!

Breves

Entrei no último mês da licença e mais para o final do mês vamos começar a adaptação ao berçário. Vão ser 8 meses em casa com o baby e sei que me posso considerar uma sortuda por ter podido alargar a licença. Mas mesmo assim, tenho a certeza que nos vai custar, mesmo com a redução do horário para as 5h diárias.

 

Ainda não sei como vou gerir o horário... segundo novas regras, mantenho o horário flexível, o que quer dizer que desde que faça as 5h, sempre com um mínimo de meia hora de almoço, posso entrar e sair às horas que entender. Ainda vou ter de pensar nisto, mas gostava de saber como fazem as mamãs aí de casa!

 

Quero muito aproveitar estes dias, abrandar um pouco e deixar de andar agarrada ao computador e telemóvel. Geralmente, só o faço quando o bebé está a dormir mas mesmo assim quero reduzir as horas online para ter tempo para outras coisas que efetivamente são mais importantes. E sobretudo, ter mais paciência.

 

Motherhood-Quotes.jpg

 

 

Posto isto, não estranhem se andar menos por aqui. Não vou deixar de escrever, até porque tenho compromissos a manter, mas provavelmente não serei tão assídua neste cantinho. Aliás, ultimamente ando mais pelo Instagram, adoro as stories e a partilha à distância de um clique.

 

Mas não fujam, ok?

O segundo filho

Quando somos pais pela primeira vez tudo é novidade e os dias são uma aprendizagem contínua. Lemos imenso sobre o assunto, vamos às aulas de preparação para o parto e tudo fazemos para que esta coisa da parentalidade corra bem.

 

Quando pensamos no segundo, somos já pais mais experientes, com toda uma escola por trás. Seremos até mais descontraídos em relação a algumas coisas mas ainda mais rigorosos em relação a outras. Calculamos que ter dois dê mais trabalho que ter só um. Que teremos o dobro das preocupações e da despesa. Que os primeiros tempos serão difíceis e de adaptação para todos. Imaginamos isto tudo e mesmo assim partimos à aventura.

 

DontForgetToLaugh-Baby-10-Months-Week_1.jpg

 

E o que nos diz o mundo?

 

"Ah, tens uma filha amorosa e bem comportada? Prepara-te que o segundo vai ser um terror."

 

" O primeiro dorme bem? Vão ver que o segundo não vos deixa dormir..."

 

" Agora com dois, esqueçam as saídas e a vida social."

 

E a melhor de todas... dirigida à mais velha " Quiseste um mano? Mas ele vai-te partir os brinquedos todos".

 

Coisas simpáticas, hein? Não vejo qual o prazer que as pessoas têm em dizer estas coisas. É um facto que os filhos não são todos iguais, cada um terá a sua personalidade mas podem-se explicar onde está escrito que têm de ser o oposto um do outro? É alguma regra matemática? Se um é bem educado, o outro será um delinquente?

 

Também não notamos aquela ciumeira exacerbada da mana mais velha de que toda a gente fala. Notamos sim que está mais teimosa e a precisar de mais atenção mas em relação ao irmão não poderia ser mais querida e dedicada, como já vos falei aqui.

 

É a dita sabedoria alheia, certo? A mesma que quando estamos grávidas faz com que as pessoas tenham prazer em contar histórias de terror sobre o parto. O que vale é que tem boa solução: fazer orelhas moucas!

 

Bébé a bordo #17: amamentação

Poucos temas da maternidade são tão controversos como a amamentação. Toda a gente, TODA, mesmo aquelas pessoas que nem são mães, adora opinar sobre o assunto. Deve ser o tema mais falado e também aquele sobre o qual as pessoas emitem mais juízos de valor, muitas vezes sem conhecimento de causa e pura ugnorância. Mas como diz o ditado "vozes de burro não chegam ao céu" e é ouvir e andar. Nem sempre é fácil ignorar mas a maior parte das vezes dá mais trabalho tentar explicar do que respirar fundo e fazer ouvidos de mercador.

 

75de771f-d8ac-453b-ba55-c8d6b0f86c64.jpg

 

A minha experiência tem sido no geral positiva. As aulas de preparação para o parto que frequentei quando estava grávida da M. foram muito importantes para ficar a par dos benefícios e dificuldades da amamentação. E sobretudo desmistificaram coisas como "leite fraco", " o bébé está a chorar, não deves ter leite suficiente", "acorda de noite para mamar? então é porque o leite não o satisfaz" ou a melhor "sempre na mama? isso já é manha"...

 

Sim, a mama não é só alimento, é conforto, mimo e aconchego. Por isso é natural que o bébé procure mamar quando está desconfortável e não apenas quando tem fome. Daí o conceito " amamentação em demanda livre" que promove a amamentação sem horários, no fundo, sempre que o bébé demonstre sinais de querer mamar. Por exemplo, sempre que temos visitas Dom P. parece que não larga a mama, provavelmente porque se sente desconfortável, custa-lhe a dormir com tanta excitação e recorre à maminha para se acalmar.

 

Não é um caminho fácil. Da M. mesmo estando bem preparada não me livrei de uma mastite, curada com antibiótico amigo da amamentação - não acreditem quando vos dizem que para tomarem antibiótico não podem dar de mamar, há vários que não são prejudiciais para o bébé - e mesmo agora volta e meia dou por mim a meio da noite a tomar chuveiro de água quente para desfazer engurgitamentos e nódulos de leite. Custa, dói mas tudo passa e sinceramente são mais os benefícios que os inconvenientes.

 

Claro que é uma prisão para a mãe. Custa-me não poder decidir em cima da hora ir dar um passeio ou tomar um café com as amigas sem levar o baby atrelado. Ou dar uma saltada à praia com a mais velha por mais de 2h que é geralmente a frequência com que o P. mama de dia. Quando consigo combinar com antecedência ou sei que em determinado dia vou ter de sair, tiro leite com a bomba nos dias anteriores. Mas é uma seca e dispensava bem. E só pela trabalheira de lava biberão, esteriliza biberão e por aí fora, não consigo perceber quem acha mais prático dar biberão que mama. A única vantagem é mesmo poder ser o pai ou outra pessoa a dar.

 

Alguns conselhos:

 

- Dar de mamar sempre que reconhecer os sinais de fome do bébé:  abre a boca; faz movimentos com a língua; franze o sobrolho; vira a cabeça à procura da mama da mãe; leva a mão à boca e suga-a;

 

- Esvaziar a mama antes de oferecer a outra e caso mame das duas, na próxima mamada começar pela última mama oferecida. A composição do leite varia durante a mamada e o leite rico em gordura fica para o fim, pelo que é importante que o bébé consiga assimilar esse leite;

 

- Para aliviar mamas demasiado cheias colocar panos quentes ou recorrer ao chuveiro e tentar esvaziar um pouco manualmente. Após o bébé mamar pode-se colocar um pouco de frio para acalmar;

 

- Durante a noite os níveis de prolactina atingem o seu pico, pelo que é fundamental dar de mamar neste período.

 

- Nos primeiros tempos não usar a bomba porque fará aumentar a produção e poderá potenciar engurgitamentos e outros problemas.

 

- O biberão também só deve ser oferecido quando a amamentação estiver bem estabelecida, normalmente a partir do primeiro mês. Mesmo assim, há outras alternativas, como por exemplo a técnica do copinho;

 

A M. mamou até aos 15 meses, foi fazendo um desmame gradual, vamos a ver até onde chegamos com o baby mais pequenino. Gostava que me contassem as vossas experiências, positivas ou não!

Meet the Blogger

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Contato de e-mail

daybiday@sapo.pt

@life_inc_blog
Follow on Bloglovin

Parcerias

Compre aqui

SweetCare - Saúde, Beleza e Cosmética

Calendário

Abril 2019

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930