Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

life Inc.

Beauty & Lifestyle

Breves

Por aqui estamos de férias e que bem que nos estão a saber! Estávamos mesmo a precisar deste tempo longe de casa e das rotinas habituais, principalmente depois do que foi o nosso mês de julho... Voces já sabem que  eu sou por natureza otimista mas caramba, nem eu conseguia já animar-me minimamente. E sim, depois de lerem podem pensar que há coisas piores ( e há!) mas custou-nos muito, ao ponto de eu temer pela sanidade mental de todos lá em casa.

 

Então, resumidamente assim foi o nosso mês de julho...

 

No início do mês eu e o S. tomámos a primeira dose da vacina,  para mim foi uma lufada de ar fresco e com cheirinho a promessa de retomarmos em breve a alguma normalidade. Não sei quanto a vocês mas senti-me grata por poder tomar a vacina. E continuo a sentir-me, mesmo depois dos efeitos que senti. Cerca de uma semana depois da toma da primeira dose comecei a sentir algumas dores abdominais que eram constantes, uma espécie de moinha por toda a zona abdominal, sem nenhum foco em especial. Passou-se um dia, dois dias, três dias e comecei a sentir umas pontadas na zona inferior. Resolvi ir à urgência da CUF porque não via melhoras com o passar dos dias. Análises feitas e aparentemente tudo ok, vim de lá com recomendação de fazer 4 dias de "dieta" à base de cozidos, provavelmente teria sido alguma coisa menos fresca que teria comido. Passados esses dias e sem melhoras, regresso à urgência e informo o médico que entretanto associei o início da dor com o início da ovulação. Lá fiz uma eco e as minhas ricas entranhas estavam todas de boa saúde, apenas algum líquido no útero, consistente com a fase do ciclo. Entretanto, consultei a minha GO e fiz mais exames e aparentemente está tudo bem, o que posso ter experenciado foi eventualmente uma ovulação dolorosa. O que é certo é que tomei a segunda dose e voltei a sentir alterações no ciclo, embora menores. E pelo que tenho lido - fontes oficiais, atenção! - houve bastantes relatos de mulheres em relação a alterações no ciclo. 

 

A juntar a isto, tivemos não um mas dois isolamentos lá por casa. Começou no Pedro e acabou na Mariana, foi um fartote. Tinhamos uma semana de férias em julho que tivemos de adiar e felizmente que não íamos para fora senão ia ser pior.  Por uma questão de precaução a Mariana também ficou em casa e foi o mais acertado porque viemos a saber com uma semana de atraso que a  Mariana também teria estado em contacto com um coleguinha positivo. Voltámos ao estado de espírito do confinamente do ano passado e do início deste ano com dois adultos em teletrabalho e duas crianças em casa. Pelo meio, testes covid e um retrato muito mau do acompanhamento prestado pelos delegados de saúde. Num isolamento é assim, nou outro é assado, não chegaram as prescrições dos testes da tempo, enfim, uma completa desorganização. E sim, acredito que estivessem/ estejam assoberbados mas assim não vamos lá.

 

Mas o que mais nos afetou foi uma notícia trágica que recebemos nos últimos dias de julho. Não me vou alongar mas atingiu-nos profundamente... O tipo de notícia que me assola por vezes em sonhos maus e nos faz sentir que realmente a vida muda em segundos.

 

Portanto, a semana de férias transformou-se em mini fim de semana prolongado, demos uma escapadinha à aldeia que nos soube a "pato" e nos deu alguma alento até estas férias ditas " grandes".   Pelo meio o regresso ao trabalho presencial por uma semana que tão bem me soube!

 

IMG_20210819_112102.jpg

 

E assim aqui estamos, novamente pelo Douro e ao sabor destes dias de muito calor. Sabem a sensação que tenho? Que depois destes tempos em que passámos tanto tempo juntos por obrigatoriedade, estávamos a precisar de espaço para voltarmos a apreciar a companhia uns dos outros, em modo mais descontraído. Não vou mentir e dizer que foram tempos fáceis e cor de rosa... Aliás, acho que o maior impacto de pandemia se vai fazer sentir ao nível da saúde mental.

 

Agora é aproveitar os últimos dias nesta calmaria!

 

xoxo

Marta

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Breves

Antes de mais, queria agradecer a todos os que deixaram os votos de melhor do Pedrocas! Felizmente, melhorou rapidamente e já regressou à escola, depois de ter sido avaliado pelo pediatra.

 

Como vos tinha dito no post anterior, o que me estava a fazer confusão era a obrigatoriedade de isolamento quando o teste tinha dado negativo. Aguardei até sexta para entrar em contacto com o Centro de Saúde, já que não tinha havido nenhum contacto da parte do delegado de saúde. Como sempre, louvo o atendimento da minha USF, responderam ao meu e-mail com um telefonema, esclarecendo que como o Pedro tinha apenas feito teste pelos sintomas e não por existir contacto com caso positivo, o teste negativo servia de "alta", podendo retomar a vida normal quando estivesse melhor, neste caso, após ter sido avaliado pelo pediatra na terça. Claro que no meu modo de mãe bipolar, fiquei contente por ele regressar à escola mas ao mesmo tempo cheia de saudades! Até porque terminada a medicação, ele andava bem mais bem disposto e estes dias foram uma delícia com ele cá em casa.

 

Segunda-feira a Mariana fez 9 anos, está uma crescida e em modo pré-teen, o que nos deixa absolutamente loucos. Isto passa ou a tendência é piorar? Lá passámos mais um aniversário a quatro, em modo pestiscada que foi o pedido pela aniversariante - moelas estufadas, tapas, pizza e bolo de bolacha! Este ano já nem houve pedidos de brinquedos e as prendas foram roupa, livros e um equipamento de futebol completo.

 

Mudando de assunto, aguardo ansiosamente a minha vez para ser vacinada, o S. vai já esta quarta-feira, é o que dá ser mais idoso do que eu, hahahahaha!!! Quem desse lado já levou a pica? Espero que nos próximos meses consigamos alguma normalidade dentro desta pandemia / pandemónio, em que uns dias parece que não há virus e tudo se pode e noutros é um ai Jesus de proibições. Acho que já ninguém aguenta isto, estamos todos desgastados.

 

photo-1586991359975-54500b7d8a86.jpg

 

Para a semana regressamos ao trabalho presencial em regime de rotação - uma semana presencial, outra semana em teletrabalho -, confesso que já estou com saudades de ter de sair de casa todos os dias para ir trabalhar. O meu roupeiro está ali a implorar para ser explorado e sair à rua, passados estes meses todos. Por outro lado, trabalho tão melhor em casa que espero sinceramente que terminado isto, possam dar oportunidade a quem queira de fazer um regime misto.

 

Boa semana a todos!

 

xoxo

Marta

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Breves

Não sei se foi das poeiras da semana passada mas passei estes dias aflita do nariz, sempre a espirrar e com um peso na cabeça que me deixou com um humor de cão. Tenho andado mais pelo Instagram por estes dias e partilhado lá o nosso dia-a-dia.

 

Espero que a vossa Páscoa tenha corrido bem! Confesso que eu não estava minimamente dentro do espírito pascal... O ano passado já tínhamos feito coelhos, pintado ovos e outras atividades. Este ano, não me apeteceu. Valha o ATL e a creche que  foram fazendo as atividades próprias da época.

 

 

Aproveitando o tema da Páscoa, queria deixar-vos aqui uma sugestão de mais uma marca portuguesa - a Barbara Goyri Jewellery. Já a sigo há vários anos e já fiz várias compras. Quando vi que tinha um kit pensado para a Páscoa, não resisti! O kit incluía um Colar em Prata 925, um Cartão ilustrado com frase de esperança, um Mini bouquet de flores secas e um Ovinho decorativo. A juntar o útil ao agradável, 5€ revertiam a favor da @hopeporto. Fiz a encomenda, a Bárbara veio entregar e a minha irmã - que é minha afilhada - adorou a surpresa! E deixo a dica que a Bárbara já me confirmou que vai haver um kit para o Dia da Mãe! Estejam atentos!

 

Entretanto, este mês aderi ao Book Gang e mal posso esperar pela entrega! O Book Gang é um clube do livro digital, criado pela Helena Magalhães, com sugestões mensais de leituras e onde podem aderir à box de subscrição mensal. Para quem gosta de ler ( EU!!!) acho uma ótima ideia, já conheciam?

 

E por falar em box e subscrições, aderi à Beauty Box da Lookfantastic. Quem quiser um código de desconto, é só mandar um e-mail para daybiday@sapo.pt que eu envio. Como adoro conhecer produtos novos, pareceu-me uma ideia engraçada aderir à Beauty Box, que contrariamente a muitas que andam por aí, não tem um preço exageradíssimo. Para além disso, fiz umas comprinhas no site que tem imensos produtos e ainda por cima bastantes promoções.

 

Gostava ainda de agradecer em quem me ajudou no Instagram a escolher a minha compra na Escapeshoes - se as Melissa, se as Converse. Já fiz a encomenda, depois mostro! Tive mesmo muita dificuldade em escolher porque a nova coleção da Converse está top!

 

Boa semana a todos!

 

xoxo

Marta

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Breves

Ando tão cansada deste mundo que nem me tem apetecido escrever. Nem partilhar seja o que for. Mas vamos lá a arrebitar, que tristezas não pagam dívidas.

 

Nós regressámos ao teletrabalho, a Mariana está na escola e o Pedro na creche. Apesar de sentir falta do convívio com as amigas no trabalho, mesmo que nos moldes distanciados dos últimos meses, funciono melhor em teletrabalho e para mim foi mal que veio por bem. Há menos distrações e ganho tempo com os miúdos, já que não perco tempo em deslocações. Ou seja, não ando feita maluca a correr entre casa, escolas, trabalho e trabalho, escolas e casa. O único senão é mesmo o isolamento, mas isso nesta fase tem mesmo de ser. Lá vamos falando pelo chat ou por videochamada e assim se passam os dias.

 

Cá por casa continuamos a conviver apenas os 4. Não há avós nem tios, muito menos amigos. Fico estupefacta com as pessoas que continuam a levar vida normal e de peito inchado contam como contornam as regras e o dever de confinamento. Ainda esta semana uma senhora resolveu perguntar ao FB onde podia no fim de semana ir brunchar com os amigos, ao menos deu para rir, não foi Magda?

 

Já que estamos em casa tenho tentado arranjar atividades engraçadas para fazer com os miúdos. Tenho ali uma Growing Box da FLO para plantarmos no fim de semana e espero ansiosamente pela Okapibox de Dezembro. Tudo projetos portugueses e cheios de pinta!

 

Espero este fim de semana fazer a árvore de natal e tratar das decorações. Já comprei umas coisas engraçadas na Tiger mas ando a babar-me com o que tenho visto nas stories da Muy Mucho, uma das minhas lojas preferidas. E claro, vou começar a tratar do meu Pai Natal Secreto! Estou em pulgas!

 

Estão todos bem desse lado? Como têm sido os vossos dias?

 

xoxo

Marta

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Breves

Então, como passaram os feriados? Era suposto termos ido "desconfinar" para a aldeia mas perante a previsão meteorológica resolvemos adiar.

 

No domingo a minha mais velha faz 8 anos e cá temos mais uma (mini) festa para preparar! Os desejos já estão apontados - bolo de bolacha, mousse de chocolate e gelatina - e a decoração escolhida. Será (mais) uma festa a quatro. As prendas também estão compradas - online! - e prontas a embrulhar à socapa. Adivinham o tema da festa?51c5ePwQS3L._SL1000_.jpgContinuam os dois a crescer à velocidade da luz, estou ansiosa pelos saldos para abastecer os roupeiros e pensar também já na próxima estação. Para mim, não preciso propriamente de nada, sobretudo nesta fase em que há toda uma incógnita em relação aos próximos meses.

 

Ontem numa das contas do Instagram que sigo, contava a autora que já tinha feito convívios em família, ia trabalhar e só tomava café com as colegas e tinha ido uma vez ao shopping mas achava que não podia estar com os amigos porque isso não era respeitar as indicações da DGS. Pensemos no seguinte, cada vez que estamos com alguém, estamos com todas as pessoas que estiveram com essa pessoa. Se vão tomar café com 5 pessoas, estão a tomar café com todas as pessoas com quem essas estiveram. Depois voltam para casa, marcam um jantar de família e a vossa família também janta com as vossas 5 colegas e contactos. Vão ao shopping em lazer e trazem essas pessoas para casa. Entenderam? Vamos a ver, cada um é livre de fazer o que bem entender, até porque nesta fase não há grandes proibições, é um bocado apelar ao bom senso de cada um. MAS, há pessoas que devem ter entendido o fim do estado de emergência como um retorno à normalidade. Nesta última semana, o meu feed de instagram mostrava jantaradas, passeatas, compras, idas a restaurantes, gelatarias e sei lá mais o quê. E não, não acho normal. Porque se cada um de nós resolver regressar à normalidade, nunca mais vamos conseguir colocar a curva em sentido descendente. Vamos a ver se nos entendemos, podemos desconfinar - aos poucos - mas continuamos a ter o dever de cumprir o distanciamento social e de sairmos para o essencial.

 

Já saímos os quatro para dar uma voltinha ao quarteirão, já fui ao dentista, tenho uma consulta marcada para a semana, vamos às compras mas não andamos na nossa vida normal. Também me apetecia ir ao restaurante, acreditem. E de certeza que quando melhorar o tempo vou dar um salto ao Parque da Cidade para os miudos correrem. Mas os quatro e com cuidados.

 

Estou a ser extremista?

 

xoxo

Marta

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Em casa #1

Como vos disse a semana passada, estamos já há alguns dias em casa. Sexta o pai também ficou e soubemos ao final do dia que o serviço da câmara onde trabalhamos ia fechar e teríamos a possibilidade de trabalhar em casa em regime de teletrabalho. Tenho de louvar a atitude do Presidente Rui Moreira porque efetivamente se antecipou e tomou a decisão consciente de proteger os funcionários. Aliás, as medidas que o Porto tem tomado têm surtido resultado e as ruas têm estado vazias. Tomara o resto do país fazer o mesmo mas pelos vistos por Lisboa ainda acham que estamos na brincadeira.

 

Se olhar para a semana passada fico com aquela sensação que naqueles 7 dias couberam imensos acontecimentos e se no início da semana tudo parecia longínquo e hipotético, pelo meio da semana fiquei com a certeza que o meu lugar e o dos pequenos era mesmo em casa. Fui chamada de exagerada mas dois dias depois já toda a gente queria era ir para casa. Sou uma pessoa curiosa por natureza, gosto de pesquisar e estar a par do que se passa e fui-me apercebendo que os casos conhecidos no início da semana seriam apenas a ponta do iceberg de muitos outros que andariam aí camuflados e sem estarem ainda descobertos. Preferia estar enganada mas infelizmente não.

 

89084405_1620259221456824_1122607157280243712_n.jp

 

Fiquei zangada com as pessoas que sabendo como estava a situação em itália se foram lá enfiar na mesma. Que levaram a sua vida social normal sem olhar à saúde dos outros. Que publicaram videos nas redes sociais a dizer que estavam internados mas "tá-se bem!", numa atitude completamente despreocupada face à gravidade da situação. Mas pensando bem, a nossa própria Ministra da Saúde e governantes em geral desvalorizaram até há bem pouco tempo a situação, apontando o virus como sendo mais uma gripe e o resultado está à vista de todos. E realmente, às tantas estes primerios casos serão os sortudos que tiveram os meios humanos todos disponíveis e sem faltarem equipamentos essenciais como ventiladores.

 

Não sejamos imprudentes, temos a nossa saúde em risco e está nas nossas mãos fazer o possível por quebrar a cadeia de transmissão. Mas, ou nos consciencializamos todos e remamos para o mesmo lado, ou então terá sido em vão. Os nossos profissionais de saúde são excecionais e mais do que nunca dependemos deles para a coisa correr bem, mas também temos em nós o poder de ajudar. Infelizmente, nem todos podemos ficar em casa. Há quem não possa porque o trabalho que desempenha não permite, há quem tenha de ir trabalhar porque o patrão assim o exige. Quem pode ficar em casa, por favor não desperdice essa benesse. Não mandei os miúdos para os avós... as pessoas de idade são um grupo de risco e as crianças podem ser transmissoras sem sintomas. Fontes não oficias indicam que o contágio no norte de itália passou muito por aí. Se sim, se não, só mais tarde se saberá.

 

Vamos acreditar que em breve vamos poder fazer tudo aquilo que não poderemos nos próximos dias.

 

xoxo

Marta

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Breves

Espero que tenham todos tido um bom Natal. O nosso cumpriu a tradição do último ano - bebé doente. E como devem calcular o espírito não foi o melhor.

 

Dezembro foi mês de maleitas cá em casa, primeiro gripe da mais velha, depois gripe do bebé com direito a otite bilateral e finalmente quando estava a recuperar, uma infeção respiratória. Zanguei-me e "desabafei" na creche sobre os pais que lá vão pôr os filhos doentes depois de lhes enfiarem um benuron. Eu percebo que seja complicado faltar ao trabalho, nós também não gostamos, não contamos com os avós quando eles ficam doentes, compreendo que há patrões difíceis, também já os tive. Mas ter de faltar recorrentemente porque há pais que enviam os meninos doentes para a escola, chateia-me e muito! Principalmente, porque o Pêpê só regressa quando está efetivamente bom. Ver a educadora a ligar pelas 16h da tarde para os mesmos pais do dia anterior, é só fazer as contas - deram-lhes benuron às 8h e passado o efeito, febre. Portanto, é um assunto a tratar com a escola que tem de começar a ter em atenção estas questões.

 

No meio da catrefada toda de medicação - puffs em aerochamber, corticóide e antibiótico - com horas díspares entre os medicamente, até uma tabela tive de criar! E como devem imaginar, tivemos um bebé aborrecido e sem apetite nos primeiros dias. Depois lá começou a arrebitar e já tem andado mais bem disposto. Agora é marcar consulta no pediatra e ver se continua a recuperar.

 

E agora é aproveitar as milhentas prendas das crianças! Qualquer dia preciso de uma casa maior só para poder ter um quarto para os brinquedos!

 

xoxo

Marta

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Breves

Nos últimos 15 dias andamos em hibernação cá em casa. Primeiro a gripe da mais velha, depois a gripe do bebé, seguida de otite. Entre mim e o pai, foram 15 dias em casa! Metade da turma da mais velha esteve de molho também, na sala do mais pequeno também estão vários a faltar, só espero que o virus seja o mesmo para não haver mais festa!!!

 

Quando ela melhorou, conseguimos ir fazer o nosso programa de meninas e ver o Frozen II. Gostámos tanto, tanto! O primeiro é espetacular e neste toda a história se compõe. Não vou adiantar mais para não estragar a surpresa a quem for ver mas digamos que a teoria maluca que dizia que os pais da Ana e da Elsa teriam naufragado em África e seriam os pais do Tarzan perde o sentido. Conheciam esta teoria?

 

Próxima ida ao cinema: Star Wars e o último filme da saga! Estou ansiosa e pela primeira vez vamos levar a mais velha a ver também. Já viu os anteriores em casa e adora a saga. E sendo este o último filme, acho que vamos todos sentir a falta destas aventuras.

 

As prendas de Natal estão todas compradas e foi tudo online. Ir ao shopping por estes dias é o mesmo que enfrentar uma manada de elefantes furiosos. As pessoas andam doidas, atropelam-se todas e o caos parece-me ainda maior que em anos anteriores. Por isso, viva as compras online!!! Acho que fiz boas compras e os presenteados vão gostar!

 

Por aí, já trataram de tudo? Não deixem para a última da hora!

 

xoxo

Marta

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Breves

Tenho andado fugida porque andamos a recuperar de um virus qualquer, que se manifestou em bronquiolite aguda no mais novo, constipação nos pais e perturbações intestinais na mais nova. Estamos desde quinta em casa e tem sido uma estafa... este bebé quer correr a casa toda e ninguém o pára desde que começou a andar. Adora ir para a lavandaria e casas de banho. Felizmente, ainda não  aprendeu a abrir as torneiras!  Tenho aproveitado a hora da sesta para colocar as séries em dia - ando a ver o Chicago Med, mais alguém vê?

 

sick1.jpg

 

Não contente com todas estas viroses, ontem achei por bem não desmarcar o dentista e lá fui eu arrancar 2 dentes - um siso e um molar. Estou aqui super bem disposta ( not), com a cara inchada, cheia de pontos, sem comer sólidos e a única coisa que me consola é saber que tenho gelado de menta no congelador.

 

O meu aniversário foi passado em casa, fui muito mimada e não podia pedir mais!  Claro que preferia ter ido laurear a pevide mas não me posso queixar! E aproveito para agradecer todos os parabéns via FB e Instagram, adorei as vossas mensagens!

 

E agora, passado o aniversário é tempo de começar a pensar no Natal. E por falar nisso, já se inscreveram no Pai Natal Secreto de 2019?

 

xoxo

Marta

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Tiveram saudades?

Depois deste interregno, aqui estou eu de volta! Tive mesmo de fazer uma pausa e de esquecer um bocado este cantinho... Não estava com cabeça. Mesmo pelo Instagram - que é de longe a minha rede social preferida - as partilhas têm sido muito poucas e nem o desafio da Maria completei, com muita pena minha.

 

As férias começaram, passaram e já ia novamente de férias. O cansaço cá continua mas vou ter mesmo de aprender a controlar o stress e a ansiedade porque a saúde começa a ressentir-se e com isso não se brinca. Acho que as mães pensam que têm de ser sempre super mulheres e chegar a todo o lado mas temos ( quando há essa hipótese!) de aprender a delegar. E sobretudo, temos de nos concentrar no que nos faz bem e afastar-nos do que nos faz mal.

 

O fim de semana passado foi pelo Douro e deu finalmente para descansar e limpar a cabeça, mesmo com todo o trabalho que as crianças dão à mistura. Agora é tentar ir aproveitando o bom tempo que ainda cá anda para ir fazendo umas escapadinhas e ganhando fôlego para as semanas de trabalho e para o dia-a-dia.

 

As aulas da mais velha começam para a semana, vamos a ver como corre este segundo ano. Para já, o regresso ao ATL e creche correu muito bem. Estava com receio que o bebé estranhasse mas mal viu a sua querida Sandra atirou-se logo para os braços dela. É tão bom! Deixa-nos o coração descansado saber que ele está bem entregue e que gosta das pessoas que cuidam dele.

 

Agora é ganhar fôlego e ir regressando à escrita aos poucos...

 

 

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Meet the Blogger

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Contato de e-mail

daybiday@sapo.pt

@life_inc_blog
Follow on Bloglovin

Parcerias

Compre aqui

SweetCare - Saúde, Beleza e Cosmética

Posts mais comentados

Calendário

Outubro 2021

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31