Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

life Inc.

Beauty & Lifestyle

Bolachinhas de laranja

Hoje trago-vos a receita perfeita para os dias de outono - umas bolachinhas de laranja que deixam um cheirinho delicioso pela casa fora. Andava à procura de uma receita fácil, rápida e sem complicações, mas acabei por inventar e saíram estas bolachinhas.

 

IMG_20210921_135042.jpg

Ingredientes:

100g de açucar mascavado

70g de manteiga com sal amolecida

raspa de 1 laranja

2 c.sopa de sumo de laranja

1 ovo

175g de farinha

1 c. chá de fermento para bolos

 

Preparação:

Bater a manteiga com o açucar até ficar uma mistura esbranquiçada. Acrescentar a raspa e o sumo e bater para misturar. Juntar o ovo e voltar a misturar. Finalmente, acrescentar a farinha e o fermento.

Levar ao frigorífico 15 minutos, retirar e num tabuleiro forrado a papel vegetal moldar pequenas bolinhas. No fim, com uma colher de sopa polvilhada com farinha, achatar as bolinhas até ficarem com uma espessura de cerca de 5mm.

Vão ao forno pré-aquecido a 180º por 15 minutos ou até ficarem douradas. Retirar e deixar arrefecer numa rede.

 

IMG_20210920_175324.jpg

 

Depois é só saborear! Se experimentarem a receita, não se esqueçam de mostrar as vossas bolachinhas!

 

xoxo

Marta

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Relato de um confinamento 2.0 #3

Este fim de semana rimou com descanso e comida boa! Espero que desse lado estejam todos bem e com saúde.

 

Sábado demos um pequeno passeio aqui pelo quarteirão e mais uma vez fiquei chocada com a quantidade de carros na rua e pessoas que continuam a circular com a máscara mal posta e até sem máscara. Não se entende a esta altura do campeonato que continuemos a permitir este desleixo. Não percebo como podem estas pessoas continuar indiferentes ao que se passa neste momento. Como podem continuar a fazer-se festas e jantares e perante as denúncias a polícia responda " não podemos fazer nada". Oi?! Enfim, deu para os miúdos e graúdos esticarem as pernas e respirarem ar puro. Tem estado sempre a chover e por isso os passeios têm sido escassos.

 

144744354_407350040335508_8170881529517531988_n.jp

 

Segui a dica da Isabel e encomendei no Minipreço Online. Super rápido, encomendei sexta e sábado de manhã trouxeram, tendo avisado antes que estavam a caminho e quando chegaram. Gostei! Para as compras dos frescos, legumes e fruta, continuo a recomendar o Ponto Bio. Encomendo todas as semanas e sábado de manhã vêm cá trazer a casa. Sei que agora também entregam em Lisboa!

 

144469267_3872926769417379_1854338615796913911_o.j

 

E pela primeira vez resolvi fazer pastéis de nata. Ficaram bons mas para a próxima vou usar a massa folhada de manteiga do Lidl que me parece ser mais apropriada para esta delícia. Querem a receita? Está no destaque FOOD do Instagram. Tive a ajuda da Miss M e mais que pelos pasteis, soube bem a companhia.

 

Sábado perguntei pelo Instagram se recomendavam quem entregasse Brunch em casa, falaram de vários que entregavam via Uber Eats. Mas caramba, os preços são um disparate! Não só se paga a taxa de entrega, como os preços estão inflacionados e muito na plataforma. 4€ por um sumo de laranja? Recuso-me! Portanto, mãos à obra e brunch caseiro no Domingo. Os miúdos têm acordado tarde ( aleluia!) e assim fizemos um pequeno-almoço bastante completo pelas 11h, que deixou todos bem satisfeitos - Panquecas, pão, tostas, queijos, fiambre, ovos, fruta, pastéis de nata, sumo e capuccinos.

 

145618893_468117804199798_1090825709782505414_n.jp145447160_2927898664202286_997485435640277549_n.jp

 

O resto do dia foi passado na ronha, que também sabe bem. E esta semana vou começar a organizar o necessário para as aulas online, que começam já para a semana. 

 

Boa semana a todos e um bom mês de fevereiro!

 

xoxo

Marta

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Como enfrentar o novo confinamento

Ainda não sabemos os moldes mas é inevitável voltarmos a confinar. Por isso, resolvi deixar aqui umas receitas para irem fazendo no aconchego do lar e tornarem os vossos dias mais confortáveis.

 

1 - Pão

 A receita mais repetida cá em casa. Tomei o gosto de fazer o pão e não tem faltado cá em casa ao fim de semana!

 

95610474_254233728983459_1043074129713954816_n.jpg

 

Tenho feito duas variedades - trigo e trigo/aveia - mas podem fazer com quaisquer farinhas que gostem, pôr sementes, pepitas, etc. A receita que tenho seguido tem sido um mix da receita da Filipa Gomes com o pão da titá da Joana Roque. Para além dos ingredientes, precisam de um tacho/panela/forma de ir ao forno com tampa. Ora, eu tive de improvisar e tenho usado uma forma de bolos sem buraco e tapado com uma tarteira. Resulta e o efeito é maravilhoso. Em relação ao levedar, eu deixo a noite toda e resulta num pão fofo com uma sabor fantástico. Preparo a massa à noite, deixo dentro do forno e só cozo de manhã. Mas em ambas as receitas podem deixar levedar menos tempo, eu é que prefiro assim porque adoro comer pão quentinho logo de manhã. Esta receita é ótima porque não precisam de amassar o pão e o facto de cozer na forma faz com que a humidade faça crescer o pão e a crosta fique super crocante. Deixo-vos os passos que tenho seguido!

 

Ingredientes:

500g farinha à vossa escolha ou mistura de farinhas ( quando faço de aveia uso 150g aveia e 350g de farinha T55)

5.5 g de fermento de padeiro em pó

420ml de água morna

1 c.c. de sal fino

Preparação:

Numa taça grande colocar a farinha e fazer um buraquinho no centro. Eu gosto de diluir o fermento na água primeiro. Juntar o sal à farinha e depois colocar a água com o fermento. Misturar com a colher de pau, é normalficar uma mistura húmida. Tapar a taça - eu uso película aderente - e deixar levedar por pelo menos 1h ( eu deixo 12h).

Para cozer, colocar a forma no forno e ligar a 230º. Enquanto a forma aquece, polvilhar a bancada com farinha, colocar a massa e dar umas voltas até ficar uma bola - não é para amassar!!! Fazer um corte em cruz, polvilhar com farinha. Entretanto, retirar a forma do forno, colocar uma folha de papel vegetal ( caso não tenham, polvilhem a forma com farinha no fundo) e pôr a massa no interior. Tapar a forma ou tacho e levar ao forno por 30 minutos. Destapar e deixar mais 5/10 minutos até tostar. E sai um pãozinho todo catita, com miolo fofinho e côdea bem estaladiça. Aconselho a comer quentinho com manteiga!

 

2 - Panquecas Americanas

 

76607569_2749748271735240_2788229203047219200_o.jp

Ingredientes:

1 ovo

1 chávena de farinha de trigo ( às vezes faço com aveia)

1 c.c de fermento para bolos

leite

1 pitada de sal

Preparação:

Não coloquei a quantidade do leite porque costumo fazer a olho. O ideal é irem acrescentando até terem uma massa não muito líquida e com alguma consistência. Passar com a varinha mágica para eliminarem os grumos e depois é só irem deitando colheradas na frigideira bem quente, mantendo-a depois em lume médio. Estas quantidades costumam render umas 8 panquecas mas depende do tamanho que quiserem!

 

3 - Waffles

 

90504574_513455012678603_2045073515786272768_n.jpg

Ingredientes:

1 ovo

100 ml leite

130g de farinha de trigo ( às vezes faço com aveia)

1/2 c.c de fermento para bolos

1 pitada de sal

1 c.s. de manteiga derretida

Preparação:

Misturar tudo com a varinha mágica e colocar colheradas de massa na máquina das waffles ou nas formas.  Eu uso a máquina de Waffles do Lidl e adoro-a! Os Waffles ficam bem crocantes por fora e deliciosos!

 

4 - Muffins de Cacau e Aveia

 

Ingredientes:

2 ovos

1 chávena de açucar mascavado

1 chávena de aveia triturada

2 c.sopa farinha

1/2 chávena de cacau

1/2 chávena de leite magro

1c.sopa de óleo

1 c.chá fermento

Preparação:

Bater os ovos com o açucar até obter uma mistura fofa. Adicionar a aveia - triturada até estar em pó - a farinha, o cacau e o fermento. Juntar o leite e o óleo. Deitar em forminhas individuais e colocar no forno 20 minutos a 180º.

 

5 - Quiche Lorraine

 

Adoro esta receita e esta quiche é de li ci o sa!!!

19209200_u7fl9.jpg

 Ingredientes:

1 base de massa quebrada

1 pacote de natas

2 ovos

6 tiras de bacon

queijo ralado (usei flamengo)

noz moscada

sal

pimenta

Preparação:

Colocar as tiras de bacon no forno até ficarem estaladiças ( o ideal é fazerem numa grelha e deixarem a gordura pingar para um tabuleiro, assimo bacon fica estaladiço e a gordura é bem menor!). Cortar as tiras em pedaços e reservar. Numa taça bater nas natas e os ovos, temperar e juntar o bacon partido. Forrar a tarteira com a massa, colocar queijo no fundo, deitar a mistura de natas, ovo e bacon e finalizar com mais queijo. Vai ao forno a 180º até ficar dourada (+/- 20 minutos). Podem servir com uma salada!

 

Espero que tenham gostado e força desse lado. Não está fácil mas vamos conseguir!!!

 

xoxo

Marta

 

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

O Natal já foi, siga para 2021!

Que tal o vosso Natal?

 

O nosso foi, pela primeira vez, passado a quatro! O que implicou uma enorme logística de planificação da ementa mas todos deram o contributo para que não faltasse o que cada um mais gosta. Da lista do que íamos fazer ficaram a faltar as rabanadas mas já não houve energia! Daqui da cozinha saíram 2 pão-de-ló de Ovar ( um para os meus pais, de lá veio um pudim), mousse de chocolate, leite creme e sonhos que fiz pela primeira vez na vida, seguindo uma receita da minha avó Lu. Confesso que a meio da confeção vi o caso mal parado mas lá consegui dar a volta à massa ( literalmente!). Os sonhos ficaram ótimos e fizeram as delícias dos filhotes, principalmente da Mariana que os tinha escolhido! Para entrada preparei uma pequena tábua de enchidos e queijos, destaco a maravilhosa chouriça e delicioso paté de polvo do Mundo de Tradições. Os pratos principais foram bacalhau cozido e polvo no forno, para não fugir à tradição!

 

 

Enquanto esperávamos pelo Pai Natal dos tios que chega sempre ainda a dia 24, estivemos a jogar ao Scrabble. Depois foi a loucura a abrir as prendas! E este ano, em vez de bolachinhas para o Pai natal, resolvemos deixar uns sonhos, acompanhados de leite e sem esquecer a cenoura para o Rodolfo.

 

Dia 25 começou com a abertura das restantes prendas e foi uma festa!!! O Pai Natal este ano controlou-se mas mesmo assim trouxe muitas coisas da lista! Depois quero fazer um post sobre algumas das prendas de Natal que vieram de lojas portuguesas e que foram um sucesso. Nunca fez tanto sentido comprar nacional e tenho encontrado coisas super giras! O almoço começou com uma trança folhada de queijo brie, servida com doce de frutos silvestres e continuou no perú assado, com castanhas e umas batatinhas deliciosas do Lidl.

 

 

Agora é começar a pensar na passagem de ano que será mais uma vez em casa - à semelhança de anos anteriores. Confesso que a data não me diz grande coisa e embora só queira que este ano termine, não sinto aquela ânsia por 2021. Simplesmente porque acho que ainda vamos ter muitos meses de mais do mesmo. Também se sentem assim?

 

xoxo

Marta

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

A caminho do Natal fálálálálá #2

Por aqui já tocam as playlists de Natal, embora sinta que o espírito natalício este ano está um bocado fraco, fruto destes dias incertos que vivemos. Com estes fins de semana prolongados das últimas 2 semanas, tem sido complicado entreter as crianças em casa, ainda por cima neste último tivemos muito vento e chuva.

 

130841209_745655699369409_4062892929649234617_n.jp

 

Já percebi que estes dois gostam muito de atividades artísticas e portanto temos passado algum tempo de volta da plasticina - para mim a Play-Doh e os seus kits é a melhor! - e ontem andámos a fazer umas coisinhas com massa de modelar. Depois mostro quando estiverem prontas!

 

A minha prenda do Pai Natal Secreto está à espera que eu vá aos CTT entregar, daqui da minha janela consigo controlar a fila dos correios por isso vou esperar por uma aberta para ir lá a correr. Na segunda chegou cá a casa a minha prendinha vinda da Lara mas ainda não abri, apesar de estar super curiosa! Quem já recebeu a sua prenda?

 

Já fizemos bolachas de manteiga, aletria e já ando a pensar na próxima receita. O carimbo das letras para culinária comprei no Aliexpress já no início do ano mas ainda não tínhamos usado, é uma coisa gira de fazer com eles mas dá uma trabalheira andar a organizar as letras minúsculas e ainda por cima na direção contrária!

 

130822746_389561752367554_98921257449812032_n.jpg

 

Já compraram as prendas todas? Já só me falta uma! De resto, a minha entrada parece um armazém - tenho recebido as prendas da família toda - e já nem falo dos arrumos onde estão guardadas as ofertas para os mais novos.

 

130600510_699558537366160_4025848100155387921_n.jp

 

Bom resto de semana!

 

xoxo

Marta

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Coisas que descobri nos últimos tempos

Com o isolamento em casa que temos praticado nos últimos dois meses, cheguei à conclusão que há muito pouca coisa que não se consiga fazer em casa. Muitas vezes gastamos dinheiro desnecessariamente em coisas que facilmente faríamos se não nos desse a preguiça e a opção de comprar feito não estivesse mesmo  ali à mão.

 

YOLO-so-do-it.jpg

 

Claro que dá trabalho mas também tem a vantagem de sabermos aquilo que estamos a consumir, conscientemente. Por exemplo, ao fazer massa de pizza apercebi-me que só na minha porção vão 125g de farinha. É imenso e não tinha mesmo ideia. Mas ao menos não leva conservantes e coisas menos boas como as bases já prontas.

 

Coisas que já sairam da minha cozinha em dois meses, para além das habituais que faço no dia-a-dia:

 

- pão, muito pão. Pão de trigo, pão da avó, pão de aveia e trigo, pão de centeio, pão de mistura.

- massa para pizza tradicional, massa para pizza com iogurte;

- brownies;

- scones;

- pão de deus, seguindo a receita da Padaria Portuguesa;

- massa quebrada;

- rissóis;

- coissants franceses, fiz batota e usei massa folhada comprada;

- café Dalgona;

 

E com esta comilice toda cheguei a uma conclusão. Eu achava que almoçar fora todos os dias era pouco saudável mas vejo agora que o pouco que eu achava que me mexia até era muito. É que eu casa já vão mais 2 kgs não pelo que como, embora também ajude certamente, mas pelo pouco que me mexo. Também têm esta noção?

 

Digam lá, o que fizeram em casa que não tenha por hábito fazer?

 

xoxo

Marta

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

A padeira que há em mim

Acho que desde Março muita gente descobriu o padeiro dentro de si! Quem por aí tem feito pão em casa? Pessoalmente, já alguns anos que faço pão esporadicamente. Durante a semana tínhamos por hábito comprar a caminho do trabalho, ou no regresso mas aos fins de semana às vezes aventurava-me na panificação. Mas era um pãozinho " aldrabado" porque usava aquelas misturas de farinha a que basta juntar água e azeite.

 

Quando comecei a ficar convencida que íamos ficar todos enfiados em casa tratei de me abastecer de farinha, fermento fresco e destas misturas. Mas já não havia grande variedade e o fermento fresco não tem tanta validade assim. Agora sei que dá para congelar mas na altura não o fiz. Resumindo, fiquei sem solução para o pão e embora tenha experimentado fazer sem fermento de padeiro, não ficou igual e parecia mais uma broa que pão propriamente dito. Por esta altura, andava tudo louco com o #paodemia da Filipa Gomes. E eu sem fermento e sem vislumbrar solução porque estava esgotado em todo o lado. Felizmente, no grupo da Cuisine Companion no FB fizeram publicidade a uma loja online com produtos de panificação e pastelaria - Cenários Gulosos - e tinham fermento!!! Chegou depois da Páscoa e tem sido um fartote de pãozinho aqui em casa.

 

95663720_3255989657768526_2161612282222608384_n.jp

 

Tenho feito duas variedades - trigo e trigo/aveia - mas podem fazer com quaisquer farinhas que gostem, pôr sementes, pepitas, etc. A receita que tenho seguido tem sido um mix da receita da Filipa Gomes com o pão da titá da Joana Roque. Para além dos ingredientes, precisam de um tacho/panela/forma de ir ao forno com tampa. Ora, eu tive de improvisar e tenho usado uma forma de bolos sem buraco e tapado com uma tarteira. Resulta e o efeito é maravilhoso. Em relação ao levedar, eu deixo a noite toda e resulta num pão fofo com uma sabor fantástico. Preparo a massa à noite, deixo dentro do forno e só cozo de manhã. Mas em ambas as receitas podem deixar levedar menos tempo, eu é que prefiro assim porque adoro comer pão quentinho logo de manhã. Esta receita é ótima porque não precisam de amassar o pão e o facto de cozer na forma faz com que a humidade faça crescer o pão e a crosta fique super crocante. Deixo-vos os passos que tenho seguido!

 

Ingredientes:

 

500g farinha à vossa escolha ou mistura de farinhas ( quando faço de aveia uso 150g aveia e 350g de farinha T55)

5.5 g de fermento de padeiro em pó

420ml de água morna

1 c.c. de sal fino

 

Preparação:

 

Numa taça grande colocar a farinha e fazer um buraquinho no centro. Eu gosto de diluir o fermento na água primeiro. Juntar o sal à farinha e depois colocar a água com o fermento. Misturar com a colher de pau, é normalficar uma mistura húmida. Tapar a taça - eu uso película aderente - e deixar levedar por pelo menos 1h ( eu deixo 12h).

Para cozer, colocar a forma no forno e ligar a 230º. Enquanto a forma aquece, polvilhar a bancada com farinha, colocar a massa e dar umas voltas até ficar uma bola - não é para amassar!!! Fazer um corte em cruz, polvilhar com farinha. Entretanto, retirar a forma do forno, colocar uma folha de papel vegetal ( caso não tenham, polvilhem a forma com farinha no fundo) e pôr a massa no interior. Tapar a forma ou tacho e levar ao forno por 30 minutos. Destapar e deixar mais 5/10 minutos até tostar. E sai um pãozinho todo catita, com miolo fofinho e côdea bem estaladiça. Aconselho a comer quentinho com manteiga!

 

95610474_254233728983459_1043074129713954816_n.jpg

 

Com estes resultados, acho que vou deixar de comprar pão. A minha próxima experiência é fazer pãezinhos individuais e pão de leite. Depois digo como correu! Quem fizer, pode depois partilhar o resultado e eu publico! Mostrem os vossos pãezinhos!

 

xoxo

Marta

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Cogumelos Portobello Recheados

Cá por casa temos andado a tentar mudar alguns hábitos alimentares. Acho que nos últimos meses não temos comido tão bem como seria desejável mas efetivamente quando andamos a cair de sono ou cansados a última coisa que me apetece é ir enfiar-me na cozinha e engendrar uma refeição. Acabamos por recorrer muitas vezes ao take away ou entregas em casa e isso não é de todo o mais saudável.

 

A par disto, eu enfiei na cabeça que ia perder os 4 quilos que me faltam e 2 já se foram. O problema é que quando anda stressada - o meu estado dos últimos meses - só me apetece comer porcarias e tem sido complicado gerir isso, ainda para mais com estas noites mal dormidas dos últimos tempos. Mas lá têm saído umas receitas mais "light" e saudáveis, sem grande esforço e cheias de sabor, como estes cogumelos portobello recheados.

 

67887091_2541071212619780_7728953666748547072_n.jp

 

Ingredientes

 

4 cogumelos portobello

1 tomate maduro

4 cogumelos castanhos cortados em pedacinhos

queijo emental qb

alho em pó qb

mangericão qb

azeite qb

sal qb

 

Numa frigideira saltear os cogumelos partidos aos pedacinhos em azeite e alho em pó. Juntar o tomate também cortado em pedaços pequenos, juntar o mangericão e temperar. Numa assadeira dispôr os cogumelos portobello - limpos e secos - pincelar com azeite e rechear com o preparado anterior. Colocar o queijo e pressionar. Levar ao forno até os cogumelos estarem dourados e gratinados.

 

Bon apetit!

 

PS: podem também juntar uns pedacinhos de bacon ao salteado de cogumelos!

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Pão de ló de ovar

Quem por aqui adora pão de ló? Eu, enquanto gulosa assumida, confesso que gosto muito, principalmente daquele que fica húmido e um pouco encruado, tipo de ovar. E é bolo que não pode faltar na mesa da Páscoa, por isso aqui vai a receita.

 

58383897_592409051259606_6090357402043940864_n.jpg

 

Ingredientes

 5 ovos L

4 gemas

130g de açucar amarelo

70g de farinha

1 colher café de fermento em pó

 

Eu fiz o meu na minha Cici, mas podem facilmente fazer do modo tradicional. Pré-aquecer o forno a 180º. Forra uma forma sem buraco com uma folha de papel vegetal, untado com manteiga e polvilhado com farinha. Bater os ovos e gemas com o açucar até obter um creme fofo e duplicar de tamanho. Envolver delicadamente a farinha e o fermento. De seguida, deitar na forma e levar ao forno 15 minutos a 180º. Retirar do forno e deixar arrefecer antes de desenformar.

 

Bom apetite!

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Pavlova de lemon curd

Ontem foi a loucura no meu Instagram quando publiquei foto da minha pavlova de lemon curd! Tinha um almoço de família e como estava a dever uma pavlova à minha irmã, foi o que escolhi levar. Como imensa gente me pediu a receita, aqui vai! A receita base da pavlova em si é a da Filipa Gomes. Já experimentei outras e esta é infalível, resulta sempre.

 

Ingredientes pavlova:

 

4 ovos XL ou 5 ovos M

250g de açucar

2 c.s obremesa de maizena

1 c. sobremesa de vinagre

 

Bater as claras e quando começarem a formar picos, acrescentar o açúcar colher a colher até formar um merengue fofo. No final, envolver suavemente a maizena peneirada e o vinagre. Numa folha de papel vegetal, desenhar um círculo e dispor colheradas de merengue, formando um “ninho”. Levar ao forno pré-aquecido a 140º durante 1h10. Não caiam na tentação de aumentar a temperatura ou retirar antes do tempo. É mesmo preciso controlar o forno para não queimar por fora e ficar tipo borracha por dentro. Retirar cuidadosamente do forno e deixar arrefecer antes de rechear.

 

IMG_20190311_100234.jpgIMG_20190311_100213.jpg

 

Para o recheio podem usar imensa coisa. Nesta caso, usei natas da Longa Vida batidas em chantilly ( 1 pacote) e lemon curd, feito na Cici. Super rápido e muito saboroso.  Dá um travo ácido que contrasta com as natas. Coloco sempre uma camada de recheio, uma de natas, uma de recheio e finalmente termino com natas.

 

IMG_20190311_100256.jpgIMG_20190311_100342.jpg

 

Espero que gostem e se deliciem!

 

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Meet the Blogger

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Contato de e-mail

daybiday@sapo.pt

@life_inc_blog
Follow on Bloglovin

Parcerias

Compre aqui

SweetCare - Saúde, Beleza e Cosmética

Calendário

Outubro 2021

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31