Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

life Inc.

Beauty & Lifestyle

Serviço Público

Ontem fui fazer uma formação de Segurança Contra Incêndio e achei tão útil que vou partilhar alguns conselhos!

 

Sabiam que se tiverem uma frigideira/tacho a arder não devem apagar o fogo com água? Pois é, deitar água cria uma reação com o óleo/azeite quente e o mais certo é darem cabo da cozinha toda, sem falar dos riscos de a pessoa se queimar com gravidade.

 

O correto é abafar, retirando o oxigénio. Assim, devem desligar o fogão, humedecer um pano e colocar sobre o recipiente a arder. Depois colocar outro pano. Esperar que o fogo se extinga e só depois retirar. A alternativa é ter em casa  uma manta para fogo ou um extintor classe F, que liberta uma espuma para apagar o fogo.

 

upload-2639-0.jpg

Mini-extintor-espuma-Class.-F-Minibombeiro.jpg

 

Aprendemos a usar dois tipos de extintor e fizemos uma simulação de utilização da manta. O engraçado? Fiz alergia ao raio da manta e andei a coçar as mãos o resto do dia.

 

xoxo

marta

 

 

Mais uma para a caixa...

Comecei na segunda a frequentar o segundo nível da formação que fiz em setembro. Como gostei da primeira e senti que foi e será útil para a minha profissão, resolvi abrir mais uma vez os cordões à bolsa e frequentar o nível 2. Desta vez são apenas 20h mas é fundamental para complementar o nível 1 e ficar com o ciclo completo.

 

Entretanto, a semana passada recebi uma convocatória para uma formação do IEFP a iniciar também em Novembro, na sequência da apresentação a que fui em Junho passado e em que fui "obrigada" a escolher pelo menos uma área de interesse. No meio de tão variada oferta (not) escolhi duas que me pareceram mais ou menos. Atenção que não estou armada em esquisita. É que depois de ter sabido disto nao consigo levar a sério esta coisa da "vida ativa" e outros. Eu tenho de pagar ( e bem!) para conseguir formação na minha área mas pessoas que não têm nada a ver nem perspetivas de virem alguma vez a precisar de saber trabalhar com um programa de arquitetura têm formação de graça. Não é coerente, nem justo, nem eficiente. Como sempre, o sistema não funciona.

 

Bem, mas fui então chamada. Resolvi ligar para falar com a coordenadora a comunicar que já me tinha inscrito por inciativa própria numa formação e que queria saber se haveria sobreposição de datas e como poderia apresentar a justificação. Ah e tal, como a que se inscreveu é em horário pós-laboral, pode frequentar as duas. Ah e onde deixo a minha filha? É que como a rede de apoios familiares do Estado é tão eficaz e apesar de a ter inscrito em várias creches aqui da zona, não arranjei vaga em nenhuma. Ok, isso é motivo para pedir dispensa. E eu assim o fiz. Mas sempre com aquela sensação de me sentir uma criminosa a recusar "ajuda" do estado.Tal como me sinto quando vou à Junta de Freguesia para a apresentação quinzenal.

 

Não sei onde isto vai parar... Sinceramente não sei. Tenho noção de que parece que me ando sempre a queixar mas recuso-me a aceitar de bom grado estas regras e situações a meu ver estapafúrdias! O que me dá a impressão é que não há coerência e simplesmente querem manter as pessoas ocupadas, sem sequer pararem para analisar caso a caso e se faz sentido a pessoa X fazer a formação Y. Recuso-me a achar que é normal gerir assim um país que está no estado que está. No dia em que o fizer, algo de errado se passa comigo.

 

xoxo

cindy

 

Voltar aos estudos

Um dos males de estar desempregado é a ausência de certezas. Tanto se pode arranjar um emprego passado semanas como se pode andar nesta incerteza durante meses/anos.

 

Depois é o problema das decisões a longo prazo. Quero muito fazer uma formação ou quem sabe voltar aos estudos e fazer uma pós graduação ou mestrado. E se entretanto arranjo emprego? É preciso ponderar muito bem, até porque os estudos estão caríssimos. Vi um mestrado numa área que complementaria a minha licenciatura mas só o valor das propinas anuais - perto dos 3500€ - me dissuadiu. Caramba, sou só eu que acho isto um exagero?!

 

Portanto, formação será. Tenho várias à escolha e para vários preços, é uma questão de timing.Há temas muito interessantes, outros assim assim, mas estou mesmo a precisar de voltar a dedicar-me ao meu cérebro porque isto anda assim um pouco parado. E preciso de arejar e voltar a dedicar algum tempo à minha pessoa. As que tenho em vista são em horário pos-laboral por isso dá perfeitamente para conciliar com a chegada do pai a casa.

 

Por coincidência agora de manhã tenho uma palestra do IEFP sobre formações, vamos a ver se há alguma coisa que me interesse.

 

Caramba é mesmo muito complicado e caro melhorar o currículo!

 

xoxo

Meet the Blogger

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

SweetCare - Saúde, Beleza e Cosmética

Calendário

Abril 2018

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930