Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

life Inc.

Beauty & Lifestyle

Bébé a bordo #13: as coisas chatas da gravidez

Quem disse que a gravidez era "um estado de graça" das duas uma, ou era homem ou então teve uma gravidez santa. A verdade é que a gravidez da M. foi relativamente tranquila e sem grandes stresses. Mas esta última já envolveu outro tipo de chatices e digo-vos que se tivesse sido a minha primeira, teria pensado duas vezes antes de avançar para uma próxima.

 

1928019_1437684382.jpg

 

Primeiro, o descolamento inicial que tantas preocupações nos deu. Não tínhamos contado a ninguém, só podíamos desabafar um com o outro e foram umas semanas de aflição.

 

Seguiram-se os enjoos do demo que me faziam ter vontade de andar agarrada à sanita... Valeu-me o Nausefe. Mas e quando esgotou? Foi um suplício conseguir manter alguma comida no estômago e conseguir trabalhar.

 

693714ab6173a4521fd721266ee1b856.jpg

 

Depois pelas 30 semanas e no seguimento de uma ecografia, a notícia que o rapaz não estava a engordar o que deveria. Recomendações para descansar e comer mais, acabei por vir para casa de baixa com ordens para repouso e muita e boa comida. E felizmente o rapazola nasceu gordito e bom, como diria a minha avó.

 

Mais para o final, umas comichões pelo corpo que me levaram duas vezes às urgências, sendo que da última vez fiquei em observação durante a noite e só tive alta na tarde seguinte. Em ambas as vezes, não se confirmou a suspeita de colestase gravídica, portanto acho que deviam ser mesmo as minhas alergias em alta. Por essa altura, estava de 39 semanas e foi-me proposta a indução, porque segundo a médica de plantão "não ia andar sempre a correr para a urgência por causa das comichões". Pois bem, lá lhe disse que preferia que a coisa se desenrolasse naturalmente ( mal sabia eu!) e foi-me informado que ia ficar registado no meu processo que tinha recusado a indução. Enfim, terá sido a única vez em que não me senti tão bem acompanhada no CMIN.

 

E finalmente, algo que me acompanhou em ambas as gravidezes - o fato de não ser imune à toxoplasmose. Eu, paranóica me confesso. Portanto, deixei de comer tudo o que fosse cru. E a dificuldade em comer fora de casa? Cheguei à conclusão que tuga que é tuga, gosta de polvilhar tudo com salsa crua. De deitar rodela de limão na coca-cola. Da bela da salada no prato. E quando uma pessoa diz que quer o prato do dia sem salada e lhe aparece o prato com a salada? Posso-vos dizer que uma vez passei-me dos carretos com um empregado de mesa que ainda se achou com razão e me disse " que mal faz uma saladinha?!". Nunca mais lá pus os pés. E convenhamos que não ser-se imune à toxoplasmose implica deixar de comer muita coisinha boa... O que vale é que já tirei a barriga de misérias. E já comi a bela da alheira, quilos de morangos e cerejas, carne mal passada, sushi, mousse de chocolate... you name it!

 

E por aí, quais foram as vossas "chatices"?

Bébé a bordo #12: a lista de maternidade

Geralmente cada hospital tem a sua lista de maternidade mas gostava de deixar algumas dicas!

 

Em relação às roupinhas do bébé, sejam precavidas e deixem alguns conjuntos extra já separados em casa. Sugiro que os coloquem dentro de sacos de plástico com zip ( tipo congelação). Eu das duas vezes assim o fiz e é bem mais prático para o pai pegar neles caso sejam necessários, do que vocês andarem a dizer "traz um babygrow que está na gaveta de cima, um body da gaveta de baixo e etc...".

 

Vamos a outro assunto glamouroso... cuecas descartáveis e pensos. Comprei uns boxers descartáveis na PréNatal que me deixaram bastante satisfeita, o único inconveniente é que apenas traz 4 unidades e não são propriamente baratos.

 

30412366_1799463776763699_4549238448073998336_n.jp

 

Após alguma pesquisa, resolvi comprar uns pensos específicos para o pós-parto na Chicco e digo-vos que foram uma desilusão. Não recomendo... O que resultou melhor foram mesmo as cuecas de incontinência da Ausónia. Super confortáveis, discretas, absorventes e muito, muito práticas. Adorei e só tenho pena de não ter usado no primeiro pós-parto.

 

Outra dica de suma importância! Não se esqueçam de levar o creme com que se andaram a besuntar nos 9 meses! É que as estrias ainda podem aparecer! Afinal a pele que esteve esticada vai indo ao sítio e podem ter o azar de resolver quebrar quando começar a encolher. Eu levei o Bio Oil e fui aplicando. Podem também levar um creme reafirmante, o meu preferido é este da Isdin, já usei no pós-parto da M. e gostei bastante.

 

31241571_1818547194855357_6558574425753518080_n.jp

 

E o que também não pode faltar? Purelan, se estiverem a pensar em amamentar. E água termal para se refrescarem na sala de partos, foi o que me valeu! Estava cheia de calor e nada de beber água!

 

Espero ter ajudado com estas minhas dicas!

 

Bébé a bordo #11: o parto

Como já vos tinha contado aqui, Baby P. não estava com vontade de vir conhecer o Mundo e como tal teve ordem de despejo. A indução foi marcada para dia 16 de Maio e não sendo o cenário ideal, ao menos sempre deu para deixar tudo orientado na véspera e saber com o que podia contar. Passei a véspera com a M. em casa, numa espécie de "último dia de filha única" e foi o melhor que fizemos. Fomos às compras as duas, fizemos um bolo e pão e brincámos um bocadinho.

 

E dia 16 de Maio lá me apresentei eu no CMIN de manhã cedo para a indução. Feita a avaliação inicial, lá me explicaram o procedimento, alertando sempre para o fato de poder demorar até 2 dias ( tortura, só pode!) e de esse tempo não ser considerado trabalho de parto. Este timing apontado como normal deixava-me muito apreensiva, passar 2 dias entre uma cama a ser monitorizada e caminhadas num corredor não me parecia nada simpático, mas enfim. Era rezar que fosse rápido.

 

Primeira medicação dada às 10h da manhã, monitorização, pausas para caminhar e não ficar maluca, almoço, nova avaliação às 16h e tudo na mesma. Mais medicação, monitorização, caminhada e por aí adiante. Algumas contrações, não muito dolorosas, pelo final da tarde, mais uma maratona pelo corredor. Ainda consegui jantar e depois começou a festa! O problema da indução é que por não ser um processo natural, o corpo não progride naturalmente na intensidade, frequência e duração das contrações. Portanto passei de um patamar de dor de 2 para um 8 que me levou a ter vontade de trepar pelas paredes. Ainda fiz uns exercícios na bola de pilates - tenho umas fotos mesmo giras com um ar alucinado! - e mais uma caminhada e quando fomos a ver a dilatação estava finalmente a avançar. Quando não aguentei mais, epidural sff e lá fomos nós para  a sala de partos.

 

Lá se preparou tudo - roupinha do bébé, kit de recolha das células estaminais - veio a anestesista e nisto já eu rebolava com contrações horrendas de 2 em 2 minutos. Socorrooooooooo! Lá levei a epidural mas não ficou no sítio certo, continuava a sentir o pico de dor na mesma e por isso, nova epidural, desta vez mais acima. A anestesista - uma simpatia! - estava muito aflita por não ter ficado bem à primeira e por eu continuar a sentir quase tudo. Felizmente, a segunda dose ficou 5 estrelas e eu passei do inferno ao céu em minutos. Abençoada epidural! E a partir daqui foi muito rápido! A dilatação lá se fez, Baby P. posicionou-se e foi só fazer força. Quando dei por ela tinha uma data de gente na sala a fazer claque hahahaha! Pude ver o bébé a sair e foi mágico! E mal nasceu foi logo para cima de mim, tão mas tão bom! Findos os procedimentos, lá se esvaziou a sala e ficámos só nós os três... no namoro! O bébé mamou logo como se tivesse nascido ensinado... o instinto é maravilhoso! Findo o recobro, seguimos para o internamento. As novas instalações do CMIN estão fantásticas após a remodelação e ampliação da antiga Maternidade Júlio Dinis. Para quem não sabe, o CMIN tem quartos duplos e privativos e eu ainda consegui ficar com um destes. Têm a vantagem de permitir que o acompanhante pernoite, o que é essencial e devia ser para toda a gente.

 

IMG_0528.JPG

 Baby P. com 3.295kg e 47.5cm

 

O engraçado é que segundo as ecografias, tudo apontava para um bébé pequenino e afinal saiu-me um badocha com refegos. Menos comprido que a irmã mas praticamente com o mesmo peso.

 

Para terminar só vos posso dizer que, tal como no parto da M., não tenho nada a apontar aos profissionais de saúde que se cruzaram conosco. Foram sempre explicando todos os procedimentos necessários, dispostos a esclarecer e ajudar. Acredito que seja como em todas as profissões - há bons e maus profissionais - mas efetivamente senti-me sempre bem acompanhada e bem entregue.

A nossa primeira Mimobox

Nas ultimas semanas tem sido um fartote de encomendas e ofertas a chegar cá a casa. Ando-me a habituar mal, qualquer dia ressaco se passar um diaa sem receber nada hahahaha. Brincadeiras à parte, é um facto que a maternidade faz aumentar o número de compras online porque uma pessoa mal consegue sair de casa, ainda para mais com este tempo destrambelhado, que no mesmo dia tem sol, chuva, vento e nevoeiro.

 

Ainda antes do Baby P. nascer, encomendei a nossa primeira Mimobox. Já andava a namorar o conceito há algum tempo - da M. não fui a tempo! - e como o feedback era mais que satisfatório, resolvi avançar com a subscrição mensal. 

 

E o que é a Mimobox? É um serviço de assinatura - tem vários planos - que pode ser subscrito ainda na gravidez e acompanha os primeiros 3 anos do bébé. A caixa traz 6 - 8 produtos em tamanho real, adaptados à idade do bébe ou á gravidez. Os planos disponíveis são 3 - mensal, em que a Mimobox fica por 22€, trimestral, em que a Mimobox fica por 20€ e semestral, em que cada Mimobix fica por 18€.Têm ainda disponível " A minha primeira mimobox" por 25€, com 8 produtos essenciais para o bébé e que pode ser uma excelente prenda para as amigas recém-mamãs, com um prazo de entrega de 72h.

 

mimobox_popup_t.png

 

A Mimobox de Maio chegou cá a casa a semana passada e fiquei muito surpreendida com a quantidade de coisas que vinham lá dentro! Não podia ter ficado mais satisfeita e vou tornar a encomendar porque realmente vale muito a pena, já que o valor comercial dos produtos é bem superior ao valor da caixa.

 

IMG_0651.jpg

IMG_0667.jpg

IMG_0671.jpg

IMG_0677.jpg

 

Bem, os bombons já foram, os Biscottina também. O elixir Quanto já está a uso e é simplesmente fantástico. Lavei as fronhas das almofadas do sofá e o cheirinho ainda se mantém. O Mitosyl também já está a uso no saquinho de sair, bem como as Kandoo Aquas. E a ovelhinha dorme agora na cama da mana mais velha!

 

Alguém já conhecia a Mimobox? Podem seguir aqui no Instagram e aqui no FB.

 

Bébé a bordo #10: os primeiros dias

Obrigada a todos pelas felicitações! Estas quase 2 semanas de baby P. têm sido intensas mas em bom!

 

O pós-parto tem corrido bem mas com algumas reações mais estranhas pelo caminho, depois conto porque acho que pode ajudar alguém. Dos 14kg ganhos, 11kg já foram à vida mas para chegar ao meu peso ideal - ao qual já devia uns 3 kg antes de engravidar - ainda faltam uns 6kg. A verdade é que devo ter uns 2kg em cada mamoca mas pronto. A barriga aos poucos vai indo ao sítio, os meus abdominais já eram fofinhos por isso é ter paciência. Aliás, no respeitante à barriga, a única coisa que me chateia é a linha nigra que ainda aqui anda. Tenho continuado a usar o Bio oil para hidratar a pele, juntamente com o Leite Corporal Hidratante da Nuxe, de que falei aqui. A estes, veio-se juntar o Creme Hidratante e Reafirmante da Isdin, adequado para o pós-parto e compatível com a amamentação.

 

Baby P. é um comilão, nasceu a saber mamar e por isso tem aumentado muito bem de peso, o que é visível nos refegos que já apresenta. Há roupa que já não serve e não sei como o tempo passa assim tão rápido. As noites - que inicialmente foram terríveis - têm corrido bem (até tenho medo de agoirar!) e dormir 3h/4h seguidas é um luxo que me tem sabido bem! Ando ansiosa por tempo melhor para passear... por aqui tem andado farrusco e ventoso. Só temos mesmo saído para consultas e pesagens. Mas a reclusão até me tem sabido bem, dá para aproveitar em família o novo bébé. Temos também tentado manter as rotinas da M. e felizmente tem corrido bem... Também ajuda muito a presença do Pai em casa, outro assunto para falar por aqui.

 

Tem sido complicado arranjar tempo para vir aqui mas dou por mim a pensar " tenho de escrever sobre isto!" e portanto me aguardem! Preparem-se para serem bombardeados!

Bébé a bordo #9: Já nasceu!

Já venho atrasada mas quem segue o blog pelo FB e Instagram já está a par da novidade!

 

32873430_1843731079003635_7017227265964507136_n.jp

 

Baby #2 nasceu na passada madrugada de quinta-feira, já estamos em casa desde sábado e podem imaginar o estado de sítio da nossa vida neste momento. Já nem sei quantas horas de sono devo à cama mas um dia de cada vez!

 

Depois conto tudo :)

Bébé a bordo #8

Vamos falar de amamentação?

 

medela-breast-pumps-swing-front.jpg

 

Quando a M. nasceu e a amamentação se consolidou, comprei uma bomba da Medela para ir tirando leite. Na altura optei pela Medela Swing, elétrica, pequena e fácil de usar. Não foi propriamente barata mas pareceu-me um daqueles investimentos a longo prazo. Na altura fui tirando leite, armazenando e congelando, sem grandes stresses porque afinal de contas a M. ia ficar comigo para além da licença de maternidade. O que é certo é que nunca consegui tirar grandes quantidades e sempre tive imenso leite.  A M. mamou até aos 6 meses em exclusivo e depois até aos 13 meses. Portanto, quantidade não era problema.

 

 

Há uns tempos em conversa com a minha cunhada apercebi-me que existem vários tamanhos de funis para a bomba, sendo que por defeito traz o M. Ela comprou o S e diz que notou logo diferença na extração. Seria esse o meu problema inicial? Bem, nada como experimentar. Ela entretanto emprestou-me os funis que comprou - cada embalagem traz 2 - e vamos a ver se realmente noto a diferença.

 

E sobretudo, a ver se o rapaz não se habitua em exclusivo às mamocas mas também fica satisfeito com um biberão de vez em quando!

 

ba9bdc5afefec6a217cecfbc048a1420.jpg

Bébé a bordo #7: Ordem de despejo

Pois é, ainda ando por aqui a arrastar a barriga... Digo-vos sinceramente que nunca me imaginei nestes preparos às 40 semanas. Não era suposto numa segunda gravidez a coisa ser mais rápida?

 

Já tive alguns falsos alarmes mas depois nada... aliás desde sexta que as coisas andam muito calmas. Nada de contrações e outros sinais. Ao menos já sinto que o rapaz está mais descido como era suposto, pelo que se for para avançar com a indução será uma mais valia. De qualquer modo, hoje tenho novamente consulta e logo veremos o que a médica vai decidir. A indução está marcada mas eu preferia que o parto se iniciasse naturalmente.

 

E ouvir toda a gente a perguntar: já nasceu? Já não aguento, a sério...

 

Pregnancy-Overdue-Meme-1.jpg

 

Alguém que tenha tido um parto induzido desse lado? Contem!

40 semanas

O fim de semana passou-se em modo caminhar, caminhar e caminhar mas está complicado do rapaz dar sinal de si.

 

Estou farta de lhe assegurar que a temperatura está amena e que já pode sair sem enfrentar tempo de inverno em plena primavera mas ele não me ouve. A mana bem pede para ele se decidir mas nada! Portanto, acho que vamos ter de lhe dar ordem de despejo. Já estou mais que cansada e com este calor ainda pior... Sem falar da parte em que já não tenho roupa que me sirva...

1c0afe87281e7d8b0991cbfb428d10a1.jpg

 

Hoje tenho consulta, vamos a ver o veredito da médica. Mas para já, vou aproveitar e comemorar o Dia da Mãe na escola da pequena!

Breves

Tenho andado a arrumar os cantos à casa e a aproveitar estes últimos dias a três. E agora é esperar a ver se o rapaz se decide!

 

No feriado fomos passear e eu aproveitei para comer a minha desejada gauffre na Cremosi. Andava a "salivar" há algum tempo mas ainda não tinha tido a oportunidade de passar lá. Mas estava tanta, tanta gente que os funcionários não tinham mãos a medir e claro que o serviço se ressente... E se eu não estivesse tão desejosa tinha-me vindo embora.

 

31870595_1825244960852247_2952635410062245888_n.jp

31723332_1824470397596370_8649849506038284288_n.jp

A barrigona está escondida mas garanto que está lá :)

 

Tenho aproveitado também para fazer umas caminhadas mas este tempo estranho não ajuda. Hoje está um vento desgraçado, fui fazer as matrículas da M. no primeiro ano (Oi?! Tempo para onde foste?) e quase que voava! Portanto, amanhã vou fazer caminhadas para o shopping!!!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

SweetCare - Saúde, Beleza e Cosmética

Posts mais comentados

Calendário

Novembro 2018

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930