Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

life Inc.

Beauty & Lifestyle

Bébé a bordo #11: o parto

Como já vos tinha contado aqui, Baby P. não estava com vontade de vir conhecer o Mundo e como tal teve ordem de despejo. A indução foi marcada para dia 16 de Maio e não sendo o cenário ideal, ao menos sempre deu para deixar tudo orientado na véspera e saber com o que podia contar. Passei a véspera com a M. em casa, numa espécie de "último dia de filha única" e foi o melhor que fizemos. Fomos às compras as duas, fizemos um bolo e pão e brincámos um bocadinho.

 

E dia 16 de Maio lá me apresentei eu no CMIN de manhã cedo para a indução. Feita a avaliação inicial, lá me explicaram o procedimento, alertando sempre para o fato de poder demorar até 2 dias ( tortura, só pode!) e de esse tempo não ser considerado trabalho de parto. Este timing apontado como normal deixava-me muito apreensiva, passar 2 dias entre uma cama a ser monitorizada e caminhadas num corredor não me parecia nada simpático, mas enfim. Era rezar que fosse rápido.

 

Primeira medicação dada às 10h da manhã, monitorização, pausas para caminhar e não ficar maluca, almoço, nova avaliação às 16h e tudo na mesma. Mais medicação, monitorização, caminhada e por aí adiante. Algumas contrações, não muito dolorosas, pelo final da tarde, mais uma maratona pelo corredor. Ainda consegui jantar e depois começou a festa! O problema da indução é que por não ser um processo natural, o corpo não progride naturalmente na intensidade, frequência e duração das contrações. Portanto passei de um patamar de dor de 2 para um 8 que me levou a ter vontade de trepar pelas paredes. Ainda fiz uns exercícios na bola de pilates - tenho umas fotos mesmo giras com um ar alucinado! - e mais uma caminhada e quando fomos a ver a dilatação estava finalmente a avançar. Quando não aguentei mais, epidural sff e lá fomos nós para  a sala de partos.

 

Lá se preparou tudo - roupinha do bébé, kit de recolha das células estaminais - veio a anestesista e nisto já eu rebolava com contrações horrendas de 2 em 2 minutos. Socorrooooooooo! Lá levei a epidural mas não ficou no sítio certo, continuava a sentir o pico de dor na mesma e por isso, nova epidural, desta vez mais acima. A anestesista - uma simpatia! - estava muito aflita por não ter ficado bem à primeira e por eu continuar a sentir quase tudo. Felizmente, a segunda dose ficou 5 estrelas e eu passei do inferno ao céu em minutos. Abençoada epidural! E a partir daqui foi muito rápido! A dilatação lá se fez, Baby P. posicionou-se e foi só fazer força. Quando dei por ela tinha uma data de gente na sala a fazer claque hahahaha! Pude ver o bébé a sair e foi mágico! E mal nasceu foi logo para cima de mim, tão mas tão bom! Findos os procedimentos, lá se esvaziou a sala e ficámos só nós os três... no namoro! O bébé mamou logo como se tivesse nascido ensinado... o instinto é maravilhoso! Findo o recobro, seguimos para o internamento. As novas instalações do CMIN estão fantásticas após a remodelação e ampliação da antiga Maternidade Júlio Dinis. Para quem não sabe, o CMIN tem quartos duplos e privativos e eu ainda consegui ficar com um destes. Têm a vantagem de permitir que o acompanhante pernoite, o que é essencial e devia ser para toda a gente.

 

IMG_0528.JPG

 Baby P. com 3.295kg e 47.5cm

 

O engraçado é que segundo as ecografias, tudo apontava para um bébé pequenino e afinal saiu-me um badocha com refegos. Menos comprido que a irmã mas praticamente com o mesmo peso.

 

Para terminar só vos posso dizer que, tal como no parto da M., não tenho nada a apontar aos profissionais de saúde que se cruzaram conosco. Foram sempre explicando todos os procedimentos necessários, dispostos a esclarecer e ajudar. Acredito que seja como em todas as profissões - há bons e maus profissionais - mas efetivamente senti-me sempre bem acompanhada e bem entregue.

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

A nossa primeira Mimobox

Nas ultimas semanas tem sido um fartote de encomendas e ofertas a chegar cá a casa. Ando-me a habituar mal, qualquer dia ressaco se passar um diaa sem receber nada hahahaha. Brincadeiras à parte, é um facto que a maternidade faz aumentar o número de compras online porque uma pessoa mal consegue sair de casa, ainda para mais com este tempo destrambelhado, que no mesmo dia tem sol, chuva, vento e nevoeiro.

 

Ainda antes do Baby P. nascer, encomendei a nossa primeira Mimobox. Já andava a namorar o conceito há algum tempo - da M. não fui a tempo! - e como o feedback era mais que satisfatório, resolvi avançar com a subscrição mensal. 

 

E o que é a Mimobox? É um serviço de assinatura - tem vários planos - que pode ser subscrito ainda na gravidez e acompanha os primeiros 3 anos do bébé. A caixa traz 6 - 8 produtos em tamanho real, adaptados à idade do bébe ou á gravidez. Os planos disponíveis são 3 - mensal, em que a Mimobox fica por 22€, trimestral, em que a Mimobox fica por 20€ e semestral, em que cada Mimobix fica por 18€.Têm ainda disponível " A minha primeira mimobox" por 25€, com 8 produtos essenciais para o bébé e que pode ser uma excelente prenda para as amigas recém-mamãs, com um prazo de entrega de 72h.

 

mimobox_popup_t.png

 

A Mimobox de Maio chegou cá a casa a semana passada e fiquei muito surpreendida com a quantidade de coisas que vinham lá dentro! Não podia ter ficado mais satisfeita e vou tornar a encomendar porque realmente vale muito a pena, já que o valor comercial dos produtos é bem superior ao valor da caixa.

 

IMG_0651.jpg

IMG_0667.jpg

IMG_0671.jpg

IMG_0677.jpg

 

Bem, os bombons já foram, os Biscottina também. O elixir Quanto já está a uso e é simplesmente fantástico. Lavei as fronhas das almofadas do sofá e o cheirinho ainda se mantém. O Mitosyl também já está a uso no saquinho de sair, bem como as Kandoo Aquas. E a ovelhinha dorme agora na cama da mana mais velha!

 

Alguém já conhecia a Mimobox? Podem seguir aqui no Instagram e aqui no FB.

 

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Bébé a bordo #9: Já nasceu!

Já venho atrasada mas quem segue o blog pelo FB e Instagram já está a par da novidade!

 

32873430_1843731079003635_7017227265964507136_n.jp

 

Baby #2 nasceu na passada madrugada de quinta-feira, já estamos em casa desde sábado e podem imaginar o estado de sítio da nossa vida neste momento. Já nem sei quantas horas de sono devo à cama mas um dia de cada vez!

 

Depois conto tudo :)

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Bébé a bordo #4

Já estou naquela fase em que quase rebolo e em que tenho dores em todos os lados. Durmo mal e tento compensar com umas sonecas pelo meio durante o dia. Levantar-me é um filme mas passo a noite a ir fazer chichi e a dar voltas na cama. Podem chamar uma grua sff?

 

MAS é a melhor das sensações sentir o baby boy aqui às voltas. E é uma delícia vê-lo a reagir tão bem ao som da voz da mana... Ela por sua vez aparece na nossa cama de manhã só para se encostar à barriga e sentir os pontapés. Há lá coisa mais querida? Vamos a ver como reage com ele cá fora mas acredito que vá ser (relativamente) pacífico, desde que também haja bom senso por parte das visitas.

 

E por falar em visitas...não vejo mal em recordar!

 

img_7455.jpg

 

Visitas na maternidade só dos pais, em casa as visitas querem-se curtas e combinadas. O primeiro mês é de adaptação e convém não desestabilizar os recém papás. De resto, sintam-se livres em aparecer acompanhados de comida hahahahaha!

 

Contem aí a vossa experiência!

 

xoxo

Marta

 

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Meet the Blogger

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Contato de e-mail

daybiday@sapo.pt

@life_inc_blog
Follow on Bloglovin

Parcerias

Compre aqui

SweetCare - Saúde, Beleza e Cosmética

Calendário

Fevereiro 2020

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829