Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

life Inc.

Beauty & Lifestyle

Relato de um confinamento 2.0

Só porque quero deixar escrito tudo sobre estes dias e sobre a maluqueira que assolou este país, que parece esquecido que estamos a) numa pandemia, b) em confinamento pela 2ª vez.

 

Começo por dizer que quem for negacionista e achar que este descalabro que vivemos é tudo um engodo, pode ir à sua vida e deixar de ler. E acreditem que estou a ser simpática, porque a minha vontade é mandar-vos para um certo sítio. Porque estou em crer que só quando se virem numa cama de hospital com um tubo pela goela abaixo é que acreditam. Deve ser aquela coisa do "ver para crer". Já nem digo quando lhes morrer alguém porque como ouvi um destes dias "ah só morrem os velhos!", como se isso fosse aceitável e os nossos pais e avós já não sejam merecedores de viver os anos a que têm direito, só porque ficar em casa e cumprir o confinamente é "uma seca".

 

De seguida, o meu agradecimento aos profissionais de saúde que se vêm a braços com uma situação de caos, que vêm os seus esforços e sacrifícios pessoais e familiares não serem retribuídos e que continuam todos os dias na linha da frente, a trabalhar mais horas do que devem e a terem de escolher quem vive e morre. Tudo porque o governo não soube preparar estes meses, apesar de tudo apontar para que com a chegada do tempo frio, tudo piorasse. Porque não houve coragem para dizer não ao Natal e às festas. Como se alguém morresse por não passar o Natal com a família toda reunida. Ah esperem! Morreram mas foi precisamente porque juntaram todos.

 

Posto isto, ganhem vergonha e metam-se em casa. É só isso que nos pedem - ficar em casa. Bem sei que nem todos podem estar em teletrabalho, eu sinto-me priveligiada por o poder fazer. Mas quem sair para trabalhar, tenha cuidado. Não ande em almoços com colegas, não vá fumar com uns e tomar café com outros. Usem as máscaras, lavem as mãos. Tão simples! Se vão levar e buscar os filhos à escola, não fiquem na conversa com os outros pais. Não saiam à rua com a desculpa do passeio higiénico que não é uma caminhada na marginal com milhares de outras pessoas e sem máscara. Eduquem os vossos filhos que devem achar que fora dos portões das escola a Covid-19 não existe. Protejam-se e sobretudo sejam responsáveis. Não esperem pelo governo para fazerem aquilo que sabem que é correto e não vejam nas excepções a oportunidade de fazerem o que vos dá na telha. Ah e tal a economia!!! Acham correto que determinados sectores tenham de fechar, tendo prejuízos avultados, mandando os funcionários para o desemprego e mesmo acabando por abrir falência, quando a culpa é VOSSA? A minha cunhada que só atende à marcação e tem uma pessoa no salão de cada vez, foi obrigada a fechar o salão de cabeleireiro. Mas a senhora florista, continua aberta. E os shoppings deste mundo também, porque lá dentro existem lojas "essenciais" como wortens, leroys e afins desta vida. Querem ajudar a restauração? Encomendem para casa como nós temos feito! Querem ajudar a economia? Comprem português e mantenham vivos os negócios da vossa zona. Não é justo que pela irresponsabilidade de uns, paguem os outros! 

 

Acreditem eu também estou farta de não poder ir jantar fora, conviver com os amigos, ir aos meus pais e sobretudo deixar os miúdos com os avós MAS CARAMBA, não quero pôr ninguém doente nem ver nenhum dos meus numa cama de hospital.

 

140010297_939162346614720_4640924466821030465_n.jpJoana Taveira Cardoso

 

Finalmente, vão votar. Exerçam o vosso direito de voto e não deixem que os outros decididam por vocês. Sobretudo, não deixem que o fascismo saia vencedor.

 

xoxo

Marta

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

O prato do dia!

Portugaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaalllllllllllllllllllllllllllllllll

 

phpThumb.php.jpg

Ontem fez-se história! E mais uma vez se provou que não nisto dos jogos não há cá favoritos porque o favoritismo pode sair pela culatra. E tenho em mim que a vitória de ontem ainda soube melhor pelas atitudes de desprezo para com a nossa seleção!

 

Para os próximos dias, o prato é este!

image_5.jpgA minha francseinha preferida - Café Santiago!

 

xoxo

marta

 

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

será possível trabalhar por conta própria em Portugal? by barbie

Não sei se já aqui disse, mas eu e o meu marido andámos a tratar de legalizar a oficina. Vou poupar-vos às partes hilariantes da burocracia, a todo o dnheiro que já foi absurdamente gasto e contar-vos tão somente dois dos espisódios mais recentes.

 

Episódio nº 1

 

Fomos pedir a luz. Aliás, pedimos na internet. Modernices... Seja como for, a EDP tinha 30 dias para se pronunciar. Passaram 30, 60 e lá chegou a carta com o orçamento. (carta essa que demorou esse tempo todo porque tinha ido parar à nossa morada antiga, onde vivemos há mais de 12 anos atrás...) 

Então , o que a carta diz, é que para termos luz na oficina, além de pagar o contrato , temos de comprar um POSTE e colocá-lo no nosso terreno, mas , sim MAS esse poste fica para uso comum. Ora , como não havia vagas nos poste existentes, tivemos que colocar um poste no nosso terreno , ficar lá com um mamarracho gigantesco e além do mais, se mais alguém na zona precisar de luz vai-se servir GRATUITAMENTE do nosso poste.

 

E quanto nos custou isto, pergunta, vocês? 

 

Cerca de 700 euros.

 

Coisa pouca.

 

 

 

Episódio nº 2

 

Depois de milhares de filmes na Câmara Municipal, lá consegui finalmente que viessem colocar um contador da água.

 

Chega a 1ª factura.

 

O que cobram? taxa de saneamento.

 

Qual é o problema , perguntam vocês?

 

A nossa terreola NÃO TEM SANEAMENTO BÁSICO!!

 

Logo para lá de imediato: "ha isso é normal, o sistema erra muitas vezes, tem de vir cá fazer um requerimento ao Sr. Presidente (WTF???)

 

Vou logo para lá , grito, berro, ameaço e esperneio e lá me corrigem a factura.

 

E nem falo na taxa de lixo que nos cobram, nem falo. Uma fortuna, e nem sequer podemos colocar lixo nos contentores (as officinas automóveis têm de contratar uma empresa privada (Sim uma das PPP's) para fazer a recolkha dos lixos, q quem pagamos mais uma fortuna.

 

 

Enfim, isto que vos conto são 2 pequenos episódios. Não falo de tudo o resto , de tudo o que tivemos que pagar para ter a licença de utilização, de quantas casas de banho tivemos que fazer. De quase 200 euros de Segurança Social que se pagam todos os meses e que não dão direito a nada...

 

Temos que pagar  para trabalhar em Portugal?

 

 

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Das presidenciais! by Cindy

Eu ODEIO política. Mas infelizmente temos de levar com ela. E a verdade é que acabamos quase sempre a opinar sobre o governo do país, sobre o presidente e etc...

 

Sendo quase impossível disassociar o termo político do termo mentirosos (do C******) a verdade é que nos compete a nós eleger os nossos representantes.

 

Nunca fui votar, precisamente por causa do asco que as politiquices me causam. É nojo mesmo.

 

Mas desta vez lá vou eu. E vou votar em BRANCO.

 

Como forma de protesto em relação a esta palhaçada que se instalou naquilo que alguns ainda chamam de PAÌS. Eu cá acho que moramos todos é na República das Bananas!

 

Temos um 1º ministro que enfim, o nosso presidente é como se nem existisse. Mal por mal, mais valia nem termos nenhum e poupava-se um ordenado!

 

xoxo

cindy

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Dos globos de ouro! by Cindy

Ontem foi a noite dos Globos de Ouro e em vez de mostrar fotos das roupinhas mais in&out ( como o resto do people) deixo aqui as minhas considerações, para quem as quiser ler:

 

- acho que se deviam deixar destas tentativas de imitação hollywoodescas... É que uma passadeira vermelha e ao lado um toldo a dizer "tasca do manel" (ou qualquer coisa assim do género) não combinam;

 

- tal como não combinam todas as pseudo tias e tios que resolvem pegar na fatiota de domingo e irem para lá pavonear-se. Avistei 2 candidatos a melhor vestimenta, um vestido branco às bolinhas vermelhas (credo!) e um vestido branco comprido, justo, com umas flores horrendas!!! Mais uma vez, há tendências e tendências...

 

- acho de péssimo tom andarem a perguntar "está vestido de quê?" e elas e eles todos contentes a desfiarem as griffes - João Rolo, Carolina Herrera etc etc etc

 

- porque raio se puseram a falar brasileiro com a Taís Araujo? Estamos em Portugal, certo? E os brasileiros entendem português, certo?

 

- nada de surpresas no prémio de melhor revelação. Ao contrário do que se diz por aí, achei que a Daniela Ruah mereceu-o totalmente.

 

E vocês, o que acharam?

 

xoxo

cindy

 

PS: engane-se quem pense que eu estive colada à TV a ver o programa inteiro. Fiquei-me por 15 minutinhos de passadeira vermelha e  já chegou :)

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

O povo português é mesmo trabalhador??? by barbie

Vocês sabem que ando a tratar da minha lojinha.

 

A primeira coisa que fiz foi contactar eventuais fornecedores a pedir preços e condições.

 

Utopicamente tinha a ideia de querer fornecedores nacionais.

Ora, aqui começaram as dificuldades, dificilimo encontrá-los, portanto, toca a mandar emails para imenso fornecedores estrangeiros (alguns na europa e outras mais longe).

 

Espanto dos espantos, quando os estrangeiros me começas a responder de imediato, sem grandes perguntas, mandaram-me tabelas de preços, fotografias, catálogos, amostras (por ctt e transportadora) e até me ofereceram livros.

 

Os portugueses? Nada!

 

Descubro então empresas que representam (em exclusivo!!!) várias marcas muito boas (estrangeiras), de vários materiais, lãs, agulhas, tecidos etc. e que pasme-se, não me respondem!

 

Contacto directamente os produtores que contactam os representantes que me contactam muito contrariados a dizer que têm vendedores para fazer os contactos pessoalmente (na era da internet!!!!) e que assim não pode ser que não posso ter tanta pressa, etc etc etc.

 

Isto são empresas que REPRESENTAM outras, porque depois temos o caso de empresas que PRODUZEM e que não me respondem.

 

 

Conclusão: comprei materiais ao estrangeiro sim senhor, onde tudo corre bem , rápido , com clarza e sem grandes formalidades.

 

Porque se estiver à espera dos portugas nunca mais abro a loja.

 

Excepção feita à empresa que me fez a loja virtual, que trabalhou dia e noite, feriado inclusive, que responde a todas a minha duvidas a qualquer hora e que de certeza pertence a alguém que viveu fora de portugal ;)

 

 

É triste mas é o país que temos.

 

 

Beijinhos

barbie

 

 

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Meet the Blogger

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Contato de e-mail

daybiday@sapo.pt

@life_inc_blog
Follow on Bloglovin

Parcerias

Compre aqui

SweetCare - Saúde, Beleza e Cosmética

Calendário

Abril 2021

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930