Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

life Inc.

Beauty & Lifestyle

Bébé a bordo #20: o sono

Lembram-se deste post? Pois que tratei de meter mãos à obra e estudar o assunto. E agora estou-me a benzer porque estou com medo de me "gabar" e depois a coisa descambar. Mas vamos lá!

 

Para falar de sono temos também de falar de alimentação, seja aleitamento ou amamentação, já que nos primeiros meses estão os dois par a par e se um não corre bem, o outro também sai prejudicado. Do mesmo modo, não podemos falar de noites boas sem sestas boas durante o dia.

 

people-who-say-they-sleep-like-a-baby-usually-dont

Começando pela amamentação... Tanto a M. como o P. nunca foram bébés de acordar de 2h em 2h para mamar. Em recém-nascidos faziam intervalos de 4/5h durante a noite e nunca tivemos problemas de sonos trocados, em que os bébés não distinguem o dia da noite. Após o primeiro mês começaram a espaçar as mamadas noturnas e a fazer intervalos cada vez maiores. Quando escrevi o post acima, estávamos em pleno 4º mês e a título de curiosidade fui consultar os arquivos do blog e pela mesma altura escrevi um post semelhante sobre a M. Acredito que estivéssemos a passar por uma fase menos boa, seja pela regressão do sono aos 4 meses de que tanto se fala, seja pelas vacinas em si.

 

O que é certo é que resolvi começar a fazer aquilo que tinha dado resultado mais tarde com a M. O que eu (nós) notávamos é que quando a qualidade de sono durante o dia era má, a noite também não corria bem, com inúmeros despertares e pedidos de maminha para sossegar. Tornava-se imperativo melhorar a qualidade das sestas durante o dia! Ora baby P. adorava mamar e adormecer no colo da mãe. Também gostava do embalo do pai e se nós nos sentássemos era um "Ai, Jesus!". Nada contra, os primeiros meses são mesmo para estes miminhos extra porque o tempo foge e o colo não vicia, mas o que é certo é que fazia sestas curtas de meia hora no máximo, o que não supria as necessidades de descanso. A solução foi começar a habituá-lo a fazer as sestas na cama dele.

 

A meio de Outubro deixámos o berço e passámos para a cama de grades, embora ainda no nosso quarto. Enquanto ele mamar de noite não faz sentido mudar de quarto e andar num vai e vem, principalmente com o tempo frio. Cama de grades instalada e pais preparados para muito berreiro. Após ler sobre o assunto e tendo plena noção que não íamos deixar o baby Pêpê a chorar desalmadamente, começámos por implementar uma rotina de sestas que atendesse aos sinais de sono que ele fosse dando. E descobrimos que idealmente ele precisa de fazer 3 a 4 sestas, 3 de menor duração e 1 maior. Portanto, andamos numa rotina de acordar, mamar, higiene, brincar, sesta e assim sucessivamente. Acabamos por dissociar a mama do sono porque introduzimos o brimcar ali no meio. E a coisa começou a correr melhor. Mama, brinca e quando começa a dar sinais de rabujice, cama com ele. No início reclamava mas um de nós ficava lá até acalmar e hoje é só deitá-lo, dizer " Pêpê é hora de nanar", ele vira-de para o lado e fica. Claro que há dias piores mas tem corrido quase sempre bem. Nós conseguimos descansar e fazer outras coisas e ele consegue ter o descanso merecido.

 

E com esta nova rotina, não só ele começou a dormir melhor de dia como as noites voltaram ao normal e o mais importante - consegue adormecer sem ajudas de embalanços e cantorias às tantas da manhã. Não nego mimo nem colo a nenhum dos dois mas acho que conseguem imaginar o desespero de às tantas da manhã andar a embalar um bébé que não dá sinais de ir adormecer nos próximos tempos. Principalmente, quando se vai trabalhar no dia seguinte, como o caso do S. Além disso, um bébé que dorme bem é um bébé bem disposto e feliz! E acreditem, se eles adormecem sozinhos é porque se sentem seguros. Não é isso que queremos para os nossos filhos? Segurança e conforto! Um bebé que adormece sozinho é capaz de acordar e voltar a adormecer sem precisar de ajudas ( colo, cantorias, mama, embalo) e se tiverem um "malandro" daqueles que acorda de 2h em 2h durante a noite para mamar, ponderem se não será porque não consegue adormecer sem essa ajuda.

 

Voltando à amamentação. Pelas 20h dou maminha pela última vez. Este timing também é importante e suscetível de ser ajustado consoante as estações do ano. Agora com a mudança de hora e como anoitece mais cedo, temos notado que provavemente já é tarde para o deitarmos - mama pouco porque já está KO - e vamos começar a antecipar esta última mamada. Maminha dada, beijinho de boa noite e cama. Às vezes choraminga e precisa de um pouco de companhia mas depois é seguido até às 4h/5h da manhã. Nova mamada e caminha com ele, fica até de manhã.

 

Agora que já leram este testamento, e tendo em conta que não sou nenhuma especialista e estou a relatar a minha experiência, o que eu queria salientar são três coisas:

 

- sem sono de qualidade durante o dia não há sono de qualidade durante a noite;

- ensinar o bebé a adormecer sozinho é complicado mas vale a pena. Não acontece da noite para o dia (ahahahah) mas vai dando frutos e vão notar bem a diferença.

- se durante o dia o bebé espaçar muito as mamadas, vai querer repor o que não mamou durante a noite, por isso, mais vale dar de mamar mais amíude durante o dia e verem se as noites começam a ser mais tranquilas.

 

Recomendo-vos ainda a leitura do livro "10 dias para ensinar o seu filho a dormir" da Filipa Sommerfeldt, que foi lido por ambos os pais e ajudou bastante a perceber algumas questões e a instaurar uma rotina diária de sonos.

 

Só me resta desejar-vos bons sonhos!

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Bébé a bordo #18: o sono (ou a falta dele!)

Eu já devia saber do que a casa gasta... Uma pessoa gaba-se de qualquer coisa e o Universo trata de nos trocar as voltas.

 

MjAxMi04OGY2ZWRlODQ2Y2EyNDcw.png

 

O pequeno cá de casa andava a dar umas noites ótimas - verdade seja dita que elas nunca foram más, más. Era deitar depois de mamar pelas 21h e só acordava pelas 4h,5h ou na loucura 6h da manhã. Mamava e ficava aterrado até de manhã. O que já dava para uma pessoa descansar umas horas seguidas e não acordar tipo zombie.

 

Chegaram os 4 meses, as vacinas e uma constipação e o caos instalou-se. Há duas semanas que não se dorme uma noite de jeito cá em casa. Sim, não dormimos os dois porque quando eu já estou em modo desespero, entra o S. em ação. Lorde Pêpê demora a adormecer, depois acorda pelas 2h, mama e acha que não é para dormir mais. Lá o embalamos e mesmo assim às vezes continua na farra. Em desespero de causa acaba por vir dormir no nosso meio, o que eu detesto porque não consigo dormir descansada e acordo toda torta. E o que resulta numa noite, não resulta na outra. Ai ontem adormeci logo? Pega lá uma festa às 6h da manhã para veres o que é bom!

 

668bc110c6fa8462fda88543f5e47eea.jpg

 

Não sei se é uma fase, se foi das vacinas, se é da constipação... Se bem que de noite não lhe tosse e quando dorme, dorme bem. O que é certo é que andamos zombies e derreados, com pouca paciência e de mau humor. E eu lido muito mal com a falta de sono... e coitado do S. que vai trabalhar!

 

Alguma dica?

 

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Maternidade #3

Gosto de conversar com as amigas e de trocar experiências sobre o que é isto da maternidade. É sempre bom termos com quem trocar opiniões e esclarecer algumas dúvidas relacionadas com alimentação, sono e outros. Várias amigas foram mães relativamente ao mesmo tempo que eu e nas nossas conversas todas concordamos num aspeto: a importância das rotinas.

 

É fundamental estabelecer logo desde o nascimento uma rotina que se no primeiro mês parece não dar frutos, dada a adaptação do recém nascido ao mundo cá fora, brevemente vai transmitir ao bébé um sentimento de segurança por saber o que vai acontecer a seguir. A rotina pode ser banhoca - paparoca e caminha - ou qualquer outra que os pais achem que se adeque. E esta rotina é de suma importância na distinção dos sonos de dia e de noite, permitindo que o bébé vá dormindo cada vez mais de noite. As rotinas são importantes também para os pais se puderem organizar mas sobretudo são um grande ensinamento que nós, pais, estamos a dar aos nossos filhos. Assim eles vão sentir-se acima de tudo seguros e portanto mais calmos. E vão saber dormir sozinhos, sem medos e receios. Sem precisarem do miminho ou da maminha a meio da noite. Ora isto não sou eu que digo, quase todos os "manuais" de "como sobreviver ao primeiro ano do seu bébé" o atestam.

 

Nem sempre é fácil criar estas rotinas mas estou em crer que é meio caminho andado para as coisas correrem pelo melhor e não andarmos a cair pelos cantos de exaustão porque realmente eu bem vejo como fico quando a Pinypon tem más noites. Nem quero imaginar meses seguidos com ela a acordar 4, 5 vezes de noite. não há nada mais cansativo e exaustivo que um bébé que não sabe dormir. Mas atenção, se é assim para os pais, imaginem o bébé que nunca soube o que é dormir uma noite seguida. É isto que os pais por vezes se esquecem, a qualidade do sono do bébé. Porque nós, de uma maneira ou de outra, habituamo-nos à falta de sono, nem que para isso andemos a cair pelos cantos. Mas o sono, o sono de qualidade é o que faz com que o bébé processe a aprendizagem e é fundamental para o crescimento cognitivo e para o seu desenvolvimento. E isto está cientificamente comprovado.

 

Posso dizer-vos que apesar da Pinypon sempre ter dormido bem, fruto das nossas rotinas e da nossa insitência para que ela adquirisse capacidade de dormir sozinha, só agora noto os benefícios de ela ter aprendido a adormecer sem ajudas de cantorias e embalos. Noto-lhe um sono mais reparador e por exemplo, umas sestas mais longas.

 

E lembrei-me de escrever este texto porque aquando a vendinha das mães estive precisamente a falar com a Elisabete sobre isto, já que o T., o primito da Pinypon é um mês mais velho e por isso gosto sempre de perguntar à Elisabete quando surge alguma coisa complicada pelo caminho. Como o foram as três semanas de noites mal dormidas por causa dos molares... e como está a ser agora a relutância dela em comer sólidos, certamente por causa dos dentes também.

 

São fases... Espero que este texto possa ajudar alguém. Sei que há pais que simplesmente se convencem de que os filhos não dormem a noite toda porque é do feitio deles mas não acho de todo que isso seja verdade. É certo que há quem durma mais ou menos mas há um mínimo essencial. Não é de todo normal um bébé de 12 meses dormir 10h e nem sequer dormir sesta. E isso certamente que um pediatra informado e interessado poderá atestar. E para quem tiver questões relacionadas com o sono dos mais pequeninos, podem seguir esta página da Sleepy Time no FB, gosto bastante! Contrariamente a outros profissionais do género que por aí andam, esta especialista dá dicas e respostas na página, sem ser preciso ir a correr marcar consulta.

 

xoxo

cindy

 

 

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Ai que sono!

Ultimamente anda-se a dormir mesmo muito mal cá por casa...

 

Desde há quinze dias que não há uma noite em que a Pinypon não acorde literalmente aos berros... A hora de semelhante acontecimento vai variando, ora às 3h, às 5h, hoje foi às 6h... e voltar a adormecer? O cabo dos trabalhos... A sesta também tem sido complicada, no fim de semana lá voltou a dormir de tarde mas a semana passada foi para esquecer. Deitava-a e ela punha-se de pé, quando já estava a dormir acordava ao mínimo ruído, um filme autêntico que me fez trepar paredes e ficar sem a mínima paciência. Logo ela que sempre dormiu tão bem! Nós vamo-nos revezando para a acudir mas não é mesmo nada fácil!

 

Será certamente uma fase, já andei a ler sobre o assunto e pelos vistos perto dos 18 meses é normal isto acontecer, já que é um período de grandes desenvolvimentos e por isso o sono é geralmente perturbado. O que é certo é que tenho notado realmente um grande desenvolvimento aqui na nossa Pinypon. Já acrescentou mais palavras ao seu repertório, incluindo "onde está?", sabe onde fica o nariz, a boca, o cabelo, os pés e a barriga, adora desenhar e é um gosto vê-la pegar nos lápis e nas canetas com grande aprumo. E já consegue pegar bem na colher e levar a comida à boca sem entornar!

 

Sei que ainda teremos a fase dos terrores noturnos, nem quero imaginar...

 

Não sei se por aí já alguém passou pelo mesmo, aceitam-se dicas.

 

xoxo

cindy

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Ai que sono!

Hoje é dia de festa, a manocas faz anos! Vamos ter almoçarada portanto.

 

O que para quem acordou às 6h30 da manhã calha mesmo bem. E que depois ficou na cama até às 9h00 mas sem dormir porque alguém - aka Miss Pinyipon - acha que a mãe é uma bela almofada e portanto pode-se colocar na posição que lhe apetece, nem que seja com os pés na minha cara.

 

E logo é o início da formação... espero não adormecer.

 

Sono...muito sono...

 

xoxo

cindy

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Do (meu) sono by barbie

Eu sou uma dorminhoca. Assumida.

 

Adoro dormir. Bem sei que há imensas pessoas que acham que dormir é perda de tempo, que a dormir não se faz nada, que o tempo passa , etc etc.

Mas eu adoro dormir. Adoro ir para a cama , quentinha, com o saquinho de água quente, ler. E adoro quando me dá o sono e apago a luz, enrosco-me toda em posição fetal e durmo, durmo, durmo.

 

Odeio quando tenho de acordar. Abomino ter de me levantar. Tenho mau feitio ao acordar. O meu marido quase pede o divórcio quando me acorda ou alguma coisa me acorda durante a noite. Eu esperneio, ralho, digo palavrões e impropérios.

 

Adoro dormitar de manhã, só mais aqueles minutos...

 

Mas não pensem que durmo todo o dia.

 

Deito-me sempre entre as 23h e as 24h e acordo por volta das 7h30, às vezes consigo ficar na cama até às 8h. Nunca durmo durante o dia.

Nem calculam a falta que me faz passar uma  manhã inteira a dormir..

 

Já tive empregos onde entrava cedíssimo (quase todos, aliás..) O pior foi num hotel, onde entrava às 7h. Já imaginaram o que é começar a trabalhar, a atender clientes, a falar inglês, francês ou espanhol às 7h da manhã? Com um sorriso? e bom aspecto??? Pois... custava imenso, mas eu gostava.

 

Agora, resta saber, e essa é a minha grande questão, se isto vai ser sempre assim (se vou ser sempre dorminhoca) ou se vou conseguir algum dia levantar-me cedo de BOA vontade. Porque tensho sempre a sensação de que se me levantasse mais cedo conseguia ter a vida muito mais organizada e facilitada.

É que o que me custa mesmo é o sair da cama, depois de entrar na cozinha já fico bem disposta e bem acordada e começo logo a trabalhar.

 

O que têm vocÊs a dizer sobre isto?

 

barbie

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Sexta Feira

 

 

Para começar bem a sexta feira a minha filha fez-me o grande favor de dormir bem toda a noite. Sim, leram bem, ela dormiu, toda a noite, serenamente, coisa que já não acontecia há muiiiiiiiiiitos meses.... Mas, eu , tão habituada que estou aos sonos agitados, acordei inúmeras vezes, para a ouvir respirar, e depois suspirar de alivio. Eu sei, pareço maluca, mas posso dizer-vos que desde que sou mãe (há quase 8 anos) que tenho esta mania louca de ver se os meus filhos estão a respirar durante o sono, penso que isto se deve ao grande pavor que nós, Mães, temos, de os perder. 

 

Voltando aos sonos dos meus filhos, o mais velho só começou a dormir toda a noite aos 3 anos, e a mais nova vai pelo mesmo caminho. O que, pasmem, é normal, a maioria das crianças só consegue dormir muitas horas seguidas por volta dos 3 anos;  juntamente com isso, os meus filhos têm a peculiaridade de não sairem à Mãe que é uma dorminhoca, ou seja, gostam pouco de dormir. Isto acaba por me deixar exausta ao fim de algum tempo.

 

Portanto, hoje estou muito feliz!!!!  

 

E posto isto, vou fazer um pãozinho, que de manhã é que começa o dia.

 

 

Beijocas enfarinhadas

 

Barbie

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Meet the Blogger

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Contato de e-mail

daybiday@sapo.pt

@life_inc_blog
Follow on Bloglovin

Parcerias

Compre aqui

SweetCare - Saúde, Beleza e Cosmética

Calendário

Dezembro 2019

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031