Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

life Inc.

Beauty & Lifestyle

18 meses de baby Pepê

Ontem o nosso mais novo fez 18 meses. Está tão crescido! A sorte é que como é barrigudito e bochechudo continua a ter ar de bebé e assim não custa tanto este passar ( tão rápido!) do tempo.

 

Começou a andar aos 16 meses e agora está um despachado. Mas continua um trapalhão e um perigo ambulante. É um curioso e mexe em tudo. Temos de andar sempre com mil olhos atrás dele e nem pensar em deixá-lo sozinho nem que seja por instantes. Entre as brincadeiras preferidas está brincar na cozinha do Ikea, tira tudo cá para fora, volta a arrumar e faz grandes paparocas no fogão. Continua a gostar dos Legos mas prefere destruir as construções da irmã. Aliás, ele mexe em tudo o que é dela ( ou tenta!) e ela ressente-se disso. E é complicado que ela entenda que ele é bebé e ainda não sabe brincar como ela e ao mesmo tempo não o estarmos a desculpar sempre. Irmão mais velho sofre! Mas lá se vão entendendo e brincando juntos. E é vê-lo a perguntar por ela quando só o trago a ele da escola e ir a correr para a porta ao mínimo barulho para ver se a mana chegou. Mesmo que depois se peguem passados 5 minutos! Há dias em que fico a bufar com os dois e às vezes canso-me menos a trabalhar ahahah! Quem mais?

 

IMG_5659.JPG

 

Continua um bem disposto, diz olá a todos, quandos e quando quer ir embora começa a distribuir adeus e a atirar beijinhos. Quando o vou buscar à creche e fico um bocado na conversa com as meninas, é vê-lo a insistir no adeus a ver se me despacho. Come que se farta, ontem comeu tão bem a sopa sozinho que nos deixou a todos orgulhosos ( vejam nas stories do Instagram)! Continua a mamar de manhã e depois do jantar, quando está doente já pede mais vezes e acreditem que quando andam os bicharocos das gastroenterites por aqui, é o que lhe vale para não perder peso.

 

Agora, era só voltarmos às noites bem dormidas, pode ser senhor Pepê?

 

xoxo

Marta

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Breves

Tenho andado fugida porque andamos a recuperar de um virus qualquer, que se manifestou em bronquiolite aguda no mais novo, constipação nos pais e perturbações intestinais na mais nova. Estamos desde quinta em casa e tem sido uma estafa... este bebé quer correr a casa toda e ninguém o pára desde que começou a andar. Adora ir para a lavandaria e casas de banho. Felizmente, ainda não  aprendeu a abrir as torneiras!  Tenho aproveitado a hora da sesta para colocar as séries em dia - ando a ver o Chicago Med, mais alguém vê?

 

sick1.jpg

 

Não contente com todas estas viroses, ontem achei por bem não desmarcar o dentista e lá fui eu arrancar 2 dentes - um siso e um molar. Estou aqui super bem disposta ( not), com a cara inchada, cheia de pontos, sem comer sólidos e a única coisa que me consola é saber que tenho gelado de menta no congelador.

 

O meu aniversário foi passado em casa, fui muito mimada e não podia pedir mais!  Claro que preferia ter ido laurear a pevide mas não me posso queixar! E aproveito para agradecer todos os parabéns via FB e Instagram, adorei as vossas mensagens!

 

E agora, passado o aniversário é tempo de começar a pensar no Natal. E por falar nisso, já se inscreveram no Pai Natal Secreto de 2019?

 

xoxo

Marta

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Tiveram saudades?

Depois deste interregno, aqui estou eu de volta! Tive mesmo de fazer uma pausa e de esquecer um bocado este cantinho... Não estava com cabeça. Mesmo pelo Instagram - que é de longe a minha rede social preferida - as partilhas têm sido muito poucas e nem o desafio da Maria completei, com muita pena minha.

 

As férias começaram, passaram e já ia novamente de férias. O cansaço cá continua mas vou ter mesmo de aprender a controlar o stress e a ansiedade porque a saúde começa a ressentir-se e com isso não se brinca. Acho que as mães pensam que têm de ser sempre super mulheres e chegar a todo o lado mas temos ( quando há essa hipótese!) de aprender a delegar. E sobretudo, temos de nos concentrar no que nos faz bem e afastar-nos do que nos faz mal.

 

O fim de semana passado foi pelo Douro e deu finalmente para descansar e limpar a cabeça, mesmo com todo o trabalho que as crianças dão à mistura. Agora é tentar ir aproveitando o bom tempo que ainda cá anda para ir fazendo umas escapadinhas e ganhando fôlego para as semanas de trabalho e para o dia-a-dia.

 

As aulas da mais velha começam para a semana, vamos a ver como corre este segundo ano. Para já, o regresso ao ATL e creche correu muito bem. Estava com receio que o bebé estranhasse mas mal viu a sua querida Sandra atirou-se logo para os braços dela. É tão bom! Deixa-nos o coração descansado saber que ele está bem entregue e que gosta das pessoas que cuidam dele.

 

Agora é ganhar fôlego e ir regressando à escrita aos poucos...

 

 

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Breves

Estas férias sinto-me a reviver o mesmo que há 6 anos atrás...

 

Lembro-me perfeitamente de termos vindo para a aldeia com a M. com 1 ano e picos e de ela andar naquela fase de treinar a marcha. Não se entretia com nada, só queria andar agarrada aos móveis ou a nós. Isso e perseguir o Gu, o cão da família que tinha uma paciência imensa.

 

IMG_0096.jpg

Fui buscar esta ao baú - a M. com 14 meses

 

O Gu já está velhinho mas o mais novo diverte-se agora com o outro bebé da família - o Buk. Também anda impaciente, quer andar a explorar tudo e com os dois fica complicado. A mais velha queixa-se que o mano dá muito trabalho e valha-nos os avós e tios para ajudar.  Acho que depois das férias, precisava de férias... sozinha! Descanso só mesmo à noite - se correr bem - e durante a sesta. Esta é mesmo uma fase exigente!

 

IMG_5406.jpg

 

Posso vir-me a arrepender disto mas estou desejosa que ele comece a andar sozinho rapidamente! Lembro-me perfeitamente que a M. tanto praticou que quando finalmente se decidiu - pelos 15 meses - começou a correr e não a andar... Vamos a ver como se comporta o baby Pêpê.

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Fomos ao Dino Parque

Quando estivemos recentemente no Hotel Golf Mar - o nosso hotel preferido! - perante o tempo incerto que apanhámos, resolvemos num dos dias ir ao Dino Parque. Já conhecíamos o antigo museu da Lourinhã mas estávamos curiosos com esta novidade que foi inaugurada em 2018.

 

Antes de falar da parte relativa aos dinossauros - o tema do parque - tenho de falar da qualidade das instalações e do excelente modo como o parque foi planeado e organizado. Não faltam zonas de descanso, várias áreas de piquenique com guarda-sóis, imensa oferta de restauração para todos os gostos e zonas de brincadeira, mesmo nos percursos, que oferecem pausas necessárias para os mais pequenos. Para este tipo de programa, direcionado para famílias e escolas, não podia haver melhor.

 

O parque é composto por duas partes principais - o espaço museológico e live lab e os 4 percursos exteriores, cada um deles dedicado a um período em concreto - Paleozóico, Triásico, Jurássico e Cretácico. Nós começámos ppr fazer 2 percursos, fizemos pausa para almoço e repôr energias e de seguida concluímos os percursos exteriores. Ainda vimos o percurso dos monstros marinhos, a novidade deste ano. Por esta altura, já estávamos tão cansados que saltámos a parte do museu.

 

IMG_4867.jpg

IMG_4888.jpg

IMG_4922.jpg

IMG_4955.jpg

 

No geral, gostámos bastante do parque, como disse em cima as boas infraestruturas possibilitam um dia bem passado em família, e o conteúdo dos percursos é bastante interessante. O quiz que entregam no início da visita às crianças também é uma boa forma de elas estarem atentos para irem respondendo e ganharem o prémio final se acertarem em todas. E para quem gosta de dinossauros, não há melhor!

 

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Primeiro dia de praia

Aqui por casa andamos a passar uns dias complicados. O baby tem mais um dentito a nascer e tem andado mais resmungão e chorão. Ele que habitualmente é bem disposto anda mesmo alterado e só quer colinho... Este fim de semana que passou só queria colo e tanto eu como o pai chegámos a segunda-feira cheios de dores de costas!

 

Mesmo com estes percalços temos aproveitado  o bom tempo para andar na rua, ou melhor, vamos aproveitando porque o vento tem dado poucas tréguas... Domingo fomos finalmente à praia! Não estivemos muito tempo porque pelas 11h levantou-se um vento frio e também convém não abusar nestas primeiras exposições ao sol, certo? Mas deu para que o baby Pêpê não estranhasse tanto a areia e até se aventurasse a molhar os pés. Claro que detestou a água gelada e preferiu ficar a ver os mergulhos da mana que dizia que a água esta ótima ( gelada!). Fizemos um castelo e tudo!

 

67107764_1274433966057665_852209188988780544_n.jpg

Calções de banho e t-shirt anti-UV Zippy | Chapéu H&M

67130680_345193519712411_1352864953928777728_n.jpg

67403242_448809265702126_6665936036784242688_n.jpg

Fato de banho Zippy

 

Espero ainda conseguir aproveitar as duas próximas semanas para dar um saltinho à praia ao final do dia, o ano passado por esta altura tivemos dias ótimos!!! Só não sei como levo a tralha toda, o bebé ao colo e a mais velha pela mão mas mãe consegue tudo! E por falar em tralha... Somos só nós que parece que precisávamos de um carrinhod e compras para levar tudo? Tenda, toalhas, baldes e baldinhos, mudas de roupa, fatos de banho sobressalentes, protetores solares e toda a parafernália de coisas para o bebé... Socorro!!!

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Breves

Os fins de semana têm passado a correr e estou a sentir necessidade de abrandar. E estou mesmo, mesmo a precisar de férias!

 

Ultimamente há dias em que só me apetece fugir… andamos em mudanças no trabalho, há todo um clima de ansiedade no ar. Vou buscar os miúdos, que parece que pressentindo a minha falta de paciência, soltam a franga e são birras e mais birras, atrás de birras. Eu bem tento respirar fundo mas sabem aquela sensação de bola de neve? Já sei que se o bebé não dormir a segunda sesta, vai estar insuportável à hora de jantar, eu por minha vez não consigo adiantar nada se ele não dormir nem dar atenção à irmã nessa horinha da sesta. Lá me resigno que não vai haver sesta e sento-me para brincar com eles mas quando dou por mim estão pegados e acabo por ter de soltar um berro. E a sensação que perdura é a de um cansaço extremo... mental e físico.

 

crazy.jpg.webp

 

De certeza que todos os pais e mães se revêm neste meu relato mas a minha sensação é que cada vez mais apenas valorizamos e mostramos os momentos mais perfeitos. E se é verdade que amo os meus filhos incondicionalmente, nem por isso deixo de ter vontade de os rifar de vez em quando. Claro que depois o bebé faz uma gracinha e a mais velha faz-nos uma declaração e tudo fica esquecido... Até à próxima!

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Bebé a bordo #29: amamentação depois dos 12 meses

Tenho recebido algumas mensagens pelo Instagram sobre se ainda amamento ou não. E curiosamente, ultimamente parece que esta é a coisa que mais me perguntam. E embora seja uma questão do foro privado, não há porque não responder que sim, ainda andamos em modo "maminha".

 

Da M. a amamentação foi também bem sucedida mas quando começámos a introduzir o leite de vaca após os 12 meses, ela foi mamando cada vez menos e pelos 15 meses demos por terminada essa nossa demanda. Foi um desmame bem natural, um dia não lhe dei maminha e ela não pediu e assim continuou sem voltar a pedir.

 

IMG_20190108_152226.jpg

 

Quanto ao baby Pepê, continua a mamar 2/3 vezes por dia - ao pequeno-almoço, no segundo lanche quando o vou buscar à creche e depois de jantar, antes de ir para a cama. Às vezes quando andamos fora, o segundo lanche transforma-se em iogurte sem stresses. E assim, ainda não introduzimos outro leite, embora já tenha comido alimentos com leite incluído - panquecas, waffles etc. Das recomendações do pediatra, realça-se o fato de ele ter tendência a bronquilites e como tal, manter a amamentação que sempre dá outra proteção - se sim, se não, não sei. O que eu sei é que quando está mais adoentado e diminui o apetite, nunca perde a vontade de mamar e assim alimenta-se e hidrata-se.

 

Continuo também com horário reduzido no trabalho por ainda estar a amamentar - levo justificação da médica de família todos os meses e entrego nos RH. Esforço-me por produzir o mesmo que quando trabalhava a tempo inteiro mas infelizmente há quem ache que podemos sempre fazer mais ou não entenda que mais vale um funcionário satisfeito a tempo parcial do que um a tempo inteiro a pensar que deixou o filho bebé 8h ou mais na creche e vai passar ao todo 4h com ele em 24h. Também já me apercebi que há pessoas que acham estranhíssimo um bebé de 12 meses ainda mamar mas acho que é uma questão de mentalidade. Sabiam que o aleitamento materno diminui o risco de infeções gastrointestinais, diminui o risco de obesidade nas crianças e adolescentes, melhora o desempenho escolar e reduz o risco de cancro da mama e do ovário na mãe? Claro que a amamentação não são só rosas mas nesta fase está já estabelecida uma rotina e raramente causa problemas e desconforto à mãe e bebé. As recomendações da OMS são para manter a amamentação pelo menos até aos 2 anos, não sei se lá chegaremos, é enquanto (ambos) quisermos e fizer sentido.

 

Podem ler mais sobre amamentação aqui.

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

A guerra dos sexos cá de casa

Calma, ninguém anda em guerra mas achei um título giro para este post que é sobre as diferenças que eu noto nos meus ricos filhos, mesmo sendo o bébé tão... bebé.

 

Miss M. sempre foi um bebé calmo, que se entretinha sozinha nas suas brincadeiras, adorava jogos de construção e de lógica - Legos, cubos, formas - e livros. Baby P. também demonstra os mesmos interesses mas mostra uma predisposição para a malandrice.

 

IMG_4571.jpg

 

Senão vejamos... quando a M. começou a movimentar-se cá por casa através do gatinhar, tivemos a preocupação de proteger as tomadas, bloquear algumas portas mas pouco mais. A rapariga jamais demonstrou interesse em ficar com os cabelos em pé de enfiar os dedos nas tomadas e muito menos de enfiar os dedos nas portas ou abrir armários. Pois este rapazola, além de ser um desastrado a movimentar-se, mostra um elevado interesse por tudo o que são aparelhos eletrónicos e tomadas, por abrir e fechar portas a grande velocidade e por tentar abrir tudo o que é armário! Um verdadeiro  perigo ambulante!!! Para além disso, apanha tudo o que anda pelo chão e toca a comer, sendo comestível ou não... É preciso andar sempre em cima dele! No outro dia, sentei-o na cozinha, até lhe abri o armário dos tupperwares para se entreter mas não, tentar abrir e ligar o forno é muito mais fixe!!!

 

Socorroooooooooooooooooo! Também têm desses malandros aí por casa?

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Breves

A semana passada andei mais ausente... as vacinas dos 12 meses ( 3 picas logo de uma vez!) deixaram o baby KO e em conjunto com os dentes a romper deram-nos umas noites piores.

 

Sabem quando a cama parece que tem picos? Estão muito bem no nosso colo a dormir profundamente, vamos a pousá-los na cama e pimba - berreiro em tom estridente e em modo exorcista. O que vale é que nos vamos revezando... um grande aplauso para os pais e mães que passam por isto sozinhos e às vezes com mais que um filho. Não é fácil!!! Numa das noites até dormiu na nossa cama, quando nós já exaustos desistimos de o tentar deitar na cama. Lá dormiu aninhado, eu acordei cheia de dores de costas de dormir toda torta e a perguntar-me como há pessoas que gostam de dormir com os bebés na cama. Eu não consigo dormir descansada e acordo ao mínimo movimento que ele faça.

 

1d0f57936cb803c3282eeea53ec36810.jpg

 

Isto para dizer que o défice de sono mais um bebé em modo lapa com a mamã, aliado a muito trabalho, fizeram com que pusesse o blog em stand-by. Mas espero esta semana retomar em grande. Está prometido um passatempo com alguns dos meus preferidos em termos de maquilhagem e vou ver se organizo o post sobre as festividades.

 

Algum tema que queriam ver mais explorado? Boa semana a todos!!!

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Meet the Blogger

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Contato de e-mail

daybiday@sapo.pt

@life_inc_blog
Follow on Bloglovin

Parcerias

Compre aqui

SweetCare - Saúde, Beleza e Cosmética

Calendário

Janeiro 2020

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031