Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

life Inc.

Beauty & Lifestyle

Só a mim... #2

Ora vejam lá se adivinham?

 

Mais uma dose de cheiro forte, pimba lá Cindy para não achares que és importante. Pelos vistos basta os senhores trolhas abrirem a porta para sair de lá um cheiro capaz de levantar um morto. Mais uma vez, ao final da tarde e com direito a novo encafuamento nos quartos e janelas todas abertas. Ao ir lá bater, asseguram que não voltam a abrir a porta e pelos vistos até trabalham de janleas fechadas. Cá para mim, aquilo ali vai em jeito de alucinação coletiva.

 

Não, não foi tão mau como o dia anterior... Mas convenhamos, estamos no Outono (inverno?), está um frio de rachar e ter as janelas abertas a fazer corrente de ar para dissipar o cheiro e impedir que prossiga para os quartos não se enquadra na minha definição de fim de tarde bem passado. Até dormimos com as janelas um pouco abertas na sala e cozinha porque fiquei com receio que o cheiro se intensificasse e não dessemos conta.

 

Um filme, é o que vos digo. De terror, no mínimo.

 

xoxo

cindy

 

PS: Estou contente com as inscrições no Pai Natal Secreto que não páram de aumentar! Boa, meninas!

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Só a mim...

A minha vizinha do lado está com a casa em obras. Veio avisar gentilmente na segunda que ia haver um pouco de barulho e tal. Nada de mais. Parece que todos os meus vizinhos fazem obras, pena é não mas terem pedido a mim.

 

Ontem por volta das 18h, comecei a sentir um cheiro fortíssimo a invadir-me a casa. Coisa tal que mal abri a porta de casa ia morrendo sufocada. É indiscritível o cheiro, mas acreditem que não se conseguia respirar de tal modo estava concentrado no átrio de acesso aos apartamentos. Mentes brilhantes que só elas ainda tinham feito o obséquio de fechar a porta da caixa de escadas que geralmente está sempre aberta. Apressei-me a entrar em casa, abri tudo o que era janelas e fui-me barricar no quarto com a Pinypon. A dada altura até no quarto cheirava e eu só pensava que não podíamos estar ali nem sequer dormir ali. Pior, estava com receio de sair de casa porque tinha de atravessar o hall e estava irrespirável. Logo eu que na noite anterior tinha dormido meia sentada porque estava com falta de ar.

 

Liguei ao S. que estava a chegar a casa a explicar a situação, liguei à minha mãe a pedir guarida para a noite e toca a fazer as malas. Por sorte a minha mãe estava na minha avó do outro lado da rua e apressou-se a vir ter comigo e averiguar junto do porteiro e do administrador do condomínio o que se passava. Pelos vistos, toda a gente do prédio se estava a queixar já que o cheiro se tinha espalhado, nisto o adminstrador estava já em contato com a vizinha para lhe comunicar que tinha de vir abrir as janelas e resolver o problema. Pedimos para avisarem os nossos vizinhos que são pessoas de idade e podiam nem se aperceber e ficarem doentes ou com problemas respiratórios. Resumindo, fomos todos recambiados para dormir fora. E eu pergunto, por sorte os meus pais moram perto, agora imaginem que não tinhamos onde ir dormir, íamos para um hotel? Bem que apresentava a conta à vizinha. Enfim, lá fomos passar a noite aos meus pais, felizmente os meus irmãos estão fora e espaço não falta. Mas já viram os transtorno? Deixei o trabalho a meio, fui dar "trabalho" aos meus pais e levei meia casa às costas.

 

Obviamente que a culpa não é da senhora minha vizinha, será certamente de quem dirige as obras e não deve saber que há determinados produtos que não se podem usar em espaços fechados e em obras de apartamentos. Têm de ser substituídos por outros inodoros ou menos tóxicos que regra geral são mais caros. E muito menos se sai de uma obra sem deixar a casa a ventilar. Se eu soubesse que uma equipa minha tinha feito semelhante serviço numa obra, a esta hora estavam com as orelhas a arder de tanto sermão e missa cantada.

 

Estamos agora de volta, a casa ficou aberta a noite toda e está livre de cheiros. Os homens já foram avisados que têm de trabalhar com o espaço ventilado e nada de voltarem a aplicar o mesmo. Quanto à vizinha pelos vistos dormiu em casa, cá para mim hoje vai trabalhar com uma moca de diluente que só visto.

 

xoxo

cindy

 

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Hoje o dia promete!

Para já comecei o dia com uma pedrada de sono devido às múltiplas interrupções de sono resultantes do choro da Pinypon. Não sei se serão os últimos molares a nascer, se serão terrores noturnos, o certo é que tem acordado várias vezes de noite a chorar e nós lá nos arrastamos em modo zombie para a sossegar. Por outro lado, este tempo quente/frio faz com que ainda não tenha atinado com a quantidade de roupa com que durmo. Ontem pusemos uma manta na cama e passei a noite a revirar-me com calor mas na noite anterior tinha rapado frio.

 

Como se não bastasse, depois das marteladas de martelo pneumático, temos agora direito a marteladas de maço e guinchos de rebarbadeira. Eu sei que não posso impedir que as pessoas façam obras mas já ontem não houve sesta e hoje às tantas vamos pelo mesmo caminho. E é uma bola de neve... Ontem tive de sair de casa porque já não aguentava o barulho e era impossível de trabalhar. Hoje estou numa de cabine telefónica e torna-se impossível conseguir falar com as pessoas com esta barulheira.

 

Logo tenho mais uma visita de obra agendada e depois segue-se jantar na minha avó em jeito de "welcome party" para o meu irmão que vem cá uns dias para apresentar a tese de mestrado. Traz uma amiga mexicana e logo vai ser uma fiesta! Daquelas em que seguramente a rapariga vai ficar a pensar que a família é toda doida e se vai arrepender de querer conhecer o Porto. Espero que o meu irmão a tenha alertado para a maluqueira alheia e valha-nos ela não falar português senão ainda seria pior. Vai ser engraçado, vai.

 

Amanhã conto como correu.

 

xoxo

cindy

 

 

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Marteladas

Ontem vem a vizinha de cima bater-nos à porta para comunicar que hoje de manhã pelas 8h30 entraria em ação um martelo pneumático em vez do despertador. Nice.

Aproveitámos e perguntámos se a senhora não estaria a ter aulas de canto. Pois que afinal a Maria Callas cá do sítio é mesmo a moça do 6º andar ( ou seja, dois pisos acima de nós) que canta e encanta pela madrugada fora. Ficámos também a saber que no 7º existe uma república e que a barulheira que às vezes ouvimos vem mesmo de lá. Já deu para perceber que o isolamento acústico é top, certo?

 

E hoje, nada como acordar e tomar o pequeno almoço sob o efeito do tal martelo pneumático. Miss Pinypon estava ligeiramente assustada e felizmente tínhamos combinado ir laurear a pevide para o shopping com uma amiga que está de férias. Pouca gente, nada de apertos, andou-se bem. Cheguei agora a casa e nada de barulho. Devem ter ido almoçar, não é?

 

Vou aproveitar o silêncio... Tenho trabalho burocrático para fazer e nada como umas boas marteladas para ajudar à concentração.

 

xoxo

cindy

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Vizinhos

Ontem foi um dia algo conturbado.

 

Não sei se já aqui falei dos meus vizinhos de cima que são do pior mesmo. Já há uns dias disse que da próxima vez que mudar de casa vou mandar investigar os vizinhos. Porque não se aguenta. Os da casa anterior parecia que moravam num bordel. Estes andam às tantas da manhã aos berros, a arrastar coisas e a deixar cair coisas ao chão. Não consigo entender o que andam a fazer mas é uma barulheira tremenda. Há dias mais calmos e depois há uns mais ruidosos que nos fazem trepar pela parede, principalmente desde que a Pinypon nasceu.Uma coisa é fazer ocasionalmente barulho - uma festa, um jantar... - outra é sistematicamente andar aos berros, de tacões... Isto de madrugada!

 

Já falei com o condomínio, disseram que o melhor era ir lá falar. Mas os tipos não abrem a porta! A solução passará por enviar uma carta mas como ultimamente as coisas até têm andado calmas, temos adiado.

 

Mas o problema tem sido durante o dia. Ora desde que para aqui mudámos e já passaram dois anos, que volta e meia se ouvem ruidos de obras - marteladas, brocas, e etc. Devem ser as obras de Sta. Engrácia porque não há meio de acabarem. E já não devem ter um T2 mas sim um apartamento de luxo com mil assoalhadas! E ontem foi o dia todo à martelada e martelo pneumático. Agora imaginem-me com uma Pinypon assustadíssima e a chorar!

 

O único remédio foi sair de casa e abalar para os meus pais. Porque senão não ia haver sesta para ninguém com aquela barulheira. Enfim... perdi a tarde toda de trabalho e uma data de coisas que queria fazer aqui em casa. Hoje parece estar tudo mais calmo mas vamos a ver!

 

E os vossos vizinhos são simpáticos ou mal educados como os meus?

 

xoxo

cindy

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

"E se de repente um estranho lhe oferecer flores?... isso é Impulse"

Bem antes que pensem que eu estou maluquinha ao colocar semelhante título vou-me já explicar.

 

Imaginem que o vosso namorado/marido/amante/amigo colorido se esquece das chaves de casa e fica à porta à espera que vocês, donzelas, cheguem a casa para abrir a porta.

 

Imaginem que têm um casal de vizinhos devotos a gemideira a altas horas da noite e cuja odisseia já foi aqui relatada vezes sem conta no blog.

 

Agora que achavam vocês do facto de a gemidora mor ( sim, porque ele só arfava) ver o vosso namorado/marido/amante/amigo colorido no hall, em frente à porta e se oferecer para lhe dar guarida enquanto vocês não chegam?!

 

Hã? What the fuck?

 

Simpática, não é? O que ela quer sei eu!

 

xoxo

cindy

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

/&$%$#$%/(outra vez)! by Cindy

Pois que a odisseia dos badalhocos dos vizinhos continua!

 

Já falámos com o administrador do condomínio e expusemos a situação. Ficou combinado que o assunto será abordado na próxima reunião de condomínio que terá lugar em meados de Maio.

 

Entretanto as pestes parecem andar a fazer os possíveis por nos levar aos arames. Já nem se coíbem de fazer barulho, seja a que horas for.

 

Ontem era quase 1h da manhã e estavam a lavar a louça e a ouvir musica. Não se aguenta. Mas sabem o que fazemos agora? Enfiamos uns tampões nos ouvidos e os parolos que façam o barulho que querem.

 

Ah e vou comprar um gravador e gravar a barulheira!

 

Badalhocos de m****!!!

 

xoxo

cindy

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

(/%$$#""$%"!"#! by Cindy

Estou furiosa, piursa, incomodada, com vontade de bater em alguém!!!

 

Pois não é que o doido do vizinho de cima tem uma namorada nova e andam na rambóia a noite toda? TODA!!!

 

Têm uns horários completamente loucos, chegam às tantas da manhã e agem como se fossem 7h da noite, lavam louça, tomam banho, riem-se, berram, ela anda de tacões e depois a cereja no topo do bolo:

 

40 minutos de gemidos, berros, grunhidos, cama a bater, colchão a saltar e palmadinhas nas nádegas ( ou noutro lado que felizmente não estou lá para ver, embora não deixem espaço para grande imaginação).

 

Eu não sou obrigada a aturar isto!!! O Action Man já falou com ele, explicou-lhe que se ouvia tudo e não estávamos interessados em saber da vida privada de ninguém. Pois que sim, que iam fazer um esforço. Nota-se!!!

 

Portanto o plano de acção é o seguinte:

 

- falar com a imobiliária que é o senhorio dele;

- chamar a polícia!

- perguntar aos restantes habitantes se não se sentem incomodados!

 

Fogo, é que não se aguenta! Acordar as 3h da manhã com semelhante banda sonora está a pôr-nos doidos!

 

{#emotions_dlg.angry}

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Actividades nocturnas! by Cindy

Para desanuviar um pouco o ambiente dentro da minha mioleira depois das notícias de sexta, vou-vos contar um episódio que sucedeu no fim de semana.

 

Já aqui falei imensas vezes do cromo do meu vizinho, do despertador que não nos deixa dormir, das festas que dá.

 

Mas acho que ainda não falei da actividade nocturna que ele e a namorada praticam. E tenho cá para mim que se deve ouvir no prédio todo. Já adivinharam do que se trata?

 

Este fim de semana a actividade iniciou-se cerca das 4h da manhã e imaginem! Acordei com a barulheira. Ela era gemidos, a cama a bater, ele a roncar e no meio desta salgalhada toda, o gato  a miar desalmadamente. E ainda por cima, são detentores de uma capacidade aeróbica de louvar, tendo em conta que a algazarra se prolongou por cerca de 1h, embora com notórios períodos de descanso.

 

Fantástico, não é? Como diz a minha colega de trabalho, mais vale escrever um bilhete:


POR FAVOR FAÇAM MENOS BARULHO A "DORMIR"!!!

 

xoxo

cindy

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Ai a vizinhança III! by Cindy

Pois é a odisseia do despertador do vizinho já vai no 3º capítulo e espero que não haja mais nenhuma sequela!

 

Já há uns dias que não ouvia o despertador a tocar, achei estranho mas pensei que talvez o senhor estivesse de férias e não pretendesse acordar a horas tão matutinas. Pois hoje esclareci o mistério! Qual férias qual carapuça! Alguém (entenda-se que não fomos nós) colocou uma missiva no quadro dos condóminos apelando à bondade do dito senhor em desligar o despertador e em não o deixar a tocar durante 1h seguida! Ah, pensei eu, afinal não somos os únicos que sofrem com a barulheira. Por debaixo deste apelo, estava a resposta do dito vizinho, que em termos impróprios para lá vociferava as suas justificações. Confesso que nem li aquilo com muita atenção, estava com pressa de sair, o que interessa é que o despertador já não toca. O engraçado é que o senhor deve pensar que fomos nós os autores ...

 

Espero que isto fique por aqui e não surja mais nenhum problema...

 

xoxo

cindy

___________________________________________________________________________________________________ Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita). ___________________________________________________________________________________________________

Meet the Blogger

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Contato de e-mail

daybiday@sapo.pt

@life_inc_blog
Follow on Bloglovin

Parcerias

Compre aqui

SweetCare - Saúde, Beleza e Cosmética

Calendário

Novembro 2020

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930